8 mirantes gratuitos no Porto para você visitar – Portugal

0
Porto

RELATO ESCRITO POR CAMILA ALDRIGHI

Oi mozões! Aqui é a Camila do Maracujá Roxo e tô invadindo o Vida Mochileira mais uma vez! Dessa vez, quero contar um pouco melhor sobre os melhores lugares para apreciarem a vista do Porto e fazerem as suas fotchenhas, claro! Ah! Não esquece! Quem acompanhou a Mary e me acompanhou nos stories do instagram já soube disso tudo em primeira mão! Então corre lá e segue a gente!

Mosteiro da Serra do Pilar

Esse eu já sei que é o lugar favorito da Mary para ver o Porto. Com uma vista realmente privilegiada e sem absolutamente nada na frente, é possível ver todo o Porto, o Douro e uma pequena parte de Vila Nova de Gaia! O espaço é do séc. XVI – XVII e desde 2012 é possível visitar uma parte dele! Hoje, uma parte é gerida por uma Irmandade e o restante do edifício pertence ao Exército Português.

💡Duas dicas para quem quiser visitar:

  1. A entrada não fica pela frente, mas por uma portinha lateral.
  2. Por ser muito alto e ter a vista livre, além do pôr do sol ser um dos mais bonitos, geralmente venta MUITO! Se for na época de inverno… amore! Prepara os casacos porque a friaca é garantida!

8 mirantes gratuitos no Porto para você visitar - Portugal

Jardim do Morro

Ao lado do Mosteiro da Serra do Pilar, o Jardim do Morro costuma ser o lugar mais turístico e, portanto, multicultural, para ver o pôr do sol na cidade. As gaivotas tomam conta do céu na hora do pôr do sol (o que ocasionalmente já levou amigos a serem cagados rsrs ainda bem que eu nunca) e tudo fica ainda mais poético se houver um artista a tocar músicas. É um dos pontos mais tradicionais para aquela fotchenha no estilo “Mãe, cheguei ao Porto!”

Miradouro da Vitória

Escondidinho e queridinhos dos turistas que fogem o mainstream, o Miradouro da Vitória é daqueles cantinhos da cidade que ainda poucos conhecem. A vista de lá é surreal. Você vai ver, da esquerda para a direita: A Sé com o paço episcopal, a ponte Luiz I, o Mosteiro da Serra do Pilar, o Douro, o cais de Gaia e, mais abaixo e do lado do Porto, a Praça do Infante Dom Henrique, que dá exatamente pro Hard Club (um prédio em vermelho) e o Palácio da Bolsa (que também vale a visita… mas isso fica para um outro post).

Ah! Atenção que o espaço é uma propriedade privada e pode ser visitado apenas para fins turísticos. Então, não estranhe se o portão estiver fechado :/

Jardim das Virtudes

O que tem o Jardim do Morro de ser turístico, tem o Jardim das Virtudes de ser local. Local e alternativo, eu diria. De lá, é possível ver o pôr do sol virado para o lado da ponte da Arrábida

(em falar nisso, vale a pena fazer o passeio de barco pelo Rio Douro) , com a foz e toda a beleza do encontro do Douro com o Mar. Não estranhe se sentir uma marola no ar, se encontrar pessoas fazendo malabares ou gente bebendo sentado na grama com as suas cangas. Essa é a vibe do lugar. No verão, aqui é ainda mais incrível, principalmente porque o sol se põe entre 21:00 e 22:00!

Jardins do Palácio de Cristal

Daqui é possível enxergar o Douro de muitos pontos de vista, uma vez que os Jardins acompanham a margem do rio. Existe uma parte só com o que chamamos de varandas, em que pode observar mais o Douro com Gaia a frente, uma outra com um Jardim que tem as vistas mais voltadas para a ponte da Arrábida. Fora ir aos jardins para apreciar o pôr do sol, muita gente aproveita para fazer piqueniques e descansar depois de muito estudo na Biblioteca Almeida Garrett ou depois de um dia de trabalho.

💡CURIOSIDADE 01

Você sabia que o nome Jardins do Palácio está no plural porque são múltiplos jardins em um só espaço? 

Sim! É isso mesmo! Olha o tanto de jardins: Jardim Emílio David (logo na entrada), o Jardim das Plantas Aromáticas, o Jardim das Medicinais, o Jardim das Cidades Geminadas e o Jardim dos Sentimentos. Fora estes, há ainda o Bosque, a Avenida dos Castanheiros-da-Índia e o Jardim do Roseiral. Agora que você viu que são muitos os jardins… vai explorar todos eles e descobrir qual é qual!

