PROJETOS SOCIAIS QUE APOIAMOS

Desde muito nova, eu sempre me envolvi em projetos sociais que buscam o desenvolvimento de crianças e jovens.

Eu tenho total consciência dos meus privilégios e da abundância de oportunidades na minha vida. Por isso, eu ajudo, mensalmente, alguns projetos que me tocaram ao longo dessa minha vida de viajante.

São projetos sérios, comprometidos e transparentes com os processos de ajuda à crianças, jovens e famílias que, infelizmente, foram marginalizados pelo governo e pela própria sociedade.

 

Projetos Sociais

ONDA SOLIDÁRIA

A Onda Solidária trabalha com crianças e adolescentes usando esporte, ecocidadania e fortalecimento de lideranças para promover transformação social. Atua no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, onde está construindo um ecocentro social para realizar atividades de formação, geração de renda, empreendedorismo e mobilização comunitária.

Eu conheci a Onda Solidária em 2015, quando conheci o Ricardo Calçado – fundador da ONG – e fiquei fascinada pela forma como ele toca a vida de milhares de pessoas praticando a generosidade. O que mais me encanta na Onda é a solidariedade compartilhada que resulta no desenvolvimento social de crianças e adolescentes através do esporte.

Desde então venho contribuindo como eu posso: Ajuda audiovisual, redes sociais, divulgação e doação mensal.

Te convido a conhecer mais sobre a Onda Solidária e os seus projetos ligados a esporte e sustentabilidade para, quem sabe, você fazer parte dessa onda do bem junto com a gente.

www.ondasolidaria.org/
ondasolidaria@ondasolidaria.org
Instagram: @ondasolidariaorg

 

Projetos Sociais

REFÚGIO 343

O Refúgio 343 é uma organização humanitária que resgata famílias venezuelanas refugiadas no Brasil, através do processo de interiorização. A interiorização é uma estratégia de deslocamento planejado para outros estados brasileiros. Nossa missão é promover a reinserção socioeconômica dessas famílias no território nacional.

Eles trabalham em parceria com as principais organizações envolvidas na resposta a esta crise humanitária na Venezuela, entre elas a Fraternidade Sem Fronteiras, Forças Armadas Brasileiras, OIM, ACNUR, AVSI, entre outras.

Eu conheci o Refúgio 343 em maio de 2020, quando uma amiga me apresentou a difícil realidade dos refugiados venezuelanos e falou das atitudes que o Refúgio estava tomando em relação à essas famílias.

Essa causa me tocou porque viajar é a minha vida. Eu amo viajar e sempre crio memórias lindas. Assumimos que viajar é sempre positivo porque temos a opção de escolher fazer essas viagens ou não. Mas, já parou pra pensar que o ato de viajar não é prazeroso pra todo mundo?

Para as pessoas refugiadas, viajar significa deixar pra trás suas histórias, suas vidas e as pessoas que amam. Significa continuar seguindo sem um destino certo, sem uma cama pra dormir e, principalmente, sem a possibilidade de voltar pra casa. Elas não têm escolha.

Desde então venho contribuindo como eu posso: Divulgação e doação mensal.

Te convido a conhecer mais sobre o Refúgio 343 para entender melhor sobre a pior crise humanitária do mundo que está acontecendo do lado do Brasil. Você pode ajudar de várias formas, confira no site.

www.refugio343.org/
info@refugio343.org
Instagram: @refugio343_