O que fazer em Lisboa em 4 dias

0
lisboa

Lisboa é uma cidade que me traz muitas lembranças boas, não só pelo fato de me lembrar muito o Rio de Janeiro (minha cidade natal), mas também por ser uma cidade que é fácil de andar sozinha e fazer novos amigos. É aquele tipo de cidade grande, cosmopolita que abriga gente do mundo todo e que mesmo com essa mistura toda você sente a cultura portuguesa te abraçando, seja pela arquitetura ou pelo cheirinho das comidas. Descubra nesse post o que fazer em Lisboa em 4 dias.

Sobre os passes de transportes em Lisboa (dica útil)

Assim que você chegar em Lisboa é recomendado você comprar o cartão Zapping – o cartão custa 0,50 e você carrega quanto quiser (€3, €5, €10, €15…) e pode ir usando nos transportes públicos (metrô, ônibus, elétrico e trem), sem tempo limite de duração – usa quantos dias quiser.

📍 Usar o Zapping sai mais barato que comprar o bilhete direto no transporte (exemplo: Se for pagar direto no elétrico custa €3 e com Zapping sai metade do valor). Caso você precise, você pode recarregar de novo. Ahhh! Cada pessoa precisa de um cartão, não tem como compartilhar o mesmo cartão.

📍 Existem outras opções de passes: Vale dar uma olhada no site (https://www.portalviva.pt/ e https://www.metrolisboa.pt/) pra ver qual é a melhor opção pra sua viagem. Por exemplo, tem uma opção de €6 que dá acesso ilimitado nos transportes por 24 hrs.

ATENÇÃO!

O seguro viagem é obrigatório para entrar e viajar pela Europa.

Eu contratei o seguro viagem da Seguros Promo pra minha viagem de 3 meses pela Ásia e curti muito o serviço. O custo X benefício foi maravilhoso e o atendimento foi muito bom (usei o seguro na Tailândia). Use o cupom VIDAMOCHILEIRA5 e ganhe 5% de desconto!

A Seguros Promo tem atendimento e suporte em português tanto em chamadas internacionais quanto pelo Whatsapp: +55 (31) 3972-7096. Explico melhor nesse post como você pode escolher o seu seguro viagem internacional.

Seguro Viagem: Europa
O que fazer em Lisboa em 4 dias GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
O que fazer em Lisboa em 4 dias Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

No entanto, existe uma opção mais barata pra quem vai fazer viagens mais longas ou vai se tornar um nômade digital. O SafetyWing é o primeiro seguro viagem internacional do mundo desenvolvido para atender às necessidades de nômades digitais ou pessoas vivendo no exterior em todo o mundo. Você paga $37,00 dólares por 4 semanas.

SafetyWing tem cobertura mundial e cobertura (de 90 dias) no país de origem. Está disponível para compra em 180 países e pode ser comprado ou renovado quando você já estiver viajando. Qualquer pessoa pode adquirir o SafetyWing, não precisa ser nômade digital pra usar esse seguro viagem.

O ponto positivo do SafetyWing é que ele é 1/3 do valor da maioria dos seguros viagens, mas o ponto negativo é que ele ainda não tem atendimento e suporte em português. Tem um post no blog muito completo explicando sobre o seguro viagem SafetyWing.

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

O que fazer em Lisboa em 4 dias 

DIA 1

No primeiro dia fizemos um tour guiado com uma seguidora que mora em Lisboa há mais de 14 anos e abriu uma empresa de roteiros personalizados e tours guiados por Lisboa. A @lisbonbyclarisse é uma grande amiga e fico extremamente feliz de poder compartilhar com vocês o trabalho dela.
Ela faz aquele tipo de tour que você fica chocado com tanta informação interessante e com lugares que provavelmente você não iria visitar se estivesse por conta própria. Como os roteiros e tours dela são personalizados, você conversa por Skype antes pra ela entender qual seu perfil de viajante e o que você busca conhecer em Lisboa! ⠀
A Clarisse vai nos levando pelas ruas de Lisboa contando todas histórias dos lugares e curiosidades da cultura portuguesa. No nosso tour fizemos: Praça do Rossio, Mouraria, Costa do Castelo, Miradouros de Alfama, Igreja da Sé e Praça do Comércio.

