Roteiro do Rio de Janeiro (programação, gastos e dicas)

0
1085

 

Fala galera!

Apesar do blog já ter dois posts completos de coisas pra fazer no Rio, eu resolvi criar esse post um pouco mais objetivo e com mais atividades interessantes pra fazer na Cidade Maravilhosa.

CLIQUE AQUI e assista ao vídeo que eu fiz da minha última viagem ao Rio!

Pra quem quiser conferir os outros posts, seguem abaixo os links:

📍 Roteiro de 7 dias no Rio de Janeiro (Parte I);

📍 Roteiro de 7 dias no Rio de Janeiro (Parte II);

📍 4 trilhas imperdíveis no Rio de Janeiro;

📍 Trilha da Pedra do Pontal;

Minha primeira dica é: agrupe os pontos turísticos em grupos baseando-se na proximidade entre eles, no tempo que você vai gastar pra visitar cada um deles e, é claro, onde você estará hospedado – pra entender o tempo de deslocamento e a melhor logística.

A ordem que eu coloquei aqui embaixo funcionou muito bem pra mim e pros meus amigos (ficamos hospedados na casa de uma amiga em Botafogo), mas isso não significa que vai funcionar perfeitamente pra você. É importante entender que isso é só uma sugestão de roteiro, você pode brincar com a ordem e com o agrupamento dos pontos turísticos do jeito que você quiser (é sempre bom checar a previsão do tempo na hora de planejar o seu roteiro e as coisas que vai fazer em cada dia).

Eu separei os principais pontos turísticos do Rio (os mais famosinhos e alguns alternativos), mas em breve vou fazer outro post com a listinha do que fazer no Rio de forma bem abrangente para aqueles que gostam de explorar bem os lugares que vão.

OBSERVAÇÃO 1: Eu sou do tipo de pessoa que quando viaja é faca na caveira. O que isso quer dizer? Que eu acordo super cedo, bato perna o dia inteiro na rua e só chego em casa à noite, quando fiz tudo que queria fazer.

Óbvio que eu sou faca na caveira quando estamos falando de roteiros com dias apertados onde se quer ver o máximo de coisas possíveis (com qualidade) num curto período de tempo, mas se eu tenho um roteiro folgado aí relaxo um pouco e distribuo melhor as atividades em cada dia.

📍 A programação abaixo foi planejada para as pessoas que tem o roteiro apertado. Pessoas que vão pro Rio pra aproveitar um feriadão, por exemplo. Então, não se assuste se você ver que tem muitas coisas pra fazer num mesmo dia. Lembrando que essa programação é só uma sugestão, porque de fato seguimos esse roteiro e ele funcionou muito bem pra mim e pros meus amigos.

Vamos começar com a programação!

ROTEIRO

# DIA 1

– Praia da Urca

Essa praia é um pouco menos badalada do que as praias de Ipanema e Copacabana, mas dá um show de beleza com o Pão de Açúcar de fundo.

– Trilha do Pão de Açúcar

Trilha fácil, rápida (25 minutos de subida) e bem marcada. Um pouco cansativa por causa das escadas, mas é ótima pra quem quer economizar dinheiro e subir até o Morro da Urca.

Nesse link aqui eu conto mais detalhes dessa trilha: https://vidamochileira.com.br/4-trilhas-imperdiveis-no-rio-de-janeiro/ 

Valores do Bondinho:
– R$ 80,00 pra quem não é do Rio e R$ 40,00 pra quem é morador do Rio (desconto pra quem é Rio só funciona na bilheteria principal da Praia Vermelha, se você subir de trilha e quiser descer de bondinho não vai conseguir o desconto);

– Se você subir de trilha e descer de trilha é de graça até às 18:00 que é quando a trilha fecha! Se descer depois das 18:00 ou quiser descer só o Morro da Urca (o morro mais baixo) de bondinho é R$ 25,00.

– Se você subir de trilha até o Morro da Urca e quiser ir de bondinho até o Pão de Açúcar (o morro mais alto) e descer até o Morro da Urca novamente e depois descer até a Praia Vermelha de trilha é R$ 40,00. Mas, se quiser subir de trilha até o Morro da Urca e subir até o Pão de Açúcar e depois descer os dois morros de bondinho é R$ 65,00.

– Você pode descer o Morro da Urca de bondinho de graça depois das 19:30 se o auto atendimento e a bilheteria do Morro da Urca estiverem fechados.

OBS: Só a cidade do Rio e as cidades em volta tipo Niterói tem desconto na bilheteria!

