Subir na Torre Eiffel vale a pena?

0
Subir na Torre Eiffel

Uma das principais atrações de Paris é a Torre Eiffel e não tem como visitar a cidade e não tirar uma foto com ela, mas, será que subir na Torre Eiffel vale a pena? Eu mesma já fui a Paris quatro vezes e só fui subir mesmo a Torre na última vez que visitei a cidade e, só subi porque meu pai queria muito.

É engraçado como nunca me passou pela cabeça que seria uma boa ideia fazer esse passeio. Talvez porque eu sempre achasse que como a Torre Eiffel era o principal ponto turístico da cidade, ele deveria sair nas fotos. Não por acaso eu sempre subi no Arco do Triunfo em vez de subir na Torre Eiffel. Subindo no Arco do Triunfo você também tem uma vista linda da cidade (obviamente não tão alta quanto a vista que você tem da Torre Eiffel) e de quebra tem a vista pra Torre Eiffel – bem de longe, mas tem.

Foi só quando eu fui fazer um mochilão em família com o meu pai, minha irmã e minha madrasta que esse assunto surgiu: Será que subir na Torre Eiffel vale a pena? Confesso que relutei um pouco, achava que ia ser muito caro. Mas, meu pai insistiu. Ele disse que ir à Paris e não subir na Torre Eiffel é como ir no Rio e não visitar Copacabana e Ipanema. Ahh! E ele também fez chantagem emocional dizendo que era a primeira vez dele aqui na Europa e que queria mostrar pros amigos que tinha subido a Torre Eiffel! Hahahaha Gente meu pai é uma figura!

Pois bem! Decidimos subir a Torre Eiffel, mas só eu e meu pai. Minha irmã e minha madrasta ficaram lá embaixo esperando a gente porque minha madrasta tem medo de altura. Elas ficaram sentadinhas num banquinho que fica exatamente embaixo da torre.

O que fazer em Paris: lugares para visitar, gastos e dicas

Como chegar na Torre Eiffel 

O site Tudo Sobre Paris tem bastante dicas sobre transportes em Paris (sério! Posts muito completos), por isso vou deixar o link deles aqui, caso você tenha dúvidas específicas sobre o assunto.

Metrô: Trocadero, linhas 6 e 9; Ecole militaire, linha 8.
Ônibus: linhas 42, 69, 72, 82 e 87.
RER: Champ de Mars – Tour Eiffel, linha C.

 

Como é subir na Torre Eiffel 

Pra subir na Torre Eiffel ou só visitar ela por baixo mesmo, primeiro você tem que passar por uma segurança (Raio-X pras bolsas e detector de metais) que é dividida em duas filas: Pessoas já com ingresso e pessoas sem ingresso. Você pode visitar a parte debaixo da torre sem ter ingresso, é gratuito.

Depois dos atentados, Paris ficou ainda mais cautelosa e a Torre Eiffel que tinha livre circulação por baixo, teve que ser cercada por vidros pra aumentar a segurança. Por isso, qualquer pessoa que queira chegar perto – bem pertinho mesmo – precisa passar pelo detector de metais.

Depois que você chegar na área da torre vai encontrar algumas lojinhas de comida e duas bilheterias: Uma pra quem quer subir de elevador e outra pra quem quer subir de escada. Vale lembrar que pra galera que quer subir de elevador o mais recomendado é fazer a compra do ingresso online, porque se não vai perder muito tempo na fila. Já a galera que não se importa em subir de escada tem acesso mais fácil a bilheteria e, se for na baixa temporada, até rola comprar na hora sem fila nenhuma.

Em ambos os casos, na alta temporada (junho a setembro), é extremamente recomendado que você compre seu ingresso online, tanto pra quem quer subir de escada quanto pra quem quer subir de elevador. Apesar de ser possível comprar na hora, é arriscado você passar horas na fila. Já na baixa temporada até é mais vazio, mas ainda sim tem bastante fila pra quem sobre de elevador.