Meu pai ficou encantado com esse tipo de tour e eu fiquei sem palavras com o tanto de histórica interessante que aprendemos sobre a cultura portuguesa. O tour é realmente muito rico em informações e dicas úteis pros dias seguintes que você ficará em Lisboa, por isso, recomendo fazer o tour com a Clarisse no seu primeiro dia em Lisboa. A gente almoçou em vários restaurantes que a Clarisse indicou, restaurantes pequenos (e baratos) de pessoas locais que a gente provavelmente nem entraria se não fosse pela recomendação dela.

A Clarisse e a Raquel (sua sócia) têm diversos tipos de tour e roteiros. Elas personalizam os tours baseando-se nas suas preferências de viajante. Podem sugerir coisas que você nem tinha pensado ou trabalhar em cima de coisas que você já sabe que quer ver. Isso tudo é personalizado em conjunto através do Skype. Elas têm também um site que dá várias dicas de Lisboa.

DIA 2

No nosso segundo dia em Lisboa, a gente decidiu conhecer Belém! Pra visitar Belém você pode ir de ônibus, trem, ou elétrico. Nós escolhemos ir de elétrico (número 15) e usamos nosso zapping pra pagar a passagem – É muito importante você validar seu passe assim que você entra no elétrico! ⠀ ⠀
⠀ ⠀
📍 BIZU DA MARY: Desça na parada “Mosteiro Jerónimos” e não na parada “Belém”. Descendo em Mosteiro dos Jerónimos você estará pertinho do mosteiro, do Padrão dos Descobrimentos e também da famosa torre de Belém! Da parada “Mosteiro Jerónimos” você faz tudo andando (pouco menos de 30 minutos). ⠀
⠀ ⠀
✏ Ali do lado do Mosteiro dos Jerónimos tem a pastelaria dos famosos e únicos Pastéis de Belém. Cada um custa € 1,15 e você pode sentar no restaurante ou levar pra comer nos jardins da Torre de Belém (foi o que fizemos – a vibe lá perto da Torre é maravilhosa e rola de fazer um mino piquenique ali de frente pra Torre ao pé do Rio Tejo). ⠀

Depois de passearmos por Belém por toda parte da manhã, voltamos pro centro de Lisboa pra almoçar e passear mais pela cidade. Andamos pela Rua Augusta, fomos na passarela do elevador Santa Justa, passeamos pelo bairro do Chiado (várias lojas de roupas e acessórios), andamos de elétrico 28, fomos no Miradouro São Pedro de Alcântara e no elevador da Glória e por último passeamos pelas ruas do Bairro Alto.
⠀ ⠀
📍 BIZU DA MARY: O elevador Santa Justa custa €5,30, mas você pode caminhar pelo Chiado e entrar por trás dele (ao lado do Museu Arqueológico do Carmo) e caminhar na passarela do elevador sem pagar nada! A vista lá de cima é linda e eu achei que valeu a pena caminhar pela passarela de graça, não sentimos necessidade nenhuma de pagar o ticket pra andar no elevador!

✏ O elétrico 28 “corta” a cidade e é um passeio gostoso de se fazer, apesar de terem me falado que rola uns furtos nele de vez em quando (fiquem atentos). Ele geralmente está cheio, mas em algum momento ele esvazia e aí dá pra curtir o passeio sentado aproveitando as paisagens dos bairros de Lisboa! ⠀
⠀ ⠀
🚨 VALORES:
➖ Mosteiro dos Jerónimos: €10
➖ Igreja do Mosteiro dos Jerónimos: Grátis ⠀
➖ Torre de Belém: €6
➖ Padrão dos Descobrimentos: €6
➖ Arco da Rua Augusta: €3
➖ Elétrico 28: €3 ⠀
OBS: Com o Lisboa Card essas atrações são gratuitas! 