O Pão de Açúcar pode ser visitado das 8:00 às 19:50

Acesse o site para maiores informações: http://www.bondinho.com.br/precos-e-horarios/

– Mureta da Urca (gratuito)

A Urca é um dos bairros nobres do Rio e a mureta da Urca é muito conhecida pela sua vida boêmia e seu pôr do sol sensacional. Tem uns restaurantes super em conta que vale a pena almoçar.

– Cristo Redentor

Um dos cartões postais da cidade que, sem dúvida alguma, vale ser visitado (de preferência em dia de sol. Fomos num dia nublado e quase não conseguimos ver a cabeça do Cristo).

Eu expliquei nesse post como chegar no Cristo de forma alternativa parando no Mirante Dona Marta, que acho que vale super a pena ser visitado também: https://vidamochileira.com.br/roteiro-de-7-dias-no-rio-de-janeiro-parte-ii/ 

Valores do Cristo:
Indo de trenzinho/bondinho: Moradores do Rio pagam R$ 48,80 incluso o trem e a entrada pro Cristo.

Indo de trenzinho/bondinho: Pessoas que não são moradoras do Rio pagam R$ 74,00 (alta temporada) e R$ 61,00 (baixa temporada) incluso o trem + entrada pro Cristo.

Indo de van com parada no Mirante Dona Marta: R$ 30,00 van (ida e volta) até as Paineiras + R$ 28,00 (baixa temporada) / R$ 41,00 (alta temporada) ticket do Cristo.

Eu prefiro subir de van e sempre recomendo aos meus amigos esse trajeto. A parada no Mirante Dona Marta tem um puta visual da cidade e já tá incluso no valor da van.

O Cristo pode ser visitado das 8:00 às 18:00

Você pode ver os locais de venda e os valores do ingresso no site: http://visit.rio/que_fazer/cristoredentor/ 

Lapa à noite ou algum barzinho (gratuito)

A Lapa vale ser visitada de dia e de noite porque tem características completamente diferentes nos dois horários. Na parte da manhã é um local pra ser apreciado e tirar muitas fotos e à noite se torna um local muito boêmio e cheio de vida e muita festa.

OBS: A Lapa bomba sexta e sábado.

Eu recomendo ficar, pelo menos, 5 dias no Rio pra explorar bem as praias, as trilhas e os pontos turísticos dessa Cidade que é Maravilhosa.

 

# DIA 2

– Trilha do Morro Dois Irmãos (gratuito)

Essa trilha tem dificuldade moderada/difícil, mas compensa todo o esforço pelo cenário que você vê lá de cima!

Nesse post eu conto com mais detalhes as peculiaridades dessa trilha: https://vidamochileira.com.br/4-trilhas-imperdiveis-no-rio-de-janeiro/

– Tomar uma cerveja no Bar da Laje no Vidigal

Depois que você fizer a trilha do Morro Dois Irmãos dê uma passada no Bar da Lage e se presenteie com uma cerveja ou até mesmo um feijão amigo (maravilhoso). O Bar da Lage tem um visual incrível, mas tem os preços um pouco salgados por causa dos gringos que sempre visitam o lugar.

– Praia de Ipanema

– Forte de Copacabana

O Forte de Copacabana fica aberto das 10:00 às 20:00 (exceto segundas-feiras) e tem entrada de R$ 6,00 por pessoa. Lá você pode explorar o museu histórico do exército e tomar um café da tarde na Confeitaria Colombo com vista pra praia de Copacabana (prepare seu bolso porque tudo nessa confeitaria é caro hahahaha).

Mais informações no site: http://www.fortedecopacabana.com/

– Praia de Copacabana

– Mirante do Leme (gratuito)

A praia do Leme é a extensão da praia de Copacabana, mas agora com uma nova atração: A estátua da famosa escritora Clarice Lispector, que te permite tirar altas fotos com a praia de Copacabana, o morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea ao fundo. Vale a pena dar uma conferida!

– Pôr do sol na pedra do Arpoador

O pôr do sol mais famoso da cidade do Rio de Janeiro vale a pena ser apreciado de perto. Geralmente a galera sobe na pedra pra ver o show do sol se pondo e depois rolam aplausos pro sol. É bem lindo de ver esse espetáculo da natureza.

– Feira de São Cristóvão à noite

A Feira de São Cristóvão fica localizada dentro de um grande pavilhão no bairro de São Cristóvão. É um local que traz todas as tradições nordestinas pra pertinho dos cariocas. Genteeee! O que é você comer uma carne de sol com aipim na Feira de São Cristóvão ao som dos repentistas ou da sanfona?