Enfim! Se você já tem seu ingresso comprado é só entrar na fila de quem já tem ingresso. Se você decidiu impulsivamente subir na Torre Eiffel depois de já estar ali embaixo dela, não tem problema! É só ir na bilheteria e comprar seu ingresso.

DICA IMPORTANTE: Se você for subir de escada como a gente subiu, é muito importante que leve uma garrafinha de água com você! São muitos degraus e, apesar da gente ter feito de boa, deu uma secura na garganta, mas não tínhamos água (acho que lá em cima até dava pra comprar, mas era caro rsrsrsrs).

ATENÇÃO!

O seguro viagem é obrigatório para entrar e viajar pela Europa.

Eu contratei o seguro viagem da Seguros Promo pra minha viagem de 3 meses pela Ásia e curti muito o serviço. O custo X benefício foi maravilhoso e o atendimento foi muito bom (usei o seguro na Tailândia). Use o cupom VIDAMOCHILEIRA5 e ganhe 5% de desconto!

A Seguros Promo tem atendimento e suporte em português tanto em chamadas internacionais quanto pelo Whatsapp: +55 (31) 3972-7096. Explico melhor nesse post como você pode escolher o seu seguro viagem internacional.

No entanto, existe uma opção mais barata pra quem vai fazer viagens mais longas ou vai se tornar um nômade digital. O SafetyWing é o primeiro seguro viagem internacional do mundo desenvolvido para atender às necessidades de nômades digitais ou pessoas vivendo no exterior em todo o mundo. Você paga $37,00 dólares por 4 semanas.

SafetyWing tem cobertura mundial e cobertura (de 90 dias) no país de origem. Está disponível para compra em 180 países e pode ser comprado ou renovado quando você já estiver viajando. Qualquer pessoa pode adquirir o SafetyWing, não precisa ser nômade digital pra usar esse seguro viagem.

O ponto positivo do SafetyWing é que ele é 1/3 do valor da maioria dos seguros viagens, mas o ponto negativo é que ele ainda não tem atendimento e suporte em português. Tem um post no blog muito completo explicando sobre o seguro viagem SafetyWing.

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

 

Nossa experiência subindo a Torre Eiffel 

A primeira coisa a ser comentada é que decidimos subir a Torre Eiffel de escada por causa do valor mesmo (custou € 10,20 euros cada um subir de escada até o segundo andar)! Era bem mais barato e eu e meu pai já estávamos felizes com a vista do segundo andar (são 3 andares, o último sendo o topo). De verdade, não sentimos necessidade de ir até o último andar não! A vista do segundo andar foi sensacional e já realizou o sonho do meu pai.

A segunda coisa a ser dita é que meu pai é um coroa de 60 anos em boa forma. Então, subimos os primeiros 57 metros de altura em 8 minutos, que é o famoso primeiro andar! Confesso que subir de escada foi bem emocionante, pois você tá literalmente subindo por dentro das armações da Torre, você vai vendo cada detalhe e parafuso bem de pertinho e se sente um pontinho no meio daquela construção enorme (acredito que a galera que sobe de elevador não tenha essa mesma sensação).

Quando chegamos no primeiro andar, foi um misto de alegria com decepção. Alegria por ter chegado lá e decepção porque o primeiro andar tem grade! Sim! Ele tem grade do chão até o teto e você não consegue ter uma vista clara e limpa da cidade. Até as duas fotos ficam cagadas por causa da grade. Mas, o primeiro andar tem um negócio legal que é um piso transparente turvo! Eu achei bem legal pisar nele e ver a galera lá embaixo. Se você subir na Torre Eiffel recomendo fortemente que suba, pelo menos, até o segundo andar, mas não deixe de passar no primeiro também rsrsrs!

Do primeiro andar até o segundo andar subimos em 5 minutos, totalizando 116 metros de altura. Foi chegando no segundo andar que sentimos a emoção de estar na Torre Eiffel. O segundo andar tem um varandão, isso significa que você consegue sair da estrutura da torre e ver ela pra cima, toda glamorosa. Além disso, a visão é clara e desimpedida, sem grades! É realmente lindo e valeu muito a pena!

