5 trilhas imperdíveis na Ilha da Madeira

0

 

Se você curte natureza, paisagens sensacionais e uma boa caminhada, a Ilha da Madeira é o lugar certo pra você curtir suas férias!

Eu tive o prazer de fazer um intercâmbio de 10 meses nessa ilha maravilhosa, o que me proporcionou experiências de contato com a natureza indescritíveis, fotos lindas e pernas mais grossas de tanto andar por essas trilhas (zoa! Minhas perninhas continuam duas varetinhas… infelizmente!).

A verdade é que a Ilha da Madeira é muito famosa por suas levadas e trilhas que têm níveis variados de dificuldade, mas todas com muita sinalização e belezas naturais!

Fiz dezenas de trilhas e levadas ao longo desses 10 meses morando na Ilha, mas separei as cinco trilhas que me tiraram o fôlego de tão incríveis que são.

Existe um site MUITO BOM E COMPLETO sobre todas as trilhas e levadas da Ilha da Madeira: http://www.walkmeguide.com/en/madeira/trails-list/30

5 trilhas imperdíveis na Ilha da Madeira

“A verdade é que a Ilha da Madeira é muito famosa por suas levadas e trilhas que têm níveis variados de dificuldade, mas todas com muita sinalização e belezas naturais!”

 

1. Pico Ruivo

Pico Ruivo (o ponto mais alto da ilha) fica localizado no conselho de Santana e é a terceira montanha mais alta de Portugal. A vista lá de cima é simplesmente inacreditável! São mais ou menos 5.6 km (só a ida) de caminhada com grau de dificuldade elevado, já que tem subidas muito íngremes. Então, prepare-se para as 3 ou 4 horas de trilha que você terá pela frente até o topo, mas uma coisa é certa… chegar ao pico da ilha e ver a imensidão que é aquilo lá vai valer cada bolha que você vai fazer no seu pé!

Eu fiz a excursão com a galera da faculdade. O motorista nos deixou no Radar Nº4 do Pico do Areeiro e nós fomos andando por 3 horas até o Pico Ruivo (a galera tinha um pique bem rápido pro meu sedentarismo rsrsrsrs). Na volta, o motorista nos pegou na Achada do Teixeira ( são 2.8 km pro outro lado e tem o nível de dificuldade razoável/fácil), então andamos mais 1h:30 minutos até chegarmos exaustos no ônibus.

Você pode fechar excursões como a minha (começar no Pico do Areeiro e finalizar na Achada do Teixeira | TOTAL: 8.4 km) ou começar e finalizar pela Achada do Teixeira (TOTAL: 5.6 km) ou começar e finalizar pelo Pico do Areeiro (TOTAL: 11.2 km).

Acho que valeu muito a pena os 8.4 km que fizemos porque você vê paisagens sensacionais começando pelo Pico do Areeiro! Juro! Você não vai se decepcionar! Você pode alugar um carro (depende do trajeto que escolher, né?) ou fechar excursões por conta própria se tiver um grupo ou com agências se tiver em menor quantidade! Não existe transporte público pra essa trilha.

O QUE LEVAR: Filtro solar, um casaco (durante a manhã é bem frio), bastante água, snacks e use um tênis confortável! Se você for adepto àquelas bengalinhas de trekking, acho que vale a pena!

5 trilhas imperdíveis na Ilha da Madeira
A trilha do Pico Ruivo foi BEM cansativa e algumas pessoas até pensaram em desistir no meio do caminho, mas desaceleramos um pouco, bebemos muita água e conseguimos chegar até o topo da trilha.

 

2. Cais do Sardinha ou Vereda da Ponta de São Lourenço

Cais do Sardinha (minha preferida) fica localizada na Vereda de São Lourenço e o grau de dificuldade dessa trilha é moderado/fácil! São mais ou menos 4 km (só ida) de caminhada, sem muitas subidas íngremes (como o Pico Ruivo) e paisagens deslumbrantes! A trilha dura em média 3 horas e se você der sorte do mar estar calmo, ainda rola um mergulho no meio do caminho.

Também fiz essa trilha pela faculdade. Fomos de ônibus até a Ponta de São Lourenço e fizemos todo percurso andando tranquilamente, tirando fotos e curtindo o visu que era MARAVILHOSOOOO! Nessa trilha a ida e a volta se dão pelo mesmo caminho!

Você pode contratar excursões com agência, fechar vans ou táxi se estiver em grupo ou pegar o busão 113 show de bola que sai do Funchal (prepare-se para voltas intermináveis – é uma ilha vulcânica, cheguei a falar isso antes?! rsrsrsrsrs)!

O QUE LEVAR: Filtro solar, um casaquinho leve (just in case, porque venta um pouco), bastante água, snacks e use um tênis confortável! Se você for adepto àquelas bengalinhas de trekking, acho que vale a pena!

A trilha do Cais do Sardinha é a minha preferida! A imensidão do Oceano Atlântico vista desse ângulo é simplesmente incrível!

