8 dicas de como conseguir emprego rápido no exterior

0
639

 

Oiiii gente!!!

Como vocês sabem, eu moro há dois anos na Inglaterra e passei pelo maior medo que todo mundo passa quando vai morar em outro país: Conseguir emprego rápido.

Quando você sai do conforto do seu lar no seu país, da sua rotina cômoda e muda tudo que era conhecido pra você, as coisas começam a ficar mais intensas porque você tá em outro país por própria sua conta. Você tem que achar um emprego que vai te sustentar e pagar as suas contas, porque você não vai ter papai e mamãe pra te ajudar não!

Então, aqui vão as minhas dicas pra você conseguir emprego rápido no exterior, seja fazendo um intercâmbio de estudo e trabalho ou seja indo tentar a vida fora mesmo.

Todas essas dicas são coisas que eu fiz quando procurei emprego aqui na Inglaterra, mas você pode usá-las em qualquer lugar do mundo.

Se você quiser ver essas dicas um pouco mais explicadas, assiste o vídeo que a gente fez contando um pouquinho mais do processo das entrevistas de emprego no exterior.

Também recomendo assistir esse vídeo: Carreira no Brasil X Subemprego no exterior.

 

1- Faça um currículo simples e objetivo [em inglês]

É muito importante que seu currículo seja o mais objetivo possível, de preferência em tópicos e sem foto (ninguém usa foto no currículo).

Meu currículo, por exemplo, segue essa ordem:

CONTACTS

– Telefone | E-mail

* Algumas pessos colocam endereço, mas fica a seu critério. 

* Você pode colocar sua idade se quiser, mas não é requisito. 

EXPERIENCES 

São todas as suas experiências de trabalho

– Nome da empresa | Seu cargo na empresa | Período que trabalhou na empresa

(coloque sempre as empresas na ordem da mais recente para a mais antiga)

– Responsabilidades e funções na empresa (descreva de forma sucinta em tópicos)

QUALIFICATIONS

São todas as suas formações: ensino médio, faculdade, pós-graduação, doutorado…

– Ano que se formou | Curso que fez | Nome da instituição | local (cidade ou país)

COURSES & INTERNSHIPS 

Qualquer curso e intercâmbio que tenha feito ou qualquer atividade extracurricular

– Ano que se formou | Curso que fez | Nome da instituição | local (cidade ou país)

SKILLS 

– Softwares: Quais programas você domina?

– Languages: Quais línguas você domina? Qual seu nível de proficiência em cada uma delas?

ABOUT

Fale um pouco de você e dos seus objetivos, sempre tentando conectar com os objetivos das empresas que você está procurando emprego.

2- Faça uma carta de apresentação diferenciada

Tente sempre personalizar ao máximo cada carta de apresentação que você entrega. O comum é fazer uma carta de apresentação diferente e única pra cada empresa e vaga que você se candidata.

Na carta de apresentação é importante falar um pouco de você, apresentar seus objetivos e metas e um pouco sobre suas experiências de trabalho que se conectam com a vaga que você tem interesse.

DICA: Entre na descrição da vaga que você que se candidatar e pegue as palavras chaves e inclua na sua carta de apresentação e tente sempre conectar as suas experiências anteriores com a descrição da vaga que você está interessado.

Exemplo: Se na descrição da vaga diz que eles procuram pessoas proativas e que gostam de trabalhar em equipe, você pega essas características e inclui na sua carta de apresentação juntamente com uma experiência de trabalho que prova isso.

 

3- Seja proativo e flexível

Quando você for entregar o seu currículo e a sua carta de apresentação na empresa que você vai procurar emprego, tente mostrar que você é muito flexível e que você não tem problemas com horários. Mesmo que você tenha algum problema de horário futuramente, quando você for procurar emprego é importante mostrar que você é a pessoa mais flexível e proativa do mundo.

Mostra que você realmente quer aquele emprego e que você não tem mimimi.

 

4- Inscreva o seu currículo em sites de busca de emprego online

Existem dezenas de sites que você pode inscrever o seu currículo. Alguns são internacionais e outros específicos para cada país, mas o importante é você cadastrar o seu currículo no máximo de sites possíveis e ficar de olho nas vagas que forem surgindo.

Exemplos de sites de busca de emprego:

– Linkedin

– Gumtree

– Totaljobs

Outra dica muito importante é você inscrever o seu currículo na aba “Trabalhe Conosco” dos sites das empresas que você tem interesse em trabalhar. Isso funciona bastante.