Lembrando que você sobe a Torre Eiffel no seu tempo. Não tem hora pra subir e descer e você não tem prazo pra chegar nos andares ou limite pra ficar em cada um. Você faz a visita no seu tempo, do jeito que quiser, apreciando tudo da forma como desejar!

Nós subimos a Torre Eiffel de manhã (lá pelas 11:00) num dia de outono. Foi ótimo! O dia estava ensolarado, não tava quente (pelo contrário, tava frio pra caraca) e a torre não tava lotada. Acho que aproveitamos bem lá em cima. Tiramos fotos, fizemos vídeos, apreciamos a vista e agradecemos. Depois, descemos direto do segundo andar até o térreo e demoramos míseros 10 minutos, descendo de boa, sem correr. J

Ahh! Só por curiosidade, ao subir até o topo você fica a 276 metros de altura.

Subir na Torre Eiffel vale a pena? 

Eu e meu pai concordamos que é um passeio pra ser incluído na sua lista do que fazer em Paris. A subida valeu muito a pena e acho que subir até o segundo andar foi perfeito! Na medida ideal de custo x benefício, principalmente porque subimos de escada. Ahh! E eu super recomendo subir de escada, é um pouco cansativo sim, mas nada de outro mundo (lembrando que meu pai de 60 anos subiu de boa). Eu acho que a experiência é muito mais marcante e inesquecível pra quem sobre de escada e pode ir apreciando todos os detalhes da torre bem de pertinho e com calma, no seu tempo!

Ahh! Sobre o melhor horário pra subir na Torre Eiffel, eu acredito que seja qualquer horário! Eu fui às 11:00 da manhã durante o outono e foi lindo demais, mas acredito que ver o pôr do sol lá de cima deve ser surreal de incrível, mas imagino que deva ser bem cheio também rsrsrs.

Uma pequena observação que pode ser interessante pra quem quiser visitar a Torre Eiffel à noite: Ela fica iluminada à noite com uma luz meio amarelada e das 21:00 às 00:00 tem um show de luzes (mini leds de luz branca que brilham sem parar) que dura 5 minutos, sempre na hora cheia.

ECONOMIZE!

Ganhe R$179,00 de desconto na sua primeira reserva no Airbnb

O Airbnb é uma ótima opção de hospedagem e dependendo do lugar e da quantidade de pessoas que vão viajar sai mais barato e cômodo reservar pelo Airbnb do que pelo Booking.com. Se você nunca usou o Airbnb experimente, você vai gostar!

Eu escrevi um post detalhado com várias dicas pra usar o Airbnb da melhor forma possível.
Clique no botão abaixo, faça sua pesquisa e na hora do pagamento o seu desconto será aplicado.

FAÇA SUA PESQUISA AGORA!

 

Horário de funcionamento da Torre Eiffel 

O horário de funcionamento da Torre Eiffel varia com a época do ano.

De 13 de junho a 29 de agosto:

– Elevador: 9:00 às 00:45 | Última subida ao topo às 23:00 e ao 2º andar às 00:00

– Escada: 9:00 às 00:30 | Última subida ao 2º andar antes das 00:00

Resto do ano:

– Elevador: 9:30 às 23:45 | Última subida ao topo às 22:30 e ao 2º andar às 23:00

– Escada: 9:30 às 18:30 | Última subida ao 2° andar às 18:00

Quanto custa subir a Torre Eiffel? 

O valor do seu ingresso vai depender do andar e da forma como você vai subir a torre (escada ou elevador).

Consulte no site da Torre Eiffel as datas e horários disponíveis. Lembrando que quando você compra seu ingresso online, você precisa agendar o dia e a hora da sua subida na torre. Atenção! Alguns ingressos não estão disponíveis pra venda online, apenas no local.

