Roteiro de 7 dias no Rio de Janeiro [Parte II]

mochilão 1
Bolívia – Chile – Peru em 23 dias (Abril/2016) por $1.300,00 dólares
13 de junho de 2016
capa gastos
Quanto levar para um mochilão de 23 dias pela Bolívia-Chile-Peru [Cap. 1.1]
23 de junho de 2016
 
Conhecendo o Rio de Janeiro em uma semana [Parte II]
[Você pode ler esse relato ao som de Descobridor dos Sete Mares]


Falaaa aeee galera!

Continuando a lista do que visitar no Rio em uma semana, separei mais alguns lugares que não podem faltar no seu roteiro.

Se você não leu a PARTE I dessa lista, corre lá e anota na sua agenda!

Vamos à lista!
 
1. Pão de Açúcar
Um dos cartões postais mais famosos da Cidade Maravilhosa.

Vale super a pena subir o Pão de Açúcar perto do horário do por do sol, porque foi uma das coisas mais incríveis que eu já vi! Sério! A parada é surreal de linda! E lá de cima você vê as praias de Botafogo, Flamengo e Urca e aviões indo e vindo para do Aeroporto Santos Dumont.

Você pode subir o Pão de Açúcar de bondinho: R$ 76,00 a inteira e R$ 38,00 a meia (ida e volta nos dois morros) ou através da trilha que te levará só até o primeiro morro e caso decida subir andando e descer de bondinho você paga R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia.

Tem vários points de comida e bebida que você pode fazer lanches maravilhosos, mas com precinhos um tanto quanto salgados.

O Pão de Açúcar pode ser visitado das 8:00 às 19:50

Acesse o site para maiores informações: http://www.bondinho.com.br/precos-e-horarios/

Leia aqui o artigo sobre as trilhas imperdíveis do Rio

 
2. Cristo Redentor
Outro cartão postal super famoso da Cidade Maravilhosa.

O Cristo foi considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno e é super conhecido por ser o símbolo da Cidade Maravilhosa. Alguns cariocas dizem que o Cristo tá de braços abertos porque está abençoando toda a cidade (digamos que a Zona Sul da cidade, né?)

Você pode subir no Cristo Redentor de trenzinho ou de Van R$ 30,00 e precisa pagar uma entrada de R$ 26,00 (valor único – baixa temporada).

Subindo de trenzinho você tem o passeio tradicional do Cristo, contato direto com a natureza e paga R$ 56,00 que já inclui o trenzinho de ida e volta e a entrada ao Cristo.

Você pode ver os locais de venda e os valores do ingresso no site: https://cristoredentoroficial.com.br/ingressos

Subindo de van você tem a vantagem de fazer uma parada de 30 minutos no Mirante Dona Marta e fazer altas fotos com o Pão de Açúcar ao fundo. O valor da van é R$ 30,00 (ida e volta) e você paga mais R$ 26,00 pela entrada ao Cristo. O valor total nos dois casos acaba sendo o mesmo, né?

Pra você pegar um ônibus que te deixe na entrada do trenzinho do Corcovado, você pode pegar qualquer busão que passe com destino ao Cosme Velho ou Corcovado, dã! rs

Pra pegar a van, você precisa pegar qualquer busão com sentido Cosme Velho! Pra quem não sabe, a maioria dos ônibus que vão pro Cosme Velho passam no Largo do Machado, então pra quem vai de metrô, a boa é saltar na estação do Largo do Machado e pegar um desses busões por lá!

Uma lista de ônibus que passam no Cosme Velho: Trocal 7, Troncal 8, 180, 584, 422, 569, 570, 583, 405, 497, 498, SP498. Aí agora é contigo! Vê qual ônibus passa perto da sua casa ou perto da onde você vai fazer baldeação!