O que fazer em Belém, Lisboa além da Torre de Belém

DICA!

Uma ótima forma de economizar dinheiro enquanto viaja é fazendo voluntariado, que é quando você trabalha de 3 a 5 horas por dia (com 1 a 3 folgas por semana) em troca de acomodação e comida (e outros benefícios também). Muitos viajantes têm feito isso e é incrível o quanto você pode baratear a sua viagem dessa forma. Eu mesma já fiz 3 viagens assim e reduzi os meus custos pela metade. Dá até pra ganhar dinheiro fazendo voluntariado.

GANHE $10,00 DÓLARES DE DESCONTO NA WORLDPACKERS

A Worldpackers é uma plataforma brasileira que permite você viajar e trabalhar durante a viagem trocando sua força de trabalho (habilidade, vontade de aprender e ajudar) e seu tempo – durante algumas horas do seu dia – por acomodação e comida em vários países do mundo.

Além das viagens de voluntariado, agora você também pode usar a plataforma da Worldpackers para se preparar para uma mudança de vida através de cursos e conexões na busca de mais liberdade, flexibilidade e mais viagens. A Worldpackers Academy conta com diversos cursos compartilhando diferentes expertises sobre o mercado digital, nomadismo, planejamento de viagem, monetização durante a viagem e muito mais. Inclusive o meu curso de “Como criar um negócio de viagens no Instagram” também está nesse pacote.

Usando meu código VIDAMOCHILEIRAWP você ganha 10,00 dólares de desconto e só paga 39,00 dólares por ano (uma única vez) pra viajar pela plataforma quantas vezes você quiser pra vários países do mundo sem pagar por acomodação e comida.

CUPOM: VIDAMOCHILEIRAWP

TORNE-SE UM MEMBRO VERIFICADO


DIA 3

Hoje foi dia de conhecer Sintra! Nós pegamos o trem na estação Rossio e fomos direto. O trajeto dura em torno de 45 minutos e cada perna custa €2,25 (você pode comprar a passagem a hora – nós recarregamos nosso zapping com €5 direto na maquininha da estação). ⠀
⠀ ⠀
✏ Chegando em Sintra tem várias coisas pra você fazer, mas o ideal é começar pela Vila de Sintra que é bem pequena, mas é uma graça! Da estação até a vila dá uma caminhada de 10 minutos com paisagens lindas. ⠀
⠀ ⠀
✏ Logo pertinho da Vila de Sintra fica a famosa Quinta da Regaleira que tem aquele poço mega famoso das escadas (ele se chama Poço Iniciático e tem várias placas indicando o caminho pra ele). Dá pra ir andando de boa da Vila de Sintra até a Quinta da Regaleira numa caminhada que dura 20 minutos. Pra entrar na Quinta da Regaleira você paga €8. ⠀
⠀ ⠀
O ideal é visitar Sintra num dia ensolarado. Nós pegamos um dia chuvoso com muita neblina e isso ferrou nossos planos de passeios porque não dava pra ver nada mesmo! A gente ia conhecer o Palácio Nacional da Pena (aquele todo colorido), mas não valia a pena por causa da neblina que tava. ⠀
⠀ ⠀
O QUE FAZER EM SINTRA E ARREDORES:
✔ Parque e Palácio Nacional da Pena
✔ Palácio Nacional de Sintra
✔ Quinta da Regaleira ⠀
✔ Castelo dos Mouros
✔ Palácio de Monserrate ⠀
✔ Palácio de Queluz
✔ Elétrico de Sintra
✔ Vila de Sintra
✔ Cabo da Roca
✔ Praia da Ursa
✔ Caiscais

O que fazer em Sintra, Portugal (roteiro de 1 dia)

DIA 4

No nosso último dia em Lisboa a gente atravessou o Rio Tejo! Mas, antes disso, a gente passeou mais uma vez pelas ruelas de Lisboa e fomos andando da Mouraria, onde comemos muito bem na tasquinha do Zé dos Cornos (indicação da Clarisse e eu super recomendo também – maravilhosa, bem servida e barata) até a Praça Marquês de Pombal.