Os melhores dias pra ir na Feira de São Cristóvão são: sexta e sábado, porque tem muito forró, karaokês, diversão, shows e restaurantes com comidas deliciosas.

Horário de funcionamento:
Terça à quinta: 10h às 18h (entrada franca) *Exceto feriados
Finais de semana das 10:00 de sexta-feira às 21:00 de domingo. (R$ 5,00 a entrada)

Mais informações no site: http://www.feiradesaocristovao.org.br/ 

# DIA 3

– Free walking tour por Santa Teresa

Santa Teresa é um dos bairros mais boêmios e artísticos do Rio. Ao caminhar pelas ladeiras do bairro você encontra vários bares e restaurantes e várias galerias de artes e artesanatos de rua. Sem dúvida alguma é um bairro que você precisa visitar.

Ahhhhh! Uma dica muito importante! Não tem como conhecer o bairro de Santa Teresa e não parar no Bar do Mineiro pra comer a feijoada maravilhosa deles que é super famosa no bairro (e eu diria que é famosa até na cidade).

Uma dica super legal pra quem gosta de história e cultura é fazer o Free Walking Tour pelo bairro de Santa Teresa com guias que são estudantes de turismo:
https://www.facebook.com/RevelandooBrasil/ 

https://www.facebook.com/events/946593008814409/

Informações: 
➡ E-mail: info@revelandoobrasil.com.br

➡ Whatsapp: +55 21 971331822

– Catedral (gratuito)

A Catedral do Rio é uma das catedrais mais diferentonas que eu conheço! Ela fica localizada no bairro da Lapa e tem uma arquitetura toda moderna em formato de cone.

A Catedral fica aberta das 7:00 às 17:00.

– Lapa (gratuito)

A Lapa é super famosa pelos seus arcos brancos que formam um aqueduto e, é claro, pelas suas festas, barzinhos e encontros ecléticos de todo tipo de gente.

– Escadaria Selarón (gratuito)

A Escadaria foi toda pensada e construída pelo artista chileno Jorge Selarón que no começo era zoado pelos vizinhos por causa da combinação de cores da escada, mas pra azar dos vizinhos a escadaria fez mó sucesso e ele se tornou super famoso pela obra.

A Escadaria Selarón caiu na boca do povo e foi matéria de muitas revistas, jornais e serviu até de cenário para os clipes do U2 e Snoop Dogg.

– Teatro Municipal

O Teatro Municipal é um dos prédios que tem a arquitetura mais bonita da cidade, na minha opinião.

Você pode só tirar fotos do lado de fora, como também pode fazer uma visita guiada pelo monumento que dura em torno de 45 minutos.

HORÁRIOS
Terça a Sexta | 11h30, 12h, 14h, 14h30, 15h e 16h
Sábados e Feriados | 11h, 12h e 13h

INGRESSOS
Inteira R$ 20,00 | Meia R$ 10,00
(Venda presencial, limitada a um ingresso por pessoa)

Mais informações: http://www.theatromunicipal.rj.gov.br/ 

– Almoço no Amarelinho

O restaurante Amarelinho foi fundado em 1921 e é um dos restaurantes mais tradicionais do centro do Rio. Fica localizado em frente ao Teatro Municipal e tem um cardápio super variado e preços bem acessíveis.

Mais informações: http://osmdigital.wixsite.com/amarelinho 

– Mirante do Michael Jackson na comunidade Santa Marta

O Mirante do Michael Jackson é uma das várias atrações que você encontra na comunidade Santa Marta. Você pode conhecer o mirante sozinho sem auxílio de guia, subindo de bondinho (gratuito) e descendo na quarta parada (se estiver funcionando) ou ir até a quinta e última parada e ir descendo a pé.

Mas, acredito que o passeio mais completo com um guia vale mais a pena, porque ele vai te contando várias curiosidades sobre a comunidade, anda com você pelos becos do morro, te mostra pontos que você não conheceria sozinho e te mostra os lugares que foram usados em cenas de vários filmes famosos como Velozes e Furiosos 5.

Pra quem quiser fazer o tour comunitário com o Dylan (nosso guia quando fizemos o passeio – ele tava de bobeira no dia e disse que era morador da comunidade e que sabia tudo de lá. Aí perguntou se a gente queria que ele fosse nosso guia. Aceitamos e foi senacaional!), segue o número do celular que também é Whatsapp: 21 97971-8197.

