Dicas da Tailândia – Tudo que você precisa saber antes de viajar

0
386

 

Como a Tailândia se tornou um destino super popular entre os brasileiros, eu decidi escrever esse post pra juntar várias informações importantes porque eu acho que pode ajudar na hora de organizar a sua viagem.

Pra quem tá querendo uma ajuda pra planejar o roteiro, eu recomendo ler o meu primeiro post sobre a Tailândia, porque lá eu falo sobre os lugares que visitei em 18 dias de viagem e também disponibilizo pra download a minha planilha de gastos. CLIQUE AQUI pra ler!

QUAL A MELHOR ÉPOCA PRA IR PRA TAILÂNDIA?

A Tailândia tem um clima tropical que pode ser dividido em duas estações: o período seco e o período de chuvas. Você pode visitar o país durante quase todo o ano, mas o período de chuvas pode acabar com os teus dias de praia e pele morena!

O país pode ser dividido em 3 áreas diferentes e cada uma delas tem suas respectivas épocas secas e de chuvas. Dessa forma, para encontrar a melhor época pra visitar a Tailândia, é importante entender suas regiões pra saber se encaixa com teu planejamento de viagem.

  1. Bangkok, centro e o norte da Tailândia 

O clima de Bangkok até o norte, em Chiang Mai e Chiang Rai, assemelha-se ao dos demais países continentais do Sudeste Asiático, com a estação seca ocorrendo de Novembro até o fim de Abril.

A melhor época pra viajar pra Tailândia, de uma forma geral, é durante os meses de Novembro e Abril, que é quando nenhuma chuva é esperada, mas há grandes variações de temperatura. Novembro e Dezembro tem temperaturas mais amenas e a partir de Janeiro as temperaturas sobem tanto que podem chegar aos 40ºC.

Em Maio chegam as monções e começa a estação de chuva na Tailândia. No início, as pancadas de chuva podem durar algumas horas, diminuem de intensidade entre os meses de Junho e Julho e atingem seu máximo em Agosto e Setembro e podem chegar até meados de Outubro (durante esses três meses, vale você repensar sua ida ao país).

  1. As praias do Mar de Andaman (Ko Phi Phi, Krabi, Phuket, Ko Lanta)

As praias mais famosas da Tailândia estão na costa oeste e são banhadas pelo Mar de Andaman. As estações dessa área 2 são bem parecidas com as da área 1 (Bangkok e norte da Tailândia), mas por lá o clima é muito mais afetado/prejudicado pelas monções.

Dessa forma, a melhor época pra visitar esta região da Tailândia também é entre os meses de Novembro e Abril. Sendo que de Novembro a Janeiro as temperaturas estarão mais amenas que Março em diante (muito quente).

  1. As praias do Golfo da Tailândia (Ko Tao, Ko Phan Ngan, Ko Samui)

Essas praias da costa leste não são tão famosas quanto às praias da costa oeste, mas posso dizer que são tão lindas quanto! As praias da costa leste são banhadas pelo Golfo da Tailândia e são afetadas pelas monções depois que o período de chuvas na outra costa encerra.

Na costa leste o período de monções começa em Agosto/Setembro e chega o auge em Outubro e Novembro, chovendo bastante até meados de Dezembro. Sendo assim, a melhor época para visitar o Golfo da Tailândia vai do finalzinho de Dezembro até Maio, mas Junho e Julho ainda são boas opções.

 

PRECISO DE VISTO PRA IR PRA TAILÂNDIA?

Brasileiros não precisam de visto para fazer turismo na Tailândia. Você tem até 90 dias pra permanecer no país sem visto (quando você chega no aeroporto eles te concedem um carimbo que é o seu visto temporário). Fique atento na data de expiração do seu visto, porque se sair do país depois do prazo, terá que pagar uma multa.

 

QUAL A MOEDA DA TAILÂNDIA E COMO DEVO LEVAR MEU DINHEIRO?