Chegando lá me cima no Cristo você pode ficar o tempo que quiser, curtindo o Wifi de graça super potente que tem lá logo abaixo dos braços do Cristo, fazer um lanchinho num Restaurante afastado da muvucada – um pouco mais abaixo - com uma paisagem maravilhosa e preços nem tão salgados assim. Eu e Mark comemos um Egg burguer e pagamos R$ 13,00 cada.

Prepare-se para deitar no chão pra tirar fotos dos seus amigos, família e namorado (a) sem pegar 5678 pessoas atrás deles. Leve um pau de selfie, funciona super bem pra esse tipo de ângulo que essa foto exclusiva com o Cristo requer. Ah! Prepare-se pra encontrar 5769 turistas lá, mesmo em baixa temporada numa segunda-feira. Respira fundo e curte o visu do Rio lá de cima!

O Cristo pode ser visitado das 8:00 às 19:00

 
3. Mirante Dona Marta
O Mirante Dona Marta fica bem próximo à entrada do Cristo e de lá você tem um puta visual e consegue ver o Cristo, o Pão de Açúcar e o Aterro do Flamengo de um ângulo maravilhoso!

A melhor forma de visitar esse mirante é de carro ou com a van do Corcovado. Até dá pra ir de ônibus, mas vai ser uma missão chata pra caraca! Porque você vai pegar um ônibus (507 ou 007 com direção a Silvestre) em Santa Teresa, descer no ponto final e ir subindo 1,8km (uns 40 minutos).

Mas, tudo vale pra gente conhecer o Rio de vários ângulos diferentes, né?

 
4. Vista Chinesa
A Vista Chinesa fica localizada no bairro do Alto da Boa Vista dentro da Floresta da Tijuca e foi construída em 1903! Esse monumento, que é uma homenagem aos imigrantes chineses que vieram pro Rio cultivar chá, é uma réplica das estruturas chinesas originais e está posicionado num lugar super arborizado com uma vista linda pra Zona Sul do Rio.

Dica: O nascer do sol na Vista Chinesa é sensacional. Cara! São várias cores se misturando no céu, o sol nascendo logo ali atrás das montanhas e o dia se confundindo com a noite! É uma parada surreal, sem sacanagem! Façam isso um dia na vida! Vale a pena.

 
5. Pedra do Telégrafo
A trilha da Pedra do Telégrafo fica localizada em Barra de Guaratiba e ficou famosa pelas fotos em perspectiva com as praias selvagens de Guaratiba ao fundo. A trilha é de fácil dificuldade e bem marcada (fique de olho nas marcações de uma pegada feita nas cores amarelo e preto), apesar de ser mais longa que a da Pedra Bonita.

A média de subida do pessoal é de 45 minutos (+ 45 minutos pra descer), podendo chegar a 1h15 por causa das paradas pra descanso. O acesso a essa trilha é fácil pra quem vai de carro e mais chatinho pra quem vai de transporte público.

Leia aqui o artigo sobre as trilhas imperdíveis do Rio

Você pode ir bem cedo e curtir um solzinho nas praias do Meio e Perigoso e depois subir a trilha da Pedra do Telégrafo.

 
6. Pedra Bonita
A trilha da Pedra Bonita fica localizada em São Conrado e te dá um visual sensacional da praia da Barra de um lado e da praia de São Conrado do outro. Essa trilha começa na entrada do estacionamento da galera que faz voo livre de asa delta e parapente.

Leia aqui o artigo sobre as trilhas imperdíveis do Rio

A trilha da Pedra Bonita é de fácil dificuldade e você faz todo trajeto numa média de 30 minutos (+ 30 minutos pra descer), podendo ser em até 1 hora pra galera que vai no auge do sol e vai parando pra tomar água ou em 20 minutos pro pessoal que vai de madrugada pra ver o sol nascer.