Tarifas para adultos:

Escadas ao 2º andar: € 10,40 | Vende no local e online

Escadas ao 2º andar + elevador ao topo: € 19,70 | Só vende no local

Elevador ao 2º andar: € 16,60 | Vende no local e online

Elevador ao topo: € 25,90 | Vende no local e online

Tarifas para jovens entre 12 e 24 anos:

Escadas ao 2º andar: € 5,20 | Vende no local e online

Escadas ao 2º andar + elevador ao topo: € 9,80 | Só vende no local

Elevador ao 2º andar: € 8,30 | Vende no local e online

Elevador ao topo: € 13,00 | Vende no local e online

Tarifas para crianças de 4 a 11 anos:

Escadas ao 2º andar: € 2,60 | Vende no local e online

Escadas ao 2º andar + elevador ao topo: € 5,00 | Só vende no local

Elevador ao 2º andar: € 4,10 | Vende no local e online

Elevador ao topo: € 6,50 | Vende no local e online

Menores de 4 anos tem a entrada gratuita.

 

Onde comprar o ingresso pra subir a Torre Eiffel 

O mais recomendado é comprar o ingresso diretamente no site da Torre Eiffel. Eu sempre recomendo aqui que vocês consultem sites de ingressos e promoções como a  Civitatis e o Get Your Guide, porque geralmente são mais baratos (ou o mesmo preço) ou tem pacotes bem interessantes e sempre te dão a possibilidade de furar fila, mas nesse caso os valores são muito discrepantes. O site da Torre Eiffel realmente é o que vende o ingresso mais barato pra subir na torre.

Como eu disse, você pode comprar na hora ou online, mas o mais recomendado é mesmo comprar online e evitar pegar filas gigantescas sem necessidade, já que o valor do ingresso online é exatamente o mesmo do ingresso comprado na hora.

13 Golpes em Paris (os mais comuns entre os turistas)

DICA!

GANHE $10,00 DÓLARES DE DESCONTO NA WORLDPACKERS

A Worldpackers é uma plataforma brasileira que permite você viajar e trabalhar durante a viagem trocando sua força de trabalho (habilidade, vontade de aprender e ajudar) e seu tempo – durante algumas horas do seu dia – por acomodação e comida em vários países do mundo.

Usando meu código VIDAMOCHILEIRAWP você ganha 10,00 dólares de desconto e só paga 39,00 dólares por ano (uma única vez) pra viajar pela plataforma quantas vezes você quiser pra vários países do mundo sem pagar por acomodação e comida.

CUPOM: VIDAMOCHILEIRAWP

TORNE-SE UM MEMBRO VERIFICADO

 

DICA DE OURO: Existe uma aba no blog chamada “ROTEIROS GRATUITOS” e lá você pode baixar todas as planilhas que eu tenho de roteiros de viagem. É tudo gratuito e você encontra na planilha não só dica de lugares pra visitar, como também dicas de transportes, hostels e gastos.

Espero que esse post tenha sido útil e se você conhece alguma pessoa que precisa ler isso, compartilha o link com ela!

Ahh! Não esquece de me seguir no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras!

Até a próxima!

Beijos,

Mary 

 

Gostou das dicas do blog?
Aproveite os descontos abaixo para economizar nas suas viagens!

Toda vez que você usa um link do blog, o Vida Mochileira ganha uma pequena comissão e você NÃO paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso nas minhas viagens e recomendo:
– Voluntariado em viagens: Worldpackers (U$10 OFF)
– Hospedagem: Booking.com, Airbnb (até R$179 OFF)
– Passeios no Atacama, Salar de Uyuni e Santiago: @fuigosteitrips (5% OFF)
– Seguro Viagem: Seguros Promo (5% OFF), SafetyWing ($37 dólares por 4 semanas)

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras!

Maryana Teles
Carioca, publicitária, mergulhadora e produtora de conteúdo, eu também sou apaixonada por viagens de estilo low cost. Eu amo viajar sozinha e fazer voluntariados. Eu uso as minhas viagens como uma ferramenta de autoconhecimento e aprendizado e quero compartilhar esse processo com você. Bora?!