Dali da Praça Marquês de Pombal a gente andou mais um pouco e fomos até o topo do Parque Eduardo VII que tem um jardim lindo e uma vista maravilhosa. De lá, pegamos o ônibus 753 (€1,85) na Praça Marquês de Pombal e atravessamos a Ponte 25 de Abril em 10 minutos.

Descemos no primeiro ponto logo depois da ponte e fomos andando até o Cristo Rei, que tem uma vista sensacional pra Lisboa e pra Ponte 25 de Abril! Pra subir lá no alto do Cristo custa €5, mas o mirante é gratuito. ⠀
⠀ ⠀
✏ Descemos o Cristo e fomos pra Casa da Cerca, um centro cultural muito legal e bem bonito, com vários jardins e algumas exposições – vale sentar na cafeteira e tomar um café comendo o bolo de chocolate com nozes que é simplesmente maravilhoso! ⠀
⠀ ⠀
✏ Você pode descer de elevador panorâmico ou pelas escadas e ir caminhando pela beira do Rio Tejo até chegar em Cacilhas, onde você pega uma barca (€1,30) de volta pro Cais do Sodré (o trajeto de barca dura em torno de 8 minutos) e pode andar até o Centro de Lisboa (a caminhada do cais até o bairro do Chiado dura em torno de 15 a 20 minutos).⠀
⠀ ⠀
✏ Usamos nosso zapping todos os dias (trem, elétrico, ônibus e barca) e no total de 4 dias, incluindo nossa ida pra Sintra gastamos €15 euros cada um. ⠀

FREE WALKING TOUR EM LISBOA

Um jeito muito bom de conhecer Lisboa é fazendo o famoso Free Walking Tour. Esse tour rola em praticamente todas as capitais do mundo e consiste em andar pela cidade (em torno de 2h30min) com um guia que fala ou espanhol ou inglês (você pode escolher o grupo que vai ficar) e vai apresentando o lugar de forma diferente contando histórias e falando sobre a cultura do local.

Um local que oferece vários Free Walking Tours (de empresas diferentes) é a Praça Luiz de Camões. Pelo que entendi saem tours todos os dias (em inglês e espanhol) às 10:00, 11:00, 14:00 e 16:00. É interessante perguntar no seu hostel qual o Free Walking Tour mais próximo de você, o horário e o nome da empresa que o realiza pra você poder procurar mais informações na internet como, por exemplo, ver o roteiro/itinerário dos tours.

Eu fiz um Free Walking Tour no Porto que a empresa tinha 2 roteiros diferentes, um em cada horário. Então, vale a pena pesquisar antes as empresas, os horários e os roteiros oferecidos.

Apesar do nome ser Free Walking Tour é de muito bom grado deixar uma gorjeta pro guia, que na Europa o mínimo é de 5,00 euros. Mas, você dá quanto puder e quiser. Só tenha em mente que aquela pessoa é voluntária, mas depende dessas gorjetas!

O Free Walking Tour é um ótimo jeito de fazer amigos durante a viagem! 😉


ECONOMIZE!

Ganhe R$179,00 de desconto na sua primeira reserva no Airbnb.

O Airbnb é uma ótima opção de hospedagem e dependendo do lugar e da quantidade de pessoas que vão viajar sai mais barato e cômodo reservar pelo Airbnb do que pelo Booking.com. Se você nunca usou o Airbnb experimente, você vai gostar!

Eu escrevi um post detalhado com várias dicas pra usar o Airbnb da melhor forma possível.
Clique no botão abaixo, faça sua pesquisa e na hora do pagamento o seu desconto será aplicado.

FAÇA SUA PESQUISA AGORA!


Lisboa Card + Descontos

O Lisboa Card pode ser uma ótima ideia se você está pensando em entrar em várias atrações. Com esse cartão você pode pegar qualquer transporte público de forma ilimitada (dentro do período que você escolher – 24, 48 ou 72 horas – respectivamente €20, €34, €42) e também tem acesso gratuito (ou desconto) nas atrações mais famosas de Lisboa – e de Belém também – (dentro do período escolhido também) e não enfrenta fila.

