PORTO – Roteiro completo

Untitled-1
14 sites para pesquisar passagens aéreas baratas
7 de agosto de 2017
emprego
8 dicas de como conseguir emprego rápido no exterior
11 de agosto de 2017
 
Falaaaa galera!

O Porto é a minha cidade favorita em Portugal, talvez tenha alguma coisa a ver com o fato de que minha família é de lá ou pelo fato dos tripeiros (como são chamados os portugueses que nascem e crescem no Porto) serem um povo muito receptivo e caloroso.

É bem verdade que existe uma competição bem grande entre Lisboa e o Porto em termos de economia e turismo. Cada cidade se diz melhor do que a outra. É tipo aquela famosa briguinha entre cariocas e paulistas, sabe? Mas, é bem verdade também que cada cidade tem suas características e peculiaridades, seus prós e contras. Na minha opinião, cada cidade é única e tem seu diferencial.

Como vocês sabem, eu fiz uma viagem sozinha de 10 dias pelo Porto e anotei algumas curiosidades e os principais pontos turísticos da cidade que vocês não podem deixar de visitar!

SOBRE O PORTO
Porto é a segunda maior cidade de Portugal e fica localizada no norte do país, a mais ou menos 4/5 horas de carro da capital Lisboa (ou 3 horinhas de trem). O Porto foi novamente eleito o melhor destino europeu, ficando na frente de cidades clichês como Paris, Roma, Viena e Madrid.

Já é a terceira vez que o Porto é declarado como o melhor destino europeu (2012, 2014 e 2017) e não é pra menos, a cidade tem crescido absurdamente nos últimos anos e o Governo tem ajudado nesse crescimento com políticas favoráveis a investidores estrangeiros que querem abrir negócios no país.

O Porto tem crescido não somente na área do turismo, mas também na área de hospedagem, com novos hostels e hotéis surgindo sem parar; na área de alimentação, com novos restaurantes abrindo a cada mês e é claro, na área de vinhos e bebidas!

O Porto é muito famoso pela alta qualidade dos seus vinhos e não é pra menos, o país abriga milhares e milhares de vinhedos com pessoas especializadas na arte da fabricação de vinho que é geralmente passada de geração em geração pelas famílias tradicionais.

Os vinhos do Porto são altamente analisados e os fabricantes tem toda a preocupação de catalogar todo o processo feito e toda safra usada para cada garrafa, ou seja, se você comprar um vinho original do Porto e ligar para a fábrica e passar o código da sua garrafa eles conseguem te dizer exatamente a safra de uvas que foi colhida, o tempo que foi fermentado e tudo que envolve a fabricação de um vinho!

Além disso, o Porto fabrica uma das melhores cortiças do mundo que consequentemente gera as melhores rolhas de vinho do mundo. Países como a França e USA importam a cortiça portuguesa para usar nos seus vinhos e bebidas.

A cidade do Porto é bem boêmia e animada, principalmente no verão. Tem muitas coisas pra visitar, desde igrejas e museus até praias e jardins!

Ahhhh! O Porto é uma excelente cidade pra fazer de base pra fazer uns bate-voltas (de trem ou de carro) e conhecer outras cidades ao redor como: Braga, Gerês, Aveiro, Ilhas Cíes (Espanha), Guimarães, Coimbra, entre outras.

MELHOR ÉPOCA PRA IR?
Não tem melhor época pra visitar o Porto! Seja no inverno, verão, outono ou primavera você vai se encantar com o charme dessa cidade!

O verão e primavera têm suas vantagens: as pessoas estão mais animadas por causa do sol e do calor e consequentemente são mais felizes e mais prestativas (acredite ou não isso acontece com muita frequência na Europa), fora que viajar no verão tem a grande vantagem do horário de verão e os dias mais longos que podem durar até às 21:00, tendo um lindo pôr do sol quase às 22:00!

No entanto, os preços das coisas sobrem muito no verão porque é alta temporada, então um carro que você alugaria por 15,00 euros no início de Junho, você vai alugar por 30,00/40,00 no final de Julho que é o auge do verão.

O inverno e o outono também têm suas vantagens: os preços das coisas são bem mais em conta, a cidade fica com um ar sofisticado e bem europeu, com todo mundo usando aqueles casacões e gorros. E pra quem gosta de vinho, não cai nada mal um vinhozinho no frio, né?

No entanto, é um período mais chuvoso e o frio é bem intenso, principalmente pra quem é brasileiro. Então, prepare-se pra pegar temperaturas bem amenas e congelar um pouquinho!