DICA QUENTE: Imprima o seu currículo e a sua carta de apresentação coloque num envelope e vá de porta em porta de empresa em empresa procurando emprego. Isso não é vergonha, todo mundo faz isso e funciona muito! Todos os empregos que eu consegui aqui na Inglaterra foi batendo de porta em porta!

5- Invista nas áreas de hotelaria e restaurante

Se você acabou de chegar num país e tá com o dinheiro contado ou com pouco emprego ou vai fazer um intercâmbio por um curto período de tempo, invista seu tempo procurando empregos nas áreas de hotelaria e restaurante.

São áreas que estão sempre contratando e tem sempre vagas abertas. Pensem em empregos como:

– Garçom/garçonete;

– Bartender;

– Chef de cozinha;

– Camareira

 

6- Faça networking

Conecte-se com as pessoas ao seu redor. Se você tá fazendo curso de inglês, pós-graduação ou faculdade… Qualquer coisa que você esteja fazendo naquele país, você vai conhecer pessoas. Seja amigo dessas pessoas e pergunte se elas sabem de alguma vaga de emprego. Não fique com vergonha, perguntar não mata ninguém!

 

7- Não tenha preconceito ou preguiça

Aceite os desafios e entenda que não existe subemprego! Existe emprego que paga as suas contas. Então, vamos parar de pensar que nem brasileiros (hahahaha) e esquecer esse termo “subemprego” porque isso não existe. Existe emprego!

Todo emprego é emprego, seja como garçonete ou com o dono da empresa, os dois são empregos, os dois pagam as suas contas e os dois vão pagar as suas viagens. Então, vamos parar de preconceito.

Se você realmente quer achar um emprego no exterior, aceite os desafios, você vai limpar chão, você vai limpar privada e você vai conseguir o dinheiro que você precisa pra pagar as suas contas e pra fazer todas as suas viagens.

 

8- Dê o seu melhor no trial shift

Eu não sei se todos os países fazem esse trial shift, mas aqui na Inglaterra é muito comum. É como se fosse uma entrevista prática, que vem depois da entrevista tradicional de análise de currículo. O trila shift são 3 horas de entrevista prática na função que você vai exercer se você for contratado.

Nessas 3 horas você tem que dar o seu sangue (não literalmente hahaha). Prova que você aprende rápido, que você tá interessado em aprender cada vez mais, faça perguntas e seja a pessoa mais proativa do mundo!

DICA: Se você não fala nada de inglês ou fala muito pouco, não se preocupe com isso. O que importa nesse trial shift é a sua vontade de aprender e ajudar o estabelecimento. Quando eu fiz o meu primeiro trial shift aqui na Inglaterra eu não falava nada, mas fui contratada pela minha disposição em aprender, enquanto um inglês que tentou a mesma vaga não passou porque era preguiçoso.

PERGUNTAS FREQUENTES NAS ENTREVISTAS DE EMPREGO NO EXTERIOR:

1- Tell me something about yourself;

2- What do you know about the company?

3- What did you do before?

4- Why did you leave your previous job?

5- What is your strength?

6- What is your weakness? (Não vale falar perfeccionismo)

7- How many hours would you like to work? Would you like to work part time or full time? (Se você está planejando estudar, por lei, você tem que trabalhar part time)

8- What is your goal in the future?

9- Do you have any questions? (É sempre bom fazer, pelo menos, uma pergunta legal no final da entrevista pra mostrar que você tá interessado na vaga)

 

Bom gente, é isso!

No final das contas, não importa de que país você é, qual sua religião, seu sexo, sua raça, se você tem experiências anteriores ou se seu inglês é perfeito ou básico.

O que realmente importa é a sua atitude. Sua habilidade e disposição para aprender coisas diferentes todos os dias. Abra a sua mente, pense positivo e sorria sempre(isso é muito importante em qualquer entrevista, mesmo que você esteja nervoso e tremendo que nem uma vara, sorria o máximo que puder).

>>>>>

Espero que esse post ajude você a conseguir muitos empregos pelo mundo a fora.

Qualquer dúvida ou se precisar de ajuda com qualquer coisa e tô super disponível no Instagram (@vidamochileira) ou por email (contato@vidamochileira.com.br).

Beijinhos e até a próxima dica!