A moeda usada na Tailândia é o THAI BAHT, mas recomenda-se levar DÓLAR pra ter mais poder de barganha e facilidade na hora de fazer o câmbio.

DICA: Quanto maior e mais nova a nota do dólar melhor aceita ela é! Notas rasuradas, rasgadas ou antigas não são aceitas com facilidade ou nem consideradas.

DICA 2: Nem tente levar o Real porque ele não será aceito em nenhuma casa de câmbio.

DICA 3: Se você mora na Europa, pode levar o euro ou a libra que é fácil trocar e o câmbio geralmente é bom.

Onde trocar dinheiro na Tailândia

QUE VACINAS DEVO TOMAR PRA VIAJAR PRA TAILÂNDIA?

A vacina contra Febre-Amarela é obrigatória, por lei, para entrar na Tailândia (você inclusive passa por um Health Control antes de entrar no país).

Se você já tomou essa vacina nos últimos 10 anos, ela ainda é válida e você só precisa ir a um posto de saúde que emita o Certificado Internacional. Se não, você deve se informar dos horários do seu posto de saúde, tomar a vacina na hora e pedir o Certificado Internacional (verifique se o posto que você está indo emite o certificado.

Se você quiser saber mais sobre outros tipos de vacinas recomendadas para viajar pra Tailâdia, CLIQUE AQUI. Lembrando que a única vacina OBRIGATÓRIA é a de Febre-Amarela, as outras vacinas são recomendadas, mas não obrigatórias pra sua entrada no país.

A vacina da Febre-Amarela precisa ser tomada com pelo menos 10 dias de antecedência da sua viagem e você precisa ter o Certificado Internacional pra viajar!

 

FIQUE PELO MENOS 15 DIAS NA TAILÂNDIA

Vá para Tailândia por pelo menos 15 dias. Menos do que isso você não vai aproveitar toda cultura e beleza dos lugares e vai ficar muito corrido ( na minha opinião 😉). Os lugares principais que eu colocaria no roteiro são:

– Bangkok;

– Chiang Mai;

– Koh Phi Phi;

– Railay Beach;

– Koh Tao

Óbvio que existem muitos outros lugares incríveis para serem visitados na Tailândia, mas em 15 dias de viagem os principais lugares a serem explorados são esses listados acima.

Roteiro de 20 dias na Tailândia

TOMADA NA TAILÂNDIA

As tomadas da Tailândia são parecidas com as do Brasil (aquelas que tem dois furinhos um do lado do outro ou dois pauzinhos um do lado do outro – a maioria encaixa os dois tipos numa mesma tomada). A voltagem padrão é de 220V.

DICA MALANDRA: leve benjamins e, se der, leve também uma extensão pequena pra casos de emergência. Eu sempre levo (em todas as minhas viagens) dois benjamins pra garantir e sempre foi suficiente. Mas, em Koh Phi Phi me deparei com algo engraçado e atormentador: o quarto tinha APENAS uma tomada, ou seja, precisávamos ligar a geladeira, carregar os celulares e a câmera numa mesma tomada que ficava do lado da porta. A sorte é que uma amiga estava indo embora e doou a extensão dela pra gente e aí resolveu nossos problemas.

 

TUDO É BARGANHADO NA TAILÂNDIA

Se você quiser comprar qualquer coisa ou fechar qualquer passeio na Tailândia, saiba que os preços que eles cobram podem ser sempre negociados. Tudo é barganhado na Tailândia! Depois de muita negociação é possível conseguir um valor bem menor do que o valor cobrado de início.

Nunca aceite o valor inicial de cara, pechinche o máximo que puder e com a maior boa vontade e paciência do mundo, porque a negociação e a barganha são coisas culturais dos tailandeses e eles dão valor a isso.

 

PRECISO CONTRATAR SEGURO SAÚDE PRA VIAJAR PRA TAILÂNDIA?

Essa sem dúvida alguma é uma das coisas que mais me perguntam sobre o tema viagens. Isso porque quase todo mundo acha que é desperdício de dinheiro pagar por uma coisa que muito provavelmente você não vai usar, afinal, todo mundo acha que é cuidadoso durante as viagens.