Seu eu tiver que sugerir uma época pra você visitar o Porto, eu diria o verão! Muito por opinião e gosto próprios! Eu odeio frio e odeio chuva. Odeio visitar lugares com guarda-chuva ou deixar de fazer coisas porque tá chovendo. Prefiro passar um calor do inferno e suar que nem uma condenada, do que passar frio, mas essa é uma opinião minha! Se você quiser fazer uma viagem mais em conta, vá no outono ou inverno definitivamente, porque os preços mudam muito da baixa pra alta temporada!

fundo parallax

"O Porto é uma excelente cidade pra fazer de base pra fazer uns bate-voltas (de trem ou de carro) e conhecer outras cidades ao redor como: Braga, Gerês, Aveiro, Ilhas Cíes (Espanha), Guimarães, Coimbra, entre outras."

 
O QUE FAZER NO PORTO?
Abaixo, eu listei os principais pontos turísticos da cidade que você não pode deixar de visitar, mas no site da Câmara do Porto tem muitas informações legais que você pode usar pra montar o seu roteiro também: http://www.cm-porto.pt/

Outro site bem legal é o http://www.visitporto.travel/

• FREE WALKING TOUR
Como o próprio nome já diz é um passeio gratuito com guia onde você caminha por alguns pontos turísticos da cidade do Porto e também por lugares não tão conhecidos. Eu fiz o Free Walking Tour com a empresa Porto Walkers e amei! Nosso guia foi o Viriato e ele deu literalmente uma aula de cultura e história portuguesa. Falou até mesmo da colonização brasileira e do impacto que isso teve pra Portugal.

Caraaaa! Eu recomendo que todos façam esse Free Walking Tour (pelo menos o da parte da manhã) porque além de conhecer mais sobre as curiosidades do Porto, você ainda acaba fazendo vários amigos (eu fiz cinco amigos durante esse walking tour e eles acabaram passando o resto dos dias da viagem viajando comigo pelas cidades vizinhas do Porto).

- Classical Free Walking Tour (10:45 – em frente à Praça da Liberdade)

Programação: Estação de trem de São Bento, Santa Catarina, Batalha, Ponte Luis I, Sé, Barredo, Ribeira.

- Porto Lifestyle Free Waling Tour (15:30 - em frente à Praça da Liberdade)

Programação: Galerias de Paris, Livraria Lello, Fonte dos leões, Igrejas do Carmo e das Carmelitas, Piolho, Jardim Cordoaria, Palácio da Justiça, Cadeia da Relação, Miradouro da Vitória, Virtudes, Miragaia, Praça do Infante.

Eu fiz os dois walking tours e amei os dois, algumas coisas acabam se repetindo, mas se você tiver tempo sobrando no seu roteiro, tente fazer esses walking tours porque eu achei que super valeu a pena. Eles duram em torno de 2 horas (podendo ser mais extenso dependendo do guia).

Ahhh! O Walking Tour é gratuito, mas subentende-se que eles fazem isso pela gorjeta do final. Então, é super de bom tom você dar pelo menos 5,00 euros pra ajudar no trabalho desses guias que simplesmente arrasam no quesito cultura e história portuguesa.

>>> É importante reservar seu horário no site. Não é obrigatório, mas é bom garantir. Eu tinha agendado o meu pra um terça-feira e acabei aparecendo na segunda e eles super deixaram eu participar do grupo. Faça seu reserva aqui: https://www.portowalkers.pt/

• TORRE E IGREJA DOS CLÉRIGOS
Parada obrigatória pra quem visita o Porto porque é um dos cartões postais mais famosos da cidade. Tanto a torre quando a igreja são de inspiração barroca e marcaram a configuração moderna da cidade.

A torre tem mais de 75 metros de altura, mas vale a pena subir os 225 degraus pra chegar no topo da torre e ver a cidade lá de cima num ângulo de 360° graus.

HORÁRIOS: 9:00 às 19:00 (tendo exceções em algumas épocas que fica aberta até às 23:00)

TICKETS
Igreja dos Clérigos: GRATUITA

Bilhete Diurno da Torre (9:00 às 19:00)

Torre + Museu dos Clérigos: 4,00 euros

* gratuito para crianças até aos 10 anos (inclusive)

Visita guiada ao Museu dos Clérigos + Igreja + Torre: 6,00 euros

Bilhete Noturno da Torre (19:00 às 23:00)

Torre: 5,00 euros

* bilhete sujeito aos horários regulares noturnos (brevemente) * gratuito para crianças até aos 10 anos (inclusive) * visita livre à Torre

Pacotes

Bilhete Palácio da Bolsa + Torre dos Clérigos + Museu da Misericórdia do Porto: 12,50 euros

Bilhete Episcopal + Torre dos Clérigos + Sé: 11,00 euros

* Porto Card: 50% desconto (desconto aplicado ao bilhete diurno "Torre + Museu dos Clérigos")

• LIVRARIA LELLO
A livraria Lello é parada obrigatória para os fãs de Harry Potter! Com uma arquitetura singular e toda trabalhada nos detalhes, foi nessa livraria que a J.K Rowling teve suas primeiras ideias pra saga Harry Potter, não é pra menos que as escadas do livro e do filme, foram inspiradas nas escadas da livraria Lello.