Na época (2016) eu e Mark pagamos R$ 25,00 cada pelo tour.

Como eu não sei se o Dylan ainda tá com o mesmo número, tem o contato de um outro guia que também é muito bom, mas é bem mais caro (a parada já é mais profissional): Fumaça (21) 96681-1315 (R$ 110,00 por pessoa) http://www.favelascene.com.br/

Tem outras empresas que também fazem esse tour guiado pelo Santa Marta:
http://favelasantamartatour.blogspot.co.uk/
http://visitefavelario.com.br/santa-marta/

– Mirante Dona Marta (gratuito)

Se você optar por subir até o Cristo de trenzinho/bondinho (cada pessoa chama de um jeito) você não vai ter a chance de conhecer o Mirante Dona Marta. Por isso, recomendo que inclua ele nesse dia ou suba o Cristo de van e já faça tudo de uma vez! 

Eu acredito que quanto mais detalhes e informações eu compartilho, mais preparados vocês ficam pra montar o próprio roteiro de vocês.

Minha intenção não é fazer com que vocês sigam à risca meu roteiro, mas sim fazer com que vocês tenham informações suficiente para decidirem o que é melhor pra vocês.

Essa que é a graça de compartilhar experiências!

 

# DIA 4

– Boulevard Olímpica (gratuito)

A Praça Mauá foi revitalizada para as Olimpíadas e agora se tornou um grande parque no meio do turbulento Centro da Cidade. Lá você encontra skastistas, pessoas lendo livros nos banquinhos, uma vista incrível pra ponte RIO NITERÓI, o Museu do Amanhã, o Museu de Arte do Rio (MAR) e, é claro, o famoso letreiro da CIDADE OLÍMPICA e de quebra ainda pode ver o local da tocha olímpica que ainda permanece no mesmo lugar (só que apagada, é claro! hahahaha).

– Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã fica localizado na Praça Mauá e foi inaugurado em 2015. Sua proposta é ser um museu de artes e ciências e mostrar pra galera de forma interativa e inovadora os perigos das mudanças climáticas e das responsabilidades de cada um no cuidado com o meio ambiente.

  • O Museu do Amanhã está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, com encerramento da bilheteria às 17h;
  • O horário de fechamento das filas está sujeito a alteração diariamente, sem aviso prévio;
  • O café e a loja do Museu funcionam de terça a domingo, das 10h às 18h;
  • O Museu e suas dependências estão fechados às segundas-feiras;
  • O valor da entrada é de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Às terças, a entrada é gratuita.

Bilhete Único dos Museus (Museu do Amanhã + MAR): R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia)

Você pode ver mais detalhes sobre o museu e sobre os ingressos no site:http://www.museudoamanha.org.br/pt-br

– AquaRio

Essa é a mais nova atração da cidade do Rio. o AquaRio é o maior aquário marinho da América do Sul e tem até 8 mil animais de 350 espécies diferentes em exposição.

Pra ser bem sincera eu não curti muito não. Achei muito caro pro que oferece, mas coloquei no roteiro porque sei que muitas pessoas gostam.

Valores: 
R$ 40,00 – Crianças entre 3 e 11 anos, jovens de 12 a 21 anos (brasileiros), estudantes, maiores de 60 anos e pessoas com deficiência física (brasileiros e estrangeiros)

R$ 60,00 – Moradores do estado do Rio ou pessoas nascidas no estado do Rio. (obrigatória a apresentação de documentação)

R$ 80,00 – Tarifa normal

Horário de funcionamento: O AquaRio funciona todos os dias das 10h às 18h, com entrada no circuito até 17:00

Mais informações: http://www.aquariomarinhodorio.com.br/

– Confeitaria Colombo (gratuito)

A Confeitaria Colombo do centro do Rio fica localizada na Rua Gonçalves Dias, 32 (bem próximo ao metrô da Carioca). Essa confeitaria super requintada foi fundada em 1894 e já foi frequentada por muitos presidentes, ministros e pessoas importantes da história da cidade.

A Confeitaria Colombo fica aberta das 9:00 às 19:30.

Mais informações no site: http://www.confeitariacolombo.com.br/

– Uruguaiana/ Saara (gratuito)

O Saara fica localizado no centro do Rio e você pode visitá-lo descendo no metrô da Uruguaiana. O Saara é, basicamente, um lugar pra se comprar produtos baratos da China ou lembrancinhas do Rio pra família! Resumindo: é o melhor lugar pra comprar lembrancinhas e muambas.