Fazer seguro viagem é trabalhar com possibilidades. Se acontecer algo durante a viagem e eu não tiver seguro vou conseguir arcar com as despesas? Ou é melhor eu me precaver pagando um valor relativamente baixo (se comparado a tudo que o seguro cobre) que vai me dar mais segurança de estar coberta pra qualquer imprevisto, desde perda de bagagem, roubos e acidentes.

Eu tive que usar o meu seguro saúde duas vezes quando morei na Tailândia por 3 meses e dei Graças a Deus por ter contratado um seguro saúde.

Preciso fazer seguro viagem pra viajar?

ROUPAS X TEMPLOS

A Tailândia é repleta de templos por todos os lados e todas as pessoas são muito bem-vindas para visitá-los e contemplá-los por dentro e por fora. No entanto, é muito importante se vestir adequadamente (tanto as mulheres quanto os homens) nesses lugares sagrados. Mas, especialmente as mulheres, precisam ter o cuidado de cobrir os joelhos e os ombros – não pode ter decote ou blusa de alcinha, porque os tailandeses dão muito valor à tradição e ao respeito à cultura budista, então, respeite também e se vista de forma adequada.

 

COMIDAS APIMENTADAS

As comidas geralmente são apimentadas, e mesmo que você peça sem pimenta vai vir apimentado! O paladar deles é diferente do nosso e o que é sem pimenta pra gente, pra eles significa menos pimenta do que o de costume, mas não significa que deixam de colocar um pouquinho “pra dar gosto/sabor” na comida.

Ahh! Baixe seu nível de expectativa em relação a higiene dos lugares, os restaurantes mais baratos são pé sujo mesmo e você precisa aceitar isso!

 

GORJETAS

As gorjetas não são obrigatórias, mas são muito bem-vindas! Não existe um valor oficial como TEM QUE dar 10% pro garçom (não vem isso na conta), mas é de bom grado deixar uns trocadinhos pelo serviço e eles geralmente ficam muito felizes e super gratos.

 

PAPEL HIGIÊNICO E BANHEIROS

Não se joga papel higiênico no vaso, sempre na lixeira (pra não entupir o vaso)!

Ahhh! É bom sempre levar na sua bolsa um rolo de papel higiênico (ou lencinhos) porque muitos banheiros de restaurante e de estrada não tem!

 

OS TAILANDESES NÃO FALAM INGLÊS DIREITO, MAS SE VIRAM BEM

Os tailandeses não falam inglês muito bem, mas são ótimos comunicadores (a mímica rola solta)! Não importa que língua você fale, eles sempre dão um jeito de te entender e de se fazer entender! São pouquíssimas as pessoas que conseguem fazer mais de 5 minutos de conversação em inglês. A maioria aqui fala palavras soltas que ajudam um pouquinho na comunicação! Então, no final das contas tanto faz se você fala inglês fluente ou nada de inglês, a comunicação será praticamente a mesma com os tailandeses.

DICA MALANDRA: Se você tiver internet no seu celular, uma boa dica é negociar pelo Google tradutor do inglês pro tailandês (geralmente a tradução fica melhor) ou se você não falar inglês, traduz do português pro tailandês mesmo e sempre com muita educação (eles dão muito valor a isso e geralmente são bem educados) negocie e deixe claro o que você quer!

É possível viajar sem falar inglês?

TALHERES
Os tailandeses usam garfo e colher. Eles não tem o costume de usar faca (claro que pra uma comida ou outra a faca é necessária), mas quase não se vê faca quando você vai nos restaurantes tradicionais tailandeses.

 

ÁGUA NA TAILÂNDIA

É extremamente recomendado que você beba água apenas de garrafas fechadas e evite até mesmo escovar os dentes com a água da torneira. É muito importante também evitar colocar gelo nas suas bebidas, principalmente em Bangkok onde o gelo tende a não ser de água filtrada.