J.K Rowling foi casada com um português e morou por muitos anos no Porto, onde teve muitas inspirações baseadas nas tradições da cidade. Mas, a livraria é muito mais que um lugar pros fãs de Harry Potter, ela é um centro de cultura e arte para os amantes de arquitetura e história.

Antigamente a livraria era um local de estudo e pesquisa para os moradores do Porto, hoje se tornou um lugar de visita turística. A fila pra entrar na Lello pode chegar ao final do quarteirão facilmente. Por isso, é melhor reservar seu ticket com antecedência pela internet: http://onlinevouchers.livrarialello.pt/

TICKET: 4,00 euros

* Se você comprar algum livro lá dentro, o valor do ingresso é descontado na hora do pagamento.

• JARDINS DO PALÁCIO DE CRISTAL
Vale a pena visitar esses jardins se você tiver procurando paz, tranquilidade e contato com a natureza. O Palácio de Cristal fica no alto da cidade o que garante uma vista privilegiada do Rio Douro e das famosas casinhas de telhado marrom do Porto. Os jardins são bem grandes e você vai precisar de pelo menos 30 minutos (ou mais) pra rodar tudo aquilo.

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS:
Inverno (01 Out./30 Mar.): 8:00 às 19:00

Verão (01 Abr./30 Set.): 8:00 às 21:00

• PALÁCIO DA BOLSA
O Palácio da Bolsa é sede da Associação Comercial do Porto e tem uma arquitetura clássica maravilhosa. Hoje o prédio serve para os mais diversos eventos culturais, sociais e políticos do Porto.

Não é um programa muito famoso, mas se você curte cultura, arquitetura e história, vale a pena explorar esse lugar que é cheio de salões trabalhados em detalhes e muito ouro.

* A visita ao Palácio só é feita com guia.

TICKET: 8,50 euros

HORÁRIO DE VERÃO (abril - outubro)
09h00 - 18h30 (segunda a domingo)

HORÁRIO DE INVERNO (novembro - março)
09h00 - 12h30
14h00 - 17h30 (segunda a domingo)

"Porto é a segunda maior cidade de Portugal e fica localizada no norte do país, a mais ou menos 4/5 horas de carro da capital Lisboa (ou 3 horinhas de trem).

O Porto foi novamente eleito como o melhor destino europeu, ficando na frente das cidades clichês como Paris, Roma, Viena e Madrid."
 
• IGREJA MONUMENTO DE SÃO FRANCISCO
Localizada bem no centro da cidade do Porto, essa igreja com estilo gótico foi construída no século XIV como parte de um convento Franciscano. Vale a pena conferir a fachada que é linda e também o interior que é bem pomposo (cheio de ouro) como a maioria das igrejas portuguesas.

TICKET: 4,50 euros

HORÁRIOS:
Novembro a Fevereiro- 9:00 às 18:00

Março, Abril e Outubro – 9:00 às 19:00

Maio e Junho – 9:00 19:30

Julho, Agosto e Setembro – 9:00 às 20:00

• SÉ
É a “catedral” do Porto. Um dos cartões postais da cidade e um dos monumentos mais antigos do país. Sua construção se iniciou no século XII e durou até o século XIII. O exterior dessa igreja é lindo, mas o interior é sensacional! Eu sou suspeita pra falar porque amo visitar igrejas e prestar atenção nos detalhes da arquitetura.

* Curiosidade: Existem algumas igrejas que dão um carimbo no “passaporte peregrino” das pessoas que fazem o Caminho de Santiago,. A Sé é uma dessas igrejas!

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS: 09:00 às 19:00

• PRAÇA ALIADOS OU PRAÇA DA LIBERDADE
Basicamente é o centro do Porto e a rua principal da cidade. Perto dessa praça você encontra o Mc Donald’s mais velho da cidade, que acreditem ou não é um dos únicos Mc Donald’s do mundo que mantém a arquitetura clássica e tradicional do local sem mudar nada.

* Curiosidade: Vale a pena visitar esse Mc Donald’s que fica localizado dentro do Café Imperial.

Menos de 5 minutos andando você chega num dos pontos turísticos mais badalados do Porto: A Estação de Trem São Bento, com seus azulejos maravilhosos.

TICKET: GRATUITO

• PONTE LUÍS I
A famosa ponte que todos atravessam andando da Ribeira até Gaia (ou vice versa). É a ponte ícone da cidade e, sem dúvida alguma, um dos pontos turísticos que você não pode deixar de visitar e tirar muitas fotos.

Tenha cuidado na hora de atravessar de um município ao outro, pois a ponte é para pedestres, carros e trens elétricos.