 
7. Morro Dois Irmãos
A trilha do Dois Irmãos é sensacional e você vai curtir muitoooo! Ela fica localizada dentro da comunidade do Vidigal e te dá um panorama das praias da Zona Sul (Ipanema, Copacabana, Arpoador) e da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Leia aqui o artigo sobre as trilhas imperdíveis do Rio

A trilha dura em média uns 45/50 minutos (+ 45 minutos), mas como tem muita parte escorregadia (mesmo quando não chove) tem uma galera que faz em até 1h20. Eu diria que ela tem um nível de dificuldade elevado por causa das partes escorregadias, mas a trilha não apresenta nenhum perigo eminente.

 
8. Feira de São Cristóvão
A Feira de São Cristóvão fica localizada dentro de um grande pavilhão no bairro de São Cristóvão. É um local que traz todas as tradições nordestinas pra pertinho dos cariocas. Genteeee! O que é você comer uma carne de sol com aipim na Feira de São Cristóvão ao som dos repentistas ou da sanfona?

Tem várias comidas, bebidas, artesanatos, folclore e muita música tudo bem fiel aos costumes nordestinos!

Outra coisa que bomba na Feira de São Cristóvão são os karaokês! Marca um happy hour com os amigos num barzinho como o Bar da Cantoria e se acabem de tanto rir! É muito bom soltar a voz e comer uns petisquinhos nordestinos entre uma música e outra.

Mais informações no site: http://www.feiradesaocristovao.org.br/

 
9. Confeitaria Colombo do Centro
A Confeitaria Colombo do centro do Rio fica localizada na Rua Gonçalves Dias, 32 (bem próximo ao metrô da Carioca). Essa confeitaria super requintada foi fundada em 1894 e já foi frequentada por muitos presidentes, ministros e pessoas importantes da história da cidade.

Conhecida pelo seu famoso café colonial, a Colombo é disputada nos horários da manhã e da tarde, porque as pessoas fazem fila para comer um delicioso café da manhã super bem servido que varia entre R$ 35,00 a R$ 50,00.

A Colombo abriu há algum tempo espaço para casamentos e eventos de pequeno porte, já que ela não é muito grande.

No começo da tarde, eles oferecem Buffet para o almoço, mas você precisa correr pra conseguir lugar, porque o número de pessoas é limitado.

A Confeitaria Colombo fica aberta das 9:00 às 19:30.

Mais informações no site: http://www.confeitariacolombo.com.br/

 
10. Praça Mauá
A Praça Mauá foi revitalizada para as Olimpíadas e agora se tornou um grande parque no meio do turbulento Centro da Cidade. Lá você encontra skastistas, pessoas lendo livros nos banquinhos, uma vista incrível pra ponte RIO NITERÓI, o Museu do Amanhã, o Museu de Arte do Rio (MAR) e, é claro, o famoso letreiro da CIDADE OLÍMPICA.

 
11. Museu do Amanhã
O Museu do Amanhã fica localizado na Praça Mauá e foi inaugurado em 2015. Sua proposta é ser um museu de artes e ciências e mostrar pra galera de forma interativa e inovadora os perigos das mudanças climáticas e das responsabilidades de cada um no cuidado com o meio ambiente.

A exposição principal que é apelidada de “O Amanhã” mostra exatamente o percurso que a humanidade vem fazendo desde os tempos mais primórdios até os dias de hoje, mostrando através de painéis tecnológicos quais são as consequências das nossas atitudes no passado e quais serão elas pro nosso futuro.

Além da exposição principal, o museu ainda conta com exposições itinerantes como a de agora sobre a história de Santos Dumont.

Você pode ver mais detalhes sobre o museu e sobre os ingressos no site: http://www.museudoamanha.org.br/pt-br

• O Museu do Amanhã está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, com encerramento da bilheteria às 17h;
• O horário de fechamento das filas está sujeito a alteração diariamente, sem aviso prévio;
• O café e a loja do Museu funcionam de terça a domingo, das 10h às 18h;
• O Museu e suas dependências estão fechados às segundas-feiras;
• O valor da entrada é de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Às terças, a entrada é gratuita.
Bilhete Único dos Museus (Museu do Amanhã + MAR): R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia)

 
12. Cinelândia
A Cinelândia nada mais é do que uma grande praça (nem é muito bonita não) que é rodeada de vários prédios importantes: Biblioteca Nacional, Câmara Municipal (Palácio Pedro Ernesto), antigo Supremo Tribunal Federal, Palácio Monroe e o Theatro Municipal.