Eu e Mark fomos no Saara pra comprar as lembrancinhas pra família dele e pros amigos e powww era mó galera, umas 30 cabeças, sabe? Começamos a separar uns chaveiros, uns imãs e uns copinhos de shot tudo com estampas do Rio e saiu super barato!

Só pra você ter noção do quão barato é: Mark cismou em comprar um chaveiro no Mirante do Michael Jackson no Dona Marta e pagou R$ 10,00 em um chaveirinho bobinho, chegamos no Saara e o pacote com 15 chaveiros iguais ao que ele comprou tava saindo por R$ 12,00. Mark me olhou com uma cara de tipo “fui roubado” e eu só disse rindo: Eu avisei!

OBS: Quando for visitar a Uruguaiana/Saara fique atento(a) com seus pertences, porque tem muitos pivetes ali pela Central do Brasil e arredores e aí rola uns furtos de vez em quando. Não precisa deixar de ir, é só tomar cuidado e tomar algumas precauções: não andar com celular no bolso ou falando no celular, bolsa sempre pra frente e evitar ficar carregando muito dinheiro na mão.

As barraquinhas e lojas da Uruguaiana e do Saara abrem das 9:00 às 18:00.

– Real Gabinete Português de Leitura (gratuito)

Se você procura um programa alternativo no Rio, longe da muvucada de turistas, essa é uma boa pedida! ⠀

Além de ser um ótimo local pra estudo, o Gabinete é um lugar incrível pra quem gosta de apreciar a história brasileira e admirar detalhes, são tantos que você gasta um bom tempo observando tudo! ⠀

* O Gabinete abre às 9:00 e fecha às 18:00 e funciona de segunda à sexta-feira!
– É gratuito. ⠀
– Fica ali pertinho da estação do metrô da Uruguaiana: Rua Luís de Camões, 30. ⠀
– Não tem dress code ou restrições pra tirar fotos.⠀

# DIA 5

– Nascer do sol na Pedra Bonita (gratuito)

A trilha da Pedra Bonita fica localizada em São Conrado e te dá um visual sensacional da praia da Barra de um lado e da praia de São Conrado do outro. Essa trilha começa na entrada do estacionamento da galera que faz voo livre de asa delta e parapente.

A trilha da Pedra Bonita é de fácil dificuldade e você faz todo trajeto numa média de 30 minutos (+ 30 minutos pra descer), podendo ser em até 1 hora pra galera que vai no auge do sol e vai parando pra tomar água ou em 20 minutos pro pessoal que vai de madrugada pra ver o sol nascer.

Escrevi mais detalhes de como chegar nessa trilha nesse post aqui: https://vidamochileira.com.br/4-trilhas-imperdiveis-no-rio-de-janeiro/ 

Vale muito a pena ver o sol nascer da Pedra Bonita! Muita gente faz essa trilha de madrugada. É bom levar lanterna, repelente e um casaco.

– Voo de asa-delta da Pedra Bonita (se puder e quiser)

Voar de asa delta não é só um voo, é a conexão exata entre liberdade e adrenalina que juntas criam um êxtase tão grande que não é possível explicar com palavras!

Só quem já voou sabe a sensação louca que a gente sente na barriga! É um misto de medinho com bravura e de preocupação com provação pra si mesmo (de que você é capaz)! ⠀

Essa, sem dúvida alguma, foi uma das experiências mais incríveis da minha vida e a que me deu um sentimento enorme de gratidão por tudo que eu vi naqueles 10 minutos de voo perfeito!

Informações do Instrutor:
Rafael Watson
Dois recordes sulamericanos:
1- Permanência em voo (14h30min);
2- Loopings seguidos (20)
E também é medalhista olímpico (bronze) no World Air Games de acrobacia em asadelta em Torino – Itália 2009.

Whastapp: +55 (21) 99554-1732
Instagram: @rafael_watson
Facebook: /rafael.watson.9

>>> Quem entrar em contato com o Rafa e passar o voucher: VIDAMOCHILEIRANASALTURAS ganha desconto especial!!! O meu voo foi R$ 500,00, mas o Rafa ficou de fazer desconto pra quem usar o voucher do Vida Mochileira.

Se você quiser voar de asa delta no Rio de Janeiro (São Conrado) eu super recomendo o Rafa e você pode fechar o voo diretamente com ele no melhor dia e horário pra você.