DICA: Atravesse a ponte da Ribeira até Gaia (pela parte superior) para contemplar um lindo pôr do sol se pondo atrás das casinhas da Ribeira.

* Curiosidade: As crianças e os jovens do Porto tem uma tradição de pular da parte inferior da ponte para agradar os turistas e ganhar um dinheirinho com a “exibição”.

De uns anos pra cá, alguns turistas tem pulado também, mas é preciso ter muito cuidado. Eu e meus amigos pulamos, mas perguntamos pra dois portugueses onde era o melhor lugar pra pular e se a maré estava em boas condições.

Da parte inferior ao Rio Douro são mais ou menos 14 metros de altura e é preciso pular com as pernas e braços fechados e ter certeza da onde está pulando, pois em alguns pontos tem pedras. E é muito importante se atentar à correnteza, porque além de pular, você precisar nadar um bocado até chegar em terra firma de novo!

Conclusão: É divertido e envolve muita adrenalina (foi foda pular!), mas é perigoso e não recomendo que saia pulando sem conversar com os moradores antes. Ah!!! E não sei se é proibido ou não, tá? hahahahahahaha

TICKET: GRATUITO

• CAVES DE VINHO DO PORTO (GAIA)
Quando você atravessa da Ribeira até Gaia (pela parte inferior da Ponte Luís I) você se depara com as caves de Vinho do Porto, que nada mais são do que as famosas fábricas de vinho. São mais de 15 caves que você pode visitar e fazer tours para conhecer um pouco mais sobre o processo de fabricação dos vinhos e ainda fazer degustação!

TICKET: Entre 10,00 e 20,00 euros (tour e degustação) | Cada cave aplica um valor.

HORÁRIOS: 10:00 às 17:00 (algumas vão até às 18:00)

A empresa do Free Walking Tour também organiza tours pelas caves de vinho. Eu não cheguei a fazer (odeio vinho), mas um cara que eu conheci no Walking Tour fez e curtiu! Clica aqui no link e dá uma conferida: https://www.portowalkers.pt/eat-drink/

• MERCADO DO BOLHÃO
Ali perto da Avenida dos Aliados está localizado um dos mercados mais emblemáticos e típicos do Porto: O Mercado do Bolhão, que desde 1914 vende carne, peixe, frutas, flores e muito mais.

O mercado tem vários andares e tem lojas e barraquinhas pra tudo quanto é lado. Esse prédio é um dos prédios mais clássicos da cidade e está recheado da cultura e essência dos tripeiros (pessoas que nascem e crescem no Porto).

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS:
De segunda à sexta: 08:00 às 17:00

Sábados: 07:00 às 13:00

• MOSTEIRO DA SERRA DO PILAR
O Mosteiro da Serra do Pilar nada mais é do que um mosteiro que também deu espaço a um museu. Nós visitamos o interior do mosteiro e pra ser bem sincera não vi graça nenhuma na visita.

A graça do Mosteiro da Serra do Pilar está justamente fora do mosteiro, que é o pátio onde as pessoas podem subir de a pé ou de carro pra contemplar a vista da Ribeira, do Rio Douro e da Ponte Luís I.

Pra ficar apenas no pátio você não paga nada, mas se quiser visitar o Mosteiro tem que pagar 4,00 euros.

TICKET: 4,00 euros (mosteiro e claustros) | GRATUITO (pátio)

HORÁRIOS: 10:00 às 17:30 (mosteiro) | Pátio fica aberto até tarde (não sei nem se fecha)

DICA: É um ótimo lugar pra ver o pôr do sol também!

 
• MATOSINHOS
Esse município é famoso pelas praias e aulas de surf. Além disso, possui uma orla que é sensacional pra quem curte andar de bicicleta ou correr.

VALOR DA AULA DE SURF: 15,00 euros (2 horas de aula + lycra + prancha)

Sou carioca, mas a primeira vez na vida que eu subi em cima de uma prancha de surf foi em Matosinhos. Fiz uma aula pra iniciantes e foi bem divertido, apesar de mega cansativo porque eu mais caia do que ficava em pé! Hahahahaha

O nome da escolinha de surf era Flower Power Surf e esse é o site: http://www.flowerpowersurfschool.com/

A água das praias de Matosinhos é bem gelada e, dependendo da época, chega a ser congelante, mas os portugueses parecem não se importar, porque quando chega o verão esteja a água fria ou não eles tão na praia tomando banho de mar!

• GAIA
Município vinho à famosa Ribeira, Gaia fica, literalmente, a menos de 5 minutos andando da Ribeira. Você basicamente só precisa atravessa a Ponte Luís I e curtir o melhor que os dois municípios podem te oferecer.

Em Gaia você encontra as famosas Caves de Vinho do Porto e de quebra ainda pode admirar a vista da Ribeira com as famosas casinhas de varanda e telhados marrons.