Algumas das atrações do Lisboa Card em Belém

Mosteiros dos Jerónimos (Usando o Lisboa Card a entrada é gratuita);

Torre de Belém (Usando o Lisboa Card a entrada é gratuita);

Padrão dos Descobrimentos (Usando o Lisboa Card a entrada custa € 4,80 euros);

Museu Coleção Berardo (30% de desconto)

Pra mais informações entre no site: lisboacard.org  OU visitlisboa.com

DICA: Outro jeito de economizar nos ingressos das atrações e cortar fila é usando os apps da Civitatis ou do Get Your Guide.

São dois aplicativos que eu não viajo sem no meu celular. Você basicamente consegue comprar ingressos no mesmo dia, ou até mesmo na hora, sem enfrentar fila pra comprar ou pra entrar na atração. Além disso, muitas vezes rolam promoções e os ingressos podem sair até mais barato que na bilheteria dos locais.

Além disso, esses apps oferecem vários pacotes de atrações combinadas, transfers e até walking tours (grátis em grupo e pagos quando privado).

Antes de comprar o meu ingresso pra qualquer atração eu sempre faço esse mini processo: Olho primeiro no site oficial da atração pra ver quanto é o preço oficial e depois olho nos dois aplicativos pra ver se tem alguma promoção rolando ou algum pacote de atrações que me interessa e aí faço a melhor escolha pro meu bolso e pra minha viagem!

Dê uma olhada nos sites – Civitatis e Get Your Guide – e baixe esses aplicativos pro seu celular! Uma última dica é já deixar os dados do seu cartão de crédito ou PayPal salvos nos aplicativos pra na hora da viagem poder comprar os ingressos com apenas 2 ou 3 cliques e economizar tempo.

Onde se hospedar em Lisboa 

Lisboa é uma cidade que você consegue fazer praticamente tudo andando e, por isso, é muito importante avaliar bem onde ficar em Lisboa, já que a localização do seu hostel vai te permitir circular mais facilmente pela cidade. Apesar das suas muitas ladeiras e das suas calçadas de pedras portuguesas escorregadias, a capital portuguesa reúne os seus pontos turísticos bem próximos uns dos outros, obviamente, tirando aqueles bate e voltas famosos de Sintra, Belém e Cascais.

Quando eu visitei Lisboa pela terceira vez, eu estava fazendo um mochilão em família e ficamos hospedados num hostel super bem localizado, com café da manhã bem gostoso, área comum super relaxante e cheio de atividades de lazer como mesa de sinuca, totó e até piscina de bolinhas. Eu super recomendo esse hostel porque serve pra todas as idades – e eu tô falando isso por experiência própria de quem viajou com o pai de 60 anos e a irmã de 10 anos e ficou hospedada nesse hostel com eles num quarto de 4 pessoas com banheiro compartilhado: Hub New Lisbon Hostel.

Onde ficar em Lisboa

Outras opções de hostels também bem localizados com preços acessíveis seriam esses abaixo, mas eu não me hospedei neles, apenas li as avaliações de outros viajantes no Booking.com:

– Castilho 63

– Ambiente Hostel

– Selina Secret Garden Lisbon

– Host Bell Rooms&Suites 

– Urban Garden Hostel

– Corujinha Hostel 

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

DICA!

Pra ficar conectado durante toda sua viagem, eu recomendo a Yes Brasil um dos chips de internet que eu usei recentemente numa viagem de Worldpackers no meio do mato na França (era uma fazenda afastada da cidade). A internet pegava perfeitamente e voava. Fora que eles têm atendimento pelo Whatsapp pra qualquer tipo de problema no chip.

Yes Brasil está presente em mais de 100 países em parceria com as melhores operadoras de internet do mundo. Você seleciona os destinos e as datas da sua viagem, encomenda o chip online e ele é entregue na sua casa antes da sua viagem. Existem lojas presenciais também, caso você queira retirá-lo pessoalmente. Use o cupom VIDAMOCHILEIRA10 e ganhe 10% de desconto! Eu escrevi um post completo sobre esse chip de internet.