 

3. Caldeirão Verde

A trilha do Caldeirão Verde inicia no Parque Florestal das Queimadas (vale um café da manhã reforçado antes de começar, inclusive esse parque é ótimo para piqueniques). São em média 6.5 km (só ida) de caminhada moderada que duram mais ou menos 5 horas (tô pensando no meu ritmo de sedentária). Essa levada é dentro da floresta e desemboca numa grande cachoeira que é conhecida como Caldeirão Verde! Dependendo do tempo (se não tiver muito frio), vale dar um mergulho pra renovar as energias!

Tá! Eu também fiz essa levada pela faculdade (eeee novidade! rsrsrsrs). Fomos de ônibus até Queimadas e fizemos a ida e a volta pelo mesmo caminho! Você pode contratar excursões com agência, fechar vans ou táxi se estiver em grupo ou usar o transporte público que sai do Funchal: ônibus 56, 103 ou 138.

O QUE LEVAR: Filtro solar, um casaco (como é trilha de mata fechada, fica um pouco frio), bastante água, snacks e use um tênis confortável! Se você for adepto àquelas bengalinhas de trekking, acho que vale a pena (cuidado na parte da cachoeira, escorrega bastante. Você não vai querer enfiar seu pé com tênis e tudo pra depois andar 5 horas com ele molhado… como a inteligente aqui fez!).

5 trilhas imperdíveis na Ilha da Madeira
A trilha do Caldeirão Verde é pra quem ama floresta e cachoeiras. A trilha passa por várias mini cachoeiras e segue em mata fechada até chegar no Caldeirão Verde que é onde tem uma cachoeira com uma queda d’água enorme e o “poço” tem a cor esverdiada.

 

4. Ponta do Pargo

Confissão de uma viajante sedentária (sem condicionamento físico at all): eu não fiz a levada da Ponta do Pargo! :/

Juntamos uma galera que queria conhecer a Ilha, a maioria estudante, e alugamos um ônibus por conta própria (sem ter nada a ver com a faculdade.. aeeeee). Nossa missão era parar na maior quantidade de pontos turísticos que conseguíssemos.

Então, o motorista deu uma parada no farol da Ponta do Pargo e caminhamos mais ou menos por uns 20 minutinhos até a extremidade da Ilha pra ter uma visão panorâmica SENSACIONAL! Tiramos várias fotos, zuamos, comemos snacks e voltamos pro ônibus rumo ao próximo ponto turístico!

A galera que eu conheci que fez a levada completa da Ponta do Pargo curtiu bastante! É uma caminhada dentro da mata que vai seguindo o caminho da água. A trilha tem 8 km e começa na Ponta do Pargo e termina na Lombada Velha. O nível de dificuldade é moderado e dura em média 3 ou 4 horas!

Você pode contratar uma excursão, pegar um táxi ou economizar seu suado dinheiro e pegar o busão 80 ou 142 (informe-se dos horários e lugares que partem essas graças).

O QUE LEVAR: Filtro solar, um casaco (como é trilha é dentro da mata, fica um pouco frio), bastante água, snacks e use um tênis confortável! Se você for adepto àquelas bengalinhas de trekking, acho que vale a pena!

5. Vereda dos Balcões

Essa foi a primeira levada que eu fiz quando cheguei na Ilha da Madeira (ownnn saudadinha). Juntamos os 7 brasileiros que tinham na Ilha, uns portugueses e lá fomos nós explorar nosso novo território!

A levada dos Balcões é super tranquila e o nível de dificuldade é bem fácil. São apenas 1.5 km (só a ida) de caminhada praticamente linear com duração de 1 horinha! A trilha começa e termina pelo mesmo lugar: Ribeiro Frio

Você pode fechar uma excursão, contratar um táxi, mas não faça isso! Pegue um ônibus que não tem erro! Peça ao motorista do ônibus 56, 103 ou 138 pra te avisar quando chegar no local de início da Levada dos Balcões!

O QUE LEVAR: Filtro solar, um casaquinho fino (just in case), bastante água, snacks e use um tênis confortável! Se você for adepto àquelas bengalinhas de trekking, acho que vale a pena!

Espero que tenham curtido as dicas das trilhas da Ilha da Madeira e que tenham disposição pra fazer todas elas! rs 

Qualquer dúvida me manda um e-mail, tá?

Ahhh! Não esquece de me seguir no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas viagens.

 

Veja aqui outro post sobre a Ilha da Madeira:

6 Lugares que você precisa visitar na Ilha da Madeira!

 

 

Gostou das dicas do blog?

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso e recomendo:

– Worldpackers ($10 dólares OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRAWP): Worldpackers
– Hospedagem: Booking.com, Airbnb
– Seguro Viagem (5% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA5): Seguros Promo
– Chip de Internet (10% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA10): Chip de Internet Yes Brasil
– Aluguel de carro: Rentcars
– Consultoria de viagens comigo: vidamochileira@gmail.com
– Passeios no Atacama, Salar de Uyuni e Santiago (10% OFF VIDAMOCHILEIRA10): @fuigosteitrips

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar minhas aventuras!