Foi de Gaia que eu vi um pôr do sol incrível e inesquecível caminhando da Ribeira em direção à Gaia e parando pra contemplar aquele show da natureza ali do “mirante” de Gaia (se você cruzar a ponte pela parte superior, não tem erro).

Ahhhh! Pra quem curte vistas panorâmicas do alto, a dica é fazer o passeio de teleférico que liga o Cais de Gaia à estação Jardim do Morro. O trajeto dura apenas 5 minutos.

Você pode ler mais informações no site do Teleférico: http://www.gaiacablecar.com/

TICKET:
Ida: 6,00 euros

Ida e volta: 9,00 euros

HORÁRIOS:
Horário de Verão (26/04 a 24/09): 10:00 às 20:00

Horário Intermédio (24/03 a 25/04 e 25/09 a 24/10): 10:00 às 19:00

Horário de Inverno (25/10 a 23/03): 10:00 às 18:00

• IGREJA DO CARMO E DAS CARMELITAS
Essas duas igrejas estão posicionadas lado a lado em frente à Universidade do Porto. A Igreja das Carmelitas é a mais antiga (construída no século XVII) e tem um estilo clássico misturado com o estilo barroco, já a Igreja do Carmo foi construída no século XVIII com um estilo rococó.

A construção da Igreja do Carmo deu o que falar na época, pois segundo as regras do Vaticano é proibido que duas igrejas compartilhem a mesma parede. No entanto, a construção da Igreja do Carmo foi permitida, assim que descobriu-se que um mini apartamento foi construído entre as duas igrejas.

E assim, surgiu o segundo menor apartamento da Europa, que fica localizado exatamente entre a Igreja das Carmelitas e a Igreja do Carmo.

Ambas as igrejas possuem fachadas lindas e imponentes e do lado direito da Igreja do Carmo tem uma parede sensacional toda trabalhada nos famosos azulejos portugueses azuis e brancos.

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS:
Segunda a sexta-feira: 8:00 às 12:00 e 14:00 às 17:00

Sábado: 8:00 às 12:00

• RIBEIRA
Essa é a região mais famosa do Porto. É onde está localizada a parte mais boêmia da cidade e uma tentação gastronômica a qualquer um que passa por lá. Com vários restaurantes e cafés a Ribeira é como se fosse o ponto de encontro da arte, cultura, arquitetura, gastronomia e história do Porto.

Às margens do Rio Douro e com vista para a Ponte Luís I, a Ribeira conta com um ar de alegria e animação constantes devido aos vários artistas de rua como músicos, dançarinos e artesãos.

Muita gente senta ali pra conversar, tomar um café da tarde ou não fazer nada. Só ficar vendo os barquinhos e cruzeiros passarem pelo Rio Douro.

TICKET: GRATUITO

DICA: É possível fazer o passeio de barco pelo Rio Douro. Minha prima disse que o passeio mais clássico é o das pontes que dura quase 1 hora e custa em torno de 15,00 a 20,00 euros. Mas, existem outros passeios que você pode passar a noite navegando num cruzeiro e ir até a foz ou navegar até regiões mais distantes.

Dê uma olhada nesses dois sites e escolha o que mais te agrada e se encaixa no seu roteiro:

http://www.douro.com.pt/

http://www.cruzeiros-douro.pt/pt/cruzeiros-1-dia/

• CAFÉ MAJESTIC
É um dos cafés mais tradicionais e clássicos do Porto. Inaugurado em 1921 com o nome Elite, o atual Café Majestic trouxe o glamour e o luxo da cultura parisiense paras a Rua Santa Catarina no Porto. Esse café tem sua decoração baseada na Arte Nova e foi palco de grandes discussões intelectuais e políticas de grandes artistas e escritores portugueses, assim como a famosa J.K Rowling que também freqüentou o café muitas vezes em busca de inspiração para os seus livros.

* Curiosidade: O Café Majestic lembra muito a famosa Confeitaria Colombo do Rio.

TICKET: Apenas pra entrar e ver a decoração do local é de graça, mas se você quiser tomar um cafezinho no famoso Majestic, prepare-se pra morrer num dinheiro!

• CAPELA DAS ALMAS
Essa igreja é muito famosa por ter sua fachada coberta por 15 mil azulejos azuis e brancos (um grande símbolo português por sinal). Os azulejos retratam a vida de diversos santos homenageados como São Francisco de Assis e Santa Catarina. Esse azulejos foram pintados à mão pelo artista Eduardo Leite em 1929 e foram restaurados em 1982. A igreja tem esse nome, pois no seu interior encontra-se sepultada a Nossa Senhora das Almas.

Vale super a pena tirar altas fotos na fachada e conhecer a igreja por dentro.