Eu escrevi um post contando como foi a experiência completa desse voo:https://vidamochileira.com.br/voo-de-asa-delta-no-rio-de-janeiro/

– Jardim Botânico

O Jardim Botânico do Rio fica localizado no bairro Jardim Botânico entre Gávea, Lagoa e Botafogo (fica tudo pertinho um do outro). É um lugar super tranquilo para fazer passeios em família, com namorados e até pra sentar e ler um bom livro.

A entrada do Jardim Botânico custa R$ 15,00 preço único e só aceita dinheiro.

O Jardim Botânico fica aberto das 8:00 às 17:00.

Mais informações no site: http://www.jbrj.gov.br/ 

– Parque Lage (gratuito)

A entrada no Parque Lage é gratuita e você curte uma natureza super exuberante e altas paisagens lindas, como o interior da Escola de Arte que é super famoso pelas fotos dos turistas. O prédio da Escola de Artes tem um interior repleto de detalhes e o centro é aberto, com uma piscina decorativa no meio e uma visão linda do Cristo (quando não tá nublado, é claro) atrás.

O Parque Lage fica aberto das 9:00 às 20:30

Mais informações no site: http://eavparquelage.rj.gov.br/ 

– Lagoa Rodrigo de Freitas (gratuito)

A Lagoa é famosa por ser, literalmente, o coração do Rio, já que seus 8 Km de extensão formam um lindo e torto coração. Esse é o lugar ideal pra você alugar uma bicicleta – o valor varia entre R$ 10,00 e R$ 25,00 dependendo do modelo que você escolher – (ou alugar as bikes do Itaú) e pedalar sem pressa pra nada! Dá pra fazer também uma bela caminhada e curtir uma paisagem sensacional.

Ah! Tem uma parte da Lagoa que aluga pedalinhos por 30 minutos e você pode fazer um passeio super família ou super romântico, depende da sua vibe, né? Não sei o valor, mas deve ser em torno de uns R$ 25,00 (acho)

– Vista Chinesa (gratuito)

A Vista Chinesa fica localizada no bairro do Alto da Boa Vista dentro da Floresta da Tijuca e foi construída em 1903! Esse monumento, que é uma homenagem aos imigrantes chineses que vieram pro Rio cultivar chá, é uma réplica das estruturas chinesas originais e está posicionado num lugar super arborizado com uma vista linda pra Zona Sul do Rio.

Dica: O nascer do sol na Vista Chinesa é sensacional. Cara! São várias cores se misturando no céu, o sol nascendo logo ali atrás das montanhas e o dia se confundindo com a noite! É uma parada surreal, sem sacanagem! Façam isso um dia na vida! Vale a pena.

OBS: Só rola visitar a Vista Chinesa se você tiver carro ou pegar um Uber.

– Visita ao Maracanã

Você pode só tirar fotos do lado de fora como pode também fazer uma visita guiada pelo estádio mais famoso do Brasil.

O Maracanã já foi cenário de vários clássicos do futebol brasileiro e recebeu momentos históricos do futebol internacional. Esse estádio sem dúvida alguma guarda muita história e recordações importantes do nosso país.

Os passeios têm duração média de 40 minutos e ocorrem diariamente, das 9h às 16h, com preço que varia de R$ 25,00 (meia entrada do ingresso básico) a R$ 85,00 (ingresso VIP com direito a estacionamento).

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do portão 1, que funciona a partir das 8:30 ou pelo site www.tourmaracana.com.br.

Mais informações: http://visit.rio/que_fazer/maracana/

Como vocês podem ver eu coloquei no roteiro só os pontos turísticos mais famosinhos do Rio e a maioria é passeio diurno, então sinta-se livre pra encaixar quantas baladas ou programas noturnos você quiser! O Rio tem uma vida noturna muito ativa e todos os dias é possível achar alguma coisa pra fazer depois que o sol se põe.

Você não precisa de guia pra fazer nenhuma dessas atividades, embora seja sempre bom falar com algum carioca (pode ser o motorista do Uber, a senhorinha do ponto de ônibus, o cara do hostel ou em grupos de Facebook) e pedir informação que a maioria é super recíproca, ama ajudar e dar dicas do que fazer na cidade (dicas de transporte e logística são sempre bem-vindas, né?).

Ahhh! Tem uma atividade que eu super recomendo ter guia: A visita ao Morro Dona Marta. Não porque é perigoso, pelo contrário, a comunidade Santa Marta foi a primeira comunidade do Rio a ser pacificada. É legal ter guia pra entender um pouco mais sobre a história da comunidade e das pessoas que vivem ali. Fizemos o tour guiado com um morador da própria comunidade e foi uma experiência incrível. 

Vamos falar dos gastos agora!