💡CURIOSIDADE 02

Você sabia que não há mais nenhum palácio de cristal?

Ainda que chamemos Jardins do Palácio de Cristal, desde 1951 o Palácio de Cristal original, que tinha aspirações no Crystal Palace londrinho, já não existe mais!!! O Pavilhão Rosa Mota, que leva o nome de uma atleta portuense, foi inaugurado em 1954 para ser o Pavilhão de Desportos (leia-se ESPORTES) da cidade do Porto. Desde 2019, o Pavilhão Rosa Mota chama-se também Arena Superbock e agora acontecem shows com frequência por ali!

Fontaínhas

Uma das regiões que ainda parece se manter mais “intocada” do Porto – se é que a gente pode dizer isso. Aqui ainda é possível ver a população mais humilde portuense vivendo normalmente no seu dia-a-dia. Perto da região da Ponte do Infante, é possível ter uma vista incrível de uma ladeira que vai dar lá na Ribeira e também das várias casinhas com telhado de barro, tão clássicas de Portugal. É nessa região também que tradicionalmente as pessoas se encontram para passar o São João e ver os fogos da Ponte Luiz I – lembrando que essa é uma das festas mais importantes do Porto.

A Sé de qualquer cidade, por si só, é um monumento imponente e, como normalmente tem uma “área pra dar ainda mais visibilidade” (que pode ser uma praça, por exemplo), é possível vê-la ao longe. Se conseguimos ser vistos ao longe, isso significa que podemos ver bastante longe, certo? Exatamente! Daqui você consegue ter uma vista incrível do Douro, da cidade com a torre dos Clérigos em destaque e também da estação de trens São Bento, que fica logo abaixo da Sé, seguindo a rua. Mas há ainda um lugar bem especial e MUITO próximo da Sé que também tem uma vista incrível!

Miradouro da rua das Aldas

Este é um dos meus miradouros favoritos, porque a região da Sé é aquele burburinho e mix de turistas e locais. Foi uma região de pessoas muito humildes e atualmente mistura a humildade com o luxo de muitos turistas. Daqui você pode ver a Igreja e Colégio de São Lourenço (também a chamam de Igreja dos Grilos), a praça do Infante D. Henrique e também, se observar bem, o Miradouro da Vitória, nosso primeiro ponto dessa lista!

Você já veio ao Porto? Se sim, qual o seu favorito destes todos?

Se não veio… agora já sabe onde não pode deixar de ir para tirar aquela foto linda e contemplar a vista desta cidade que ganhou 3 vezes o prêmio de

Melhor Destino Europeu!

8 mirantes gratuitos no Porto para você visitar - Portugal

 

Mestra Pokémon, dos Magos e em Design Gráfico e Projetos Editoriais. É publicitária e historiadora, mas, sobretudo, uma libriana típica. Acha que absolutamente TUDO é muito interessante – e isso faz com que goste de muitas coisas diferentes. Atualmente mora no Porto, mas aí viajou sozinha e descobriu que pertence mesmo ao mundo. Está sempre pronta para uma boa conversa, espera compartilhar um pouco da loucura de viver sozinha e descobrir alguns lugares do Porto e do mundo com você. E então, vamos?

 

 

Gostou das dicas do blog?
Aproveite os descontos abaixo para economizar nas suas viagens!

Toda vez que você usa um link do blog, o Vida Mochileira ganha uma pequena comissão e você NÃO paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso nas minhas viagens e recomendo:
– Voluntariado em viagens: Worldpackers (U$10 OFF)
– Hospedagem: Booking.com, Airbnb (até R$179 OFF)
– Passeios no Atacama, Salar de Uyuni e Santiago: @fuigosteitrips (5% OFF)
– Seguro Viagem: Seguros Promo (5% OFF), SafetyWing ($37 dólares por 4 semanas)

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras!

Maryana Teles
Carioca, publicitária, mergulhadora e produtora de conteúdo, eu também sou apaixonada por viagens de estilo low cost. Eu amo viajar sozinha e fazer voluntariados. Eu uso as minhas viagens como uma ferramenta de autoconhecimento e aprendizado e quero compartilhar esse processo com você. Bora?!