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS:
Segunda e terça-feira: 7:30 às 13:00 e 15:30 às 19:00

Quarta, quinta e sexta-feira: 7:30 às 19:00

Domingo: 7:30 às 13:00 e 18:00 às 19:00

 
• ESTAÇÃO DE TREM SÃO BENTO
Umas das estações de trem mais emblemáticas e clássicas da cidade. Você não pode visitar o Porto sem incluir a Estação de Trem São Bento no seu roteiro. Em 2011, essa estação foi simplesmente considerada uma das 15 estações de trem mais bonitas do mundo pela revista americana Travel+Leisure.

Com uma fachada linda e imponente inspirada na arquitetura parisiense do século XIX, a estação de São Bento guarda o melhor dentro de si! O interior da estação é coberto por 20 mil azulejos azuis e brancos (olha a novidade das cores! Hahahaha) que cobrem cerca de 551 metros quadrados e retratam vários episódios da história de Portugal. O artista Jorge Colaço levou 11 anos pra pintar todos os azulejos.

A estação foi projetada pelo arquiteto Marquês da Silva e foi inaugurada em 1915 no lugar do antigo Convento de São Bento de Avé-Maria. Essa construção foi uma odisséia (estavam esperando a última freira morrer) e demorou mais de 50 anos pra sair do papel e de fato ser executada.

* Curiosidade: Apesar de terem demorado mais de 50 anos pra construírem a estação São Bento e terem feito e refeito o projeto milhares de vezes, quando a estação de trem finalmente foi inaugurada o famoso arquiteto Marquês da Silva esqueceu de projetar a bilheteria, apenas! hahahahahaha

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: A estação de Porto São Bento tem armário pra guardar as malas e você paga 1,00 euro pra fechar o armário e pra deixar a mala por 1 hora. Se você deixar a mala por mais de 1 hora a cobrança é feita da seguinte forma:

- Segunda hora: + 0,50 euros

- Terceira a sexta hora: + 2,00 euros

- Sétima a décima quarta hora: + 3,00 euros

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS: 5:00 da manhã às 1:40 da madrugada

• PIOLHO
O verdadeiro nome do Café Piolho é Café Âncora D’Ouro, mas é popularmente conhecido como Piolho. E acredite, se você perguntar pra qualquer pessoa do Porto (seja novo ou velho) ela vai saber te indicar a direção. Esse café é um ponto super turístico, mas ao mesmo tempo super freqüentado pelos locais.

Ninguém sabe a razão pela qual todos chamam o café de Piolho, mas existem várias teorias. Uma delas é que pelo fato do café ser o ponto de encontro de muitos alunos e professores da Universidade que se encontravam lá para discutir idéias liberais e modernas e era tanta gente amontoada dentro daquele café que alguém exclamou que aquilo era uma “piolhice”!

Apesar do nome ser um tanto quanto duvidoso, o café/restaurante é bem limpinho e tem preços de pratos feitos super em conta! Pagamos 4,50 euros por um prato de bacalhau super bem servido!

• MIRADOURO DA VITÓRIA OU BATARIA DA VITÓRIA
Desse miradouro você consegue ter uma vista linda do Rio Douro e da Vila Nova de Gaia, sem contar nas famosas casinhas amontoadas de telhado marrom que configuram o cenário da cidade do Porto.

Foi desse miradouro que Dom Pedro e Dom Miguel (irmãos) travaram uma batalha pra ver quem ficaria a comandar Portugal após a volta de Dom Pedro do Brasil. Dom Pedro defendia uma cidade liberal e Dom Miguel uma cidade mais conservadora. Foi do alto desse miradouro que Dom Pedro posicionou as batarias de canhões que bombardearam as tropas de Dom Miguel que estavam do lado de Gaia.

É possível ver uma marca de tiro de canhão (daquela época) na parede atrás de quem ta olhando pro Rio Douro um buraco bem na parte superior esquerda. Sem contar as marcas nas pedras que ainda guardam muitas lembranças dessa batalha.

TICKET: GRATUITO

• CAPELA DO SENHOR DA PEDRA (MIRAMAR)
Essa capela foi construída em 1686 sobre uma pedra na beira do mar. Diz a lenda que a Capela do Senhor da Pedra às vezes pertence ao mar (maré alta) e às vezes pertence às terra maré baixa) e ela funciona como ótimo ponto de referência para os pescadores que estão em alto mar.

Dizem que essa é a única igreja que tem as costas viradas pro mar.

DICA: Um lugar incrível pra contemplar o pôr do sol.

TICKET: GRATUITO

• SERRALVES
É um parque bem legal pra caminhar e curtir a natureza. Esse parque é um marco pra cidade me termos de revolução urbana e transformação do território. Possui jardins e lagos lindos, sem contar com as diferentes exposições que rolam nos salões do prédio.