PASSEIOS

Já pontuei acima os valores das atrações e também as atrações que são gratuitas, mas pra sintetizar e facilitar a vida de vocês, vou listar aqui os valores das atrações que cobram entrada, ok?

OBS: Abaixo, vou considerar os valores aplicados pra uma pessoa adulta, sem carteirinha de estudante e sem ser moradora do Rio (alta temporada). Dessa forma, vocês vão poder ter a noção do valor normal das atrações.

– Pão de Açúcar: R$ 80,00;

– Cristo Redentor: R$ 74,00;

– Forte de Copacabana: R$ 6,00;

– Feira de São Cristóvão: R$ 5,00;

– Teatro Municipal: R$ 20,00;

– Tour pela Comunidade Santa Marta: R$ 110,00 (esse valor pode mudar dependendo do guia);

– Museu do Amanhã: R$ 10,00;

– AquaRio: R$ 80,00;

– Voo de asa delta: R$ 500,00 (opcional);

– Jardim Botânico: R$ 15,00;

– Maracanã: R$ 50,00

TOTAL gasto em passeios: R$ 450,00 reais sem contar com o voo de asa delta que é opcional.

Óbvio que você pode economizar bem mais se:

✔ Fizer a trilha do Pão de Açúcar em vez de pegar o bondinho (suba e desça de trilha que é de graça);

✔ Não visitar o Teatro Municipal por dentro;

✔ Não fizer o tour guiado pela comunidade Santa Marta ou visitar a comunidade por conta própria.

✔ Não visitar o AquaRio;

✔ Não fizer o voo de asa delta

✔ Não visitar o Maracanã por dentro.

Existe sempre a opção de fazer roteiros mais baratos, mas a decisão é sua em escolher que tipo de experiências valem a pena e as que não valem. Às vezes, a gente economiza uns R$ 50 ou R$ 100,00 e deixa de fazer uma atração legal e depois se arrepende. Pense que dinheiro a gente sempre trabalha mais e conquista, mas existem algumas oportunidades na vida que não vem duas vezes, como a oportunidade de visitar um lugar.

ALIMENTAÇÃO

Alimentação é uma coisa difícil da gente planejar, porque, às vezes, dá vontade de comer um cachorro quente e uma coxinha o dia todo e às vezes a gente quer comer uma puta refeição, né?

MÉDIA de gastos por refeição (valores da Zona Sul do Rio):

– Café da manhã: R$ 12,00 reais por pessoa por dia

– Almoço: R$ 30,00 reais por pessoa por dia (com bebida inclusa na conta)

– Jantar (opcional): R$ 30,00 reais por pessoa por dia (com bebida inclusa na conta)

– Snacks (biscoitos, água): R$ 8,00 reais por pessoa por dia

OBSERVAÇÃO MUITO IMPORTANTE: Esses valores estão baseados na média dos meus gastos no Rio, mas é muito importante frisar que tudo depende de como você se alimenta e aonde você come. Eu, por exemplo, não janto. Sou mais de comer um pãozinho a noite e tá ótimo, então minha média de gastos com jantar girava em torno de R$ 5,00 a R$ 10,00 reais no máximo, mas como eu sei que muita gente gosta de jantar, inclui a mesma média de valor do almoço.

Eu comi em restaurantes bons, mas nada de luxo. Comemos no Amarelinho da Cinelândia, um restaurante muito famoso no centro do Rio. Comemos na Cobal do Humaitá, na Mureta da Urca, em shoppings, no Outback (aí foi uma fortuna hahahaha R$ 66,00 reais por pessoa) e no Baixo Gávea, por exemplo e todos tinham uma média de valor que girava em torno de R$ 28,00 a R$ 35,00 reais por pessoa (tirando o Outback que é sempre uma facada no bolso).

O café da manhã pode ser mais barato se você optar por pão com manteiga e um pingado, mas fui inventar de colocar ovo e saiu essa fortuna aí hahahahahaha. Tomávamos café da manhã no Garota de Ipanema, mas você também pode comprar coisas no mercado e economizar muito mais.

Basicamente, quando falamos de gastos em comida tudo se torna muito relativo. Uns vão dizer que gastei muito e outros vão me perguntar como gastei tão pouco, então, fica a seu critério arquitetar o melhor cardápio pra sua estadia no Rio.

Mais uma vez, quero lembrar que isso é só uma sugestão de valores pra você conseguir planejar sua viagem da melhor forma possível e juntar o dinheiro necessário pra realiza-la. Às vezes, a gente fica perdido sem saber quanto custaria uma viagem e olhando os valores dos amiguinhos pode ser que dê uma luz e você consiga fazer a viagem que tanto sonhou.

