O que fazer em Belém, Lisboa além da Torre de Belém

0
Torre de Belém

Muita gente só sabe que Belém existe por causa da Torre de Belém e do famoso pastel de Belém, mas