TICKETS:
Museu (inclui entrada Parque e Casa) – 10,00 euros

Parque – 5,00 euros

HORÁRIOS:
Abril a Setembro- 10:00 às 19:00 (aberto todos os dias)

Outubro a Março- 10:00 às 18:00 (aberto todos os dias com exceção de terça-feira)

• PARQUE DA CIDADE
Esse é o maior parque urbano do país. Com 830.000 metros quadrados (83 hectares) esse é o pulmão verde da cidade do Porto e é onde os tripeiros passam os finais de semana quando não estão na praia. Alguns dizem que é até preferível levar uma canga e passar o dia sentado no ar puro do parque do que passar o dia na praia.

Esse parque possui dezenas de lagos, campos de futebol e espaço pra andar de bicicleta e praticar corridas diárias.

Perto do Parque da Cidade está localizado o Queimódromo, ou seja, o local onde os estudantes universitários queimam as fitas dos cursos.

* Durante à noite o parque pode ser um pouco deserto, então tente evitar caminhar por lá sozinho(a).

TICKET: GRATUITO

HORÁRIOS:
Outubro a Março- 8:00 às 22:00

Abril a Setembro – 8:00 às 00:00

• LUGARES PRA COMER NO PORTO
- Restaurante Taberna Santo Antônio;

- Café Majestic (muito caro – tipo a Cafeteria Colombo do Rio);

- O Rápido;

- Capa Negra (Francesinha maravilhosa);

A Francesinha é a comida mais tradicional do Porto (depois do bacalhau). O prato é composto por pão, bife, presunto (fiambre), linguiça, queijo derretido, molho especial bem apimentado, ovo frito em cima e batata frita do lado.

- Taberninha do Manel;

- Natas (Pastel de Nata maravilhoso);

• LUGARES PRA FAZER COMPRAS NO PORTO
- Outlet Vila do Conde – The Style Outlets Vila do Conde;

- Rua Santa Catarina ;

- Norte Shopping;

• LUGARES PRA FAZER O ESQUENTA ANTES DA BALADA
- Jardins Passeio dos Clérigos;

- Adega;

- Piolho;

- Espaço 77;

• BALADAS DO PORTO
- Galerias de Paris

 
QUANTOS DIAS FICAR NO PORTO?
Vai depender do seu roteiro! Se você quiser fazer bate-voltas pras cidades vizinhas e usar o Porto como base eu recomendo pelo menos uns 8 dias!

É fundamental que você reserve pelo menos 3 ou 4 dias SÓ pra cidade do Porto, pra conseguir fazer a maior parte das atrações turísticas da cidade, incluindo ir nas cages de vinho (como eles chamam as fábricas), igrejas, museus, miradouros, praças, jardins e praias.

Sobre os bate-voltas às cidades vizinhas recomendo que você visite:

- Braga;

- Coimbra;

- Gerês;

- Aveiro;

- Ilhas Cíes (Espanha)

Tem muitas outras cidades lindas ao redor do Porto! Vale a pena pesquisar no Google pra ver se você tem interesse em visitar outras cidades que não estão nessa lista.

Pra cada cidade dessas, recomendo pelo menos um dia inteiro (saindo bem cedinho do hostels e voltando bem tarde). Aveiro é bem pequena e você consegue fazer em metade de um dia, mas se for curtir as praias aí de fato é melhor reservar um dia inteiro sim!

Eu fiquei 10 dias no Porto e fiz todos esses bate-voltas (tirando Coimbra porque foi na época do incêndio que teve lá perto e achei que a cidade estaria em função de ajudar as famílias) e ainda curti bem a cidade do Porto (visitei tudo que eu queria e mais um pouco), mas eu diria que 8 dias são suficientes pra você conhecer os principais pontos turísticos do Porto e ainda conhecer as outras cidades ao redor (vale muito a pena incluir no seu roteiro esses bate-voltas).

>>> 3 dias intensos pro Porto (começando a turistar bem cedo e ficando até bem tarde na rua)

>>> 5 dias intensos pras cidades vizinhas (se você for fazer as 5 cidades que eu listei acima)

GASTOS NO PORTO
ALIMENTAÇÃO

Como eu só comi em restaurantes baratos (é possível achar vários espalhados pela cidade), eu gastei uma média de 15,00 euros por dia em comida (café da manhã + almoço + jantar + bebidas).

O valor mais barato que eu paguei numa refeição foi: 4,50 euros (sem bebida)

O valor mais caro que eu paguei numa refeição foi: 13,00 euros (com suco de laranja)

* Tudo depende de como e quanto você come. Teve um dia que eu comi no Mc Donald’s, teve dia que eu comprei sanduíches no supermercado, teve dia que comi churrasco... Mas, se você quer realmente economizar, é possível sim e não precisa ser comendo em fast food ou no supermercado, existem vários restaurantes que fazem prato feito por 4,00/5,00 euros e vem muito bem servido.