Se eu fosse você eu levaria em torno de R$ 400,00 reais pra gastar com alimentação/bebidas pra passar cinco dias no Rio (R$ 80,00 reais por dia). Pode ser que você use metade desse valor ou pode ser que você use o dobro dele, mas é bom garantir, pelo menos, uma média estável pra não passar perrengue.

Óbvio que se você não tem esse dinheiro todo e quer ir pro Rio de qualquer jeito, tem sempre a opção do podrão da esquina. Por R$ 9,00 reais você come um X-tudo de rua e fica cheio o dia todo hahahahahaahhaa. Como eu amo esses podrões!

TRANSPORTE

Transporte é outra coisa muito relativa, porque depende se você gosta de andar, pegar ônibus, metrô, táxi ou Uber.

Se você for andar de transporte público pelo Rio tenha em mente que é melhor e mais barato comprar o Rio Card e colocar dinheiro nele conforme você for usando do que pagar passagem por passagem em dinheiro. Isso porque com o Rio Card você pode pegar até dois ônibus pelo preço de um dentro do período de 2 horas.

Passagem de ônibus: R$ 3,80 | Passagem de metrô: R$ 4,30

Eu andei bastante pelo Rio e peguei muito metrô e muito ônibus, então eu diria que pra começar você já deveria colocar uns R$ 80,00 reais no seu Rio Card e conforme for usando você vai vendo se vai precisar recarregar ou não (depende muito da onde você vai se hospedar, né?).

Como as coisas na Zona Sul são meio que perto umas das outras, a gente fica muito tentado a pegar um Uber ou um Cabify porque, às vezes, sai mais barato (principalmente se você tiver me grupo) e você vai mais confortável. Eu peguei muito Uber pra me locomover à noite. Como a gente tava em um grupo de três pessoas, muitas vezes valia mais a pena pegar um Uber e rachar do que pegar metrô ou ônibus.

Se você for ficar cinco dias no Rio de Janeiro, eu acredito que a média de gastos com transportes será em torno de R$ 150,00 reais considerando que você vai usar mais transporte público do que Uber. É claro que esse valor vai depender muito da onde você vai se hospedar.

HOSPEDAGEM

O valor da sua hospedagem vai depender da onde você vai ficar e quantos dias você vai ficar no Rio.

Eu recomendo o El Misti Ipanema, um hostel super bem localizado que eu fiquei quando fui pro Rio com o Mark e a mãe dele.

Tem tudo mega detalhado sobre o hostel nesse post: https://vidamochileira.com.br/onde-se-hospedar-no-rio-de-janeiro/ 

Mas, só pra gente ter uma noção de valores: se você for pro Rio numa data comum (sem ser feriadão ou verão) a média da diária num quarto de 8 pessoas é de R$ 45,00 reais. Se você for num feriadão a diária sobre pra R$ 74,00 reais.

Vamos dizer que você vá passar cinco dias na Cidade Maravilhosa. Seus gastos com hospedagem vão girar em torno de R$ 225,00 reais (baixa temporada) e R$ 370,00 (alta temporada e verão – sem contar com a semana do carnaval, é claro).

 ——-

Eu espero que vocês tenham curtido esse post! Tentei ser objetiva, mas como sempre essa missão é impossível pra mim! Hahahahahaha

Eu acredito que quanto mais detalhes e informações eu compartilho, mais preparados vocês ficam pra montar o próprio roteiro de vocês. Minha intenção não é fazer com que vocês sigam à risca meu roteiro, mas sim fazer com que vocês tenham informações suficientes para decidirem o que é melhor pra vocês. Essa que é a graça de compartilhar experiências!

Se você curtiu o post e conhece alguém que precisa lê-lo, encaminha o link pra essa pessoa. Quanto mais gente viajando melhor.

Ahhhh! Lembra de me seguir do instagram pra acompanhar todas as dicas em tempo real! Me segue lá: @vidamochileira

Beijos e até a próxima!

 

Gostou das dicas do blog?

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso e recomendo:

– Hospedagem: Booking.com, Airbnb
– Seguro Viagem (5% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA5): Seguros Promo
– Aluguel de carro: Rentcars
– Passeios no Atacama e Salar de Uyuni (10% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA10):
Entre em contato com a @fuigosteitrips pelo e-mail: trips@fuigosteicontei.com.br

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar minhas aventuras!