 
13. Lapa
A Lapa é super famosa pelos seus arcos brancos que formam um aqueduto e, é claro, pelas suas festas, barzinhos e encontros ecléticos de todo tipo de gente.

A boa da Lapa é curtir um barzinho com os amigos e os melhores dias pra happy hour são de quinta a sábado. Quarta-feira também bomba, dependendo do jogo que vai passar na TV.

Além dos tradicionais Arcos da Lapa (um dos cartões postais do Rio), a Lapa ainda conta com a Escadaria Selarón pra alegria dos turistas.

A Escadaria foi toda pensada e construída pelo artista chileno Jorge Selarón que no começo era zoado pelos vizinhos por causa da combinação de cores da escada, mas pra azar dos vizinhos a escadaria fez mó sucesso e ele se tornou super famoso pela obra.

A Escadaria Selarón caiu na boca do povo e foi matéria de muitas revistas, jornais e serviu até de cenário para os clipes do U2 e Snoop Dogg. Ahhhh moleque! Deu na cara da sociedade, né?

 
14. Catedral
A Catedral do Rio é uma das catedrais mais diferentonas que eu conheço! Ela fica localizada no bairro da Lapa e tem uma arquitetura toda moderna em formato de cone. A Catedral é bem grande e suporta até 20.000 pessoas juntinhas lá dentro. Eu curto muito os vitrais coloridos da Catedral, porque ela em si eu acho muito escura, então os vitrais dão vida e um brilho diferente à Catedral.

A Catedral fica aberta das 7:00 às 17:00.

 
15. Santa Teresa
Santa Teresa é um dos bairros nobres do Rio, que abriga diversos artistas plásticos, músicos, cantores e atores. Vira e mexe tem o “Santa de Portas Abertas”, que é um evento cultural irado onde vários artistas abrem seus portões pra receber o público e mostrar seus trabalhos.

Além disso, Santa Teresa é conhecida pelos seus diversos barzinhos e pelo seu bondinho amarelo que é gratuito e saí ali perto do Largo da Carioca atrás do prédio da Petrobrás. Os bondinhos saem de 30 em 30 minutos.

Falando em barzinho, se você for à Santa Teresa, você precisa passar no bar do Mineiro e comer uma feijoada maravilhosa! Peça de entrada uns pastéis sortidos ou os pastéis de feijão que são dos deuses, sem sacanagem! Só comam!

Ah! Tem também o Parque das Ruínas em Santa Teresa que fica na primeira parada do bondinho no Largo do Curvelo e você precisa atravessa a rua e seguir direto até o final e virar à esquerda, se tiver dúvida sai perguntando que todo mundo conhece o Parque das Ruínas por lá. O parque é bem como o nome diz, um prédio semi acabado, mas acho que foi meio proposital, porque não é um semi acabado feio, é um semi acabado maravilhoso! E lá de cima você pode curtir um puta visual também!

O Parque das ruínas fica aberto das 8:00 às 20:00

 
Espero que tenham curtido a listinha de lugares pra conhecer no Rio! Se você ainda não fez um desses passeios, marca logo na sua agenda um dia pra explorar um pouco mais a Cidade Maravilhosa! Qualquer dúvida me manda um e-mail tá?

Maryana Teles
Maryana Teles
Carioca, publicitária e apaixonada (digamos que, talvez, viciada) por viagens de estilo low cost. 25 países na bagagem e muitas histórias, micos, dicas e inspirações pra quem também vive (ou quer viver) uma VIDA MOCHILEIRA!

Os comentários estão encerrados.