TRANSPORTE

Depende da onde você vai se hospedar no Porto e se você vai visitar as cidades vizinhas.

Eu fiquei hospedada na casa da minha prima que mora em Ermesinde (20 minutos de trem do Porto) e tive que comprar passe de trem todos os dias pra aquela zona. Mas, quem fica hospedado no centro do Porto, não precisa se preocupar em gastar muito com transporte.

O Porto é uma cidade enorme, mas não tão grande que você não possa conhecer os principais pontos turísticos andando. Meus amigos ficaram hospedados perto da Praça da Liberdade e faziam tudo a pé. A única vez que tiveram que pagar um ônibus foi quando fomos surfar em Matosinhos (ônibus 1,80 euros).

- 10 tickets de trem pra Ermesinde: 20,10 euros (só pra vocês terem uma noção do valor mesmo);

- Trem pra Guimarães: 6,80 euros;

- Aluguel de carro pro Gerês (valor dividido por quatro): 13,00 euros pra cada;

- Trem pra Aveiro: 7,40 euros;

- Ônibus pra Matosinhos: 1,80 euros (cada trajeto)

* Fazendo uma média de gastos com transportes e sem considerar o tuk tuk e o moliceiro que eu peguei em Aveiro (porque considero isso como passeios) eu gastei em torno de 51,00 euros pros meus 10 dias no Porto. Óbvio que se você fica hospedado no centro do Porto vai gastar, pelo menos, 20, 00 euros a menos do que eu!

PASSEIOS

Vai depender do que você vai querer fazer e de quanto vai querer gastar. Eu, por exemplo, não gosto de museu, mas amo natureza, você pode ser o meu oposto e, por isso, é meio complicado afirmar quanto você vai gastar com passeios.

Pra você ter uma base de quanto vai precisar levar pra sua viagem, anote os valores dos passeios acima e veja, mais ou menos, quais são os passeios que você quer fazer e quanto eles custam e faça sua própria planilha ou uma breve listinha.

* Importante sempre adicionar ao valor total um valor extra para imprevistos e mudanças de planos.

Exemplo: Digamos que você calculou que vai precisar de 100,00 euros pra fazer todos os passeios que você quer. Adicione uns 50,00 euros a mais nesse valor total (pode ser qualquer valor que você julgue ideal), no caso de você conhecer alguém na viagem e ter a ideia de fazer algo diferente do que você tinha planejado ou caso você mude de ideia e queira fazer aquele outro passeio que não ia fazer antes.

HOSPEDAGEM

Nesse quesito não posso opinar muito porque, como você já sabem, fiquei hospedada na casa da minha primas, mas pra não deixar vocês na mão, perguntei aos meus amigos quais foram os valores das diárias deles.

Um pagou 25,00 euros na diária e o outro pagou 10,00 euros na diária.

Então, considerando o hostel mais barato (que o meu amigo super indicou por sinal – República Prime) o valor total em hospedagem pra dez dias seria em torno de 100,00 euros.

* Óbvio que depende da época que você vai. Fomos em meados de Junho e a alta temporada ainda não tinha começado. Se você for em Julho ou Agosto vai encontrar os preços um pouco mais salgados!

>>> O VALOR TOTAL da minha viagem de 10 dias ao Porto foi de 250,00 euros (sem contar com hospedagem, porque dormi na casa das minhas primas). Nesse valor tá incluso tudo, desde passeios no Porto e a aula de surf em Matosinhos até passeios nas cidades que eu fiz bate-volta (como Aveiro, Guimarães e Ilhas Cíes) e também tão inclusas as lembrancinhas que comprei pro meu pai rs.

ONDE SE HOSPEDAR NO PORTO?
Como eu disse, minha família é do Porto e eu acabei ficando na casa deles. Por isso, não consigo dar minha opinião sobre a estadia e o serviço dos hostels, porque infelizmente eu nem entrei pra ver.

De qualquer forma, vou deixar algumas opções de hospedagem aqui, baseadas nas recomendações dos amigos meus amigos:

- Yes! Porto Hostel

- República Prime

- Sport Hostel in Porto

- M2Students Hostel

Espero que vocês tenham curtido esse post que eu fiz sobre o Porto (uma das minhas cidades portuguesas preferidas) e se tiverem qualquer dúvida sobre os passeios ou sobre o roteiro é só me mandar email (contato@vidamochileira.com.br) ou um direct no Instagram (@vidamochileira) que eu respondo rapidinho.

Até a próxima!

 



Maryana Teles
Maryana Teles
Carioca, publicitária e apaixonada (digamos que, talvez, viciada) por viagens de estilo low cost. 25 países na bagagem e muitas histórias, micos, dicas e inspirações pra quem também vive (ou quer viver) uma VIDA MOCHILEIRA!