Aplicativos Úteis 

📍 Wiki Triip: Além de ser um guia completo das principais atrações da cidade, ele também te apresenta a história do lugar e as curiosidades sobre a cultura. Tem também indicações de empresas de passeios e restaurantes. Fala do clima, como chegar, como usar o transporte público e lugares pra fazer compras; ⠀
⠀ ⠀
📍 Get Your Guide: Maravilhoso pra quem gosta de promoções de combos (2 ou mais atrações juntas no mesmo pacote) e odeia enfrentar fila. A compra é online, super rápida e pode ser cancelada em até 24 horas caso você se arrependa. Ahhh! Nesse app eles também são as coordenadas de como chegar nos lugares (então, mesmo que você não vá comprar nada nele, dá pra usar de guia!

📍 CivitatisMesma ideia do app Get Your Guide, mas tem outras opções de passeios e também alguns Free Walking Tours (tours gratuitos com guias locais – você paga apenas uma gorjeta). Vale a pena dar uma olhada em ambos os apps!
⠀ ⠀
📍 Citymapper: Esse é o melhor aplicativo de localização/mapa pra você transitar pelos transportes públicos sem se perder – esquece o Google Maps). ⠀

📍 Rome2Rio: Muito bom para dar um comparativo de preços e tempo de deslocamento entre os transportes públicos.

📍 Omio: Faz comparação simultânea de preço entre os transportes (trem, ônibus e avião) pro mesmo destino.

📍 Kayak: Aplicativo que faz busca de passagens aéreas baratas com margem de até 3 dias antes ou depois, te dando uma vasta gama de opções comparativas de preço. Além disso, é possível ativar o alerta no email para receber mensagem toda vez que tiver mudança de preço (para mais ou menos).

📍 Booking.com: Aplicativo de busca de hospedagem, muito bom para fazer comparativos de preço, ver promoções e usar filtros inteligentes de busca.

📍 Airbnb: Ótima opção de hospedagem e dependendo do lugar e da quantidade de pessoas que vão viajar sai mais barato e cômodo reservar pelo Airbnb do que pelo Booking.com. Se você nunca usou o Airbnb experimente, você vai gostar!

 

DICA DE OURO: Existe uma aba no blog chamada “ROTEIROS GRATUITOS” e lá você pode baixar todas as planilhas que eu tenho de roteiros de viagem. É tudo gratuito e você encontra na planilha não só dica de lugares pra visitar, como também dicas de transportes, hostels e gastos.

Espero que esse post tenha sido útil e se você conhece alguma pessoa que precisa ler isso, compartilha o link com ela!

Ahh! Não esquece de me seguir no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras em tempo real. Ahh! Se inscreve no canal do Youtube do Vida Mochileira pra pegar mais dicas de viagem.

Até a próxima!

Beijos,

Mary

O que fazer em Lisboa em 4 dias

Gostou das dicas do blog?
Aproveite os descontos abaixo para economizar nas suas viagens!

Toda vez que você usa um link do blog, o Vida Mochileira ganha uma pequena comissão e você NÃO paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso nas minhas viagens e recomendo:
– Voluntariado em viagens: Worldpackers (U$10 OFF)
– Hospedagem: Booking.com, Airbnb (até R$179 OFF)
– Passeios no Atacama, Salar de Uyuni e Santiago: @fuigosteitrips (5% OFF)
– Seguro Viagem: Seguros Promo (5% OFF), SafetyWing ($37 dólares por 4 semanas)

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras!

Maryana Teles
Carioca, publicitária, mergulhadora e produtora de conteúdo, eu também sou apaixonada por viagens de estilo low cost. Eu amo viajar sozinha e fazer voluntariados. Eu uso as minhas viagens como uma ferramenta de autoconhecimento e aprendizado e quero compartilhar esse processo com você. Bora?!