Mark sempre escovava os dentes com água mineral de garrafa, eu fiz isso no primeiro dia e no segundo dia obviamente já tinha esquecido. Escovei meus dentes normalmente com a água da torneira e não tive nenhum problema, mas a água de beber e o gelo eu recomendo você ter bastante cuidado.

 

ALUGAR MOTO NA TAILÂNDIA

Alugar moto na Tailândia é mais fácil do que comprar pad thai não apimentado (rsrsrsrs)! Uma das coisas mais fáceis e não burocráticas de se fazer na Tailândia é alugar moto. Qualquer pessoa pode alugar uma scooter sem nunca nem ter dirigido antes na vida. Você não precisa apresentar carteira de motorista de carro e muito menos carteira de motorista de moto. Por isso, é tão fácil se aventurar na Tailândia de moto, mas também é muito comum ver muitos turistas ralados ou cheio de ataduras por causa dos acidentes de moto.

Como alugar moto na Tailândia?

PASSEIOS NA TAILÂNDIA

Os passeios são as coisas mais caras de uma viagem pela Tailândia! Comida é bem barato (média de R$ 7,00 por prato); transporte é barato, principalmente se você comprar com antecedência; hospedagem é barato (média de R$ 15,00 numa cama em quarto coletivo – os hostels das ilhas são mais caros), mas os passeios são bem caros e alguns você precisa reservar com antecedência pra não correr o risco de estarem lotados.

– Maya Bay Sleep Aboard (você tem que reservar com antecedência pra garantir lugar no passeio. O pagamento é feito pelo site e você paga o valor total: THB 3.500,00. Se as vagas pelo site tiverem esgotado, ainda tem a opção de tentar comprar na hora, pode ser que você dê sorte e ainda tenha lugar – eles reservam algumas vagas pra pessoas que queiram comprar na hora)

Veja o que eu achei sobre esse passeio do Maya Bay Sleep Aboard.

– Elephant Jungle Sanctuary (você tem que reservar com antecedência pra garantir lugar no passeio. Você paga uma parte do valor através do Paypal pra garantir sua reserva. O passeio de metade de um dia foi THB 1.700,00 por pessoa e pagamos THB 700,00 cada pela reserva).

Eu fiz um post completo da minha experiência no Elephant Jungle Sanctuary.

E se fotos não são suficientes pra mostrar a grandiosidade dessas criaturas, CLIQUE AQUI e assista o vídeo mais fofo que você respeita.

 

MASSAGEM É SUPER BARATO

As massagens tailandesas são super famosas no mundo todo e as pessoas acham que é um tipo de massagem relaxante, mas na verdade a massagem tailandesa não tem nada de relaxante! Eles vão tirar todos os nós do seu corpo o que significa que vai doer durante a massagem, mas depois você se sente muito mais leve.

Os tailandeses também fazem outros tipos de massagem como a massagem com óleo que é super relaxante e faz você quase dormir e babar.

Tem vários tipos de massagem: pés, rosto, cabeça, ombro, corpo todo, etc…

Os preços variam de 180,00 Baht a 400,00 Baht (entre R$ 15 e R$ 40,00). Os lugares mais baratos pra fazer massagem são: Chiang Mai e Bangkok.

 

É PROIBIDO O USO DE DROGAS NA TAILÂNDIA

A tolerância dos tailandeses é zero em relação às drogas. Se algum policial te pegar fumando maconha ou portando algum outro tipo de droga você vai ter problemas gravíssimos com o governo tailandês.

 

A TAILÂNDIA É SEGURA?

Pra ser bem sincera eu acho a Tailândia um país muito seguro e nunca vi nada de perigoso. Passeamos por toda Bangkok à noite, com câmeras e celulares e não tivemos qualquer tipo de problema ou sentimos que estávamos em perigo.

Nunca vi nenhuma cena que me deixasse com medo como alguém portando arma ou carregando uma faca pra assaltar. Também nunca vi nenhuma cena de agressão ou qualquer coisa do tipo.

A única coisa que aconteceu com um amigo meu foi um furto numa festa na praia em Koh Phi Phi. Estávamos muito bêbados e um amigo deixou a carteira na areia e ficamos dançando e quando voltamos a carteira já não estava mais lá. Alguém viu uma oportunidade ali naquela carteira e pegou sem a gente nem ver.

 

CONSIGO USAR WIFI DE BOA NA TAILÂNDIA?

Consegue sim! Por incrível que pareça, a Tailândia é um país super conectado! 80% dos restaurantes oferecem wifi gratuito, 90% dos hostels/hotéis oferecem wifi bom, rápido e gratuito e algumas lojas também oferecem wifi gratuito pra quem consome nelas. De um modo geral o wifi é bem difundido no país (pelo menos nas principais cidades) e a conexão geralmente é boa.

Internet na Tailândia: Qual chip comprar? Tem wifi nos lugares?

RELIGIÃO DA TAILÂNDIA

A principal religião da Tailândia é o budismo e por isso é muito importante respeitar os templos, as imagens de Buddha, os rituais e a cultura tailandesa. É uma religião muito bonita, que eles levam os ensinamentos como filosofia de vida.

 

TRANSPORTES NA TAILÂNDIA

Uber ou Grab (Uber tailandês): São sempre as opções mais baratas e você consegue selecionar a opção pra pagar com dinheiro pra não ter que usar o cartão de crédito no exterior.

Táxis: São uma mão na roda pra emergências e os taxistas sempre tentam fechar o preço da corrida antes pra não usar o taxímetro (na verdade é muito difícil ver eles usando o taxímetro em qualquer ocasião). Eu usei táxi algumas vezes e não tive qualquer problema, sempre conseguia negociar o preço que eu queria pagar.

Bicicleta: Algumas cidades como Chiang Mai oferecem o esquema de aluguel público de bicicleta. Basicamente são como aquelas bicicletas do Itaú no Brasil, sabe? Você coloca crédito e pode retirar a bicicleta em vários pontos da cidade e devolvê-la em diferentes pontos também. É uma opção barata e prática.

Transporte público: Confesso que não usei nenhum transporte público da Tailândia, mas eu tenho amigos que usaram e curtiram, mas disseram que é um pouco confuso e demora bastante, mas em compensação é super barato.

Tuk-Tuk: É o transporte oficial dos turistas, né? Todo mundo quer andar num tuk-tuk pra falar que andou. E realmente é muito divertido e bem diferente, mas é o meio de transporte mais caro de se locomover na Tailândia, justamente porque é feito pra turista. Então, os motoristas de tuk-tuk metem a mão e cobram preços muito caros e você pode até pedir desconto, mas ainda sim será mais caro que ir de Uber por exemplo.

DICA MALANDRA: Escolha um caminho curto de um ponto turístico a outro que você possa fazer de tuk-tuk só pra ter a experiência mesmo. Depois escolha outro transporte pra se locomover pela cidade.

Ferry: Você consegue comprar seus tickets na hora (tente chegar com, pelo menos, 1 hora de antecedência pra evitar imprevistos, principalmente na alta temporada). Mas, se quiser comprar com antecedência também dá (acho que na hora é um pouquinho mais barato).

http://www.phuketferry.com/

https://www.ferrysamui.com/

 

Espero que esse post tenha sido útil pra você e se você conhece alguém que tá montando um roteiro pela Tailândia pra viajar, compartilhe esse post, quem sabe não ajuda, né?

Ahhh! Me segue lá no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar minhas aventuras em tempo real.

Beijos e até a próxima

Mary

 

Gostou das dicas do blog?

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso e recomendo:

– Hospedagem: Booking.com, Airbnb
– Seguro Viagem (5% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA5): Seguros Promo
– Aluguel de carro: Rentcars
– Passeios no Atacama e Salar de Uyuni (10% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA10):
Entre em contato com a @fuigosteitrips pelo e-mail: trips@fuigosteicontei.com.br

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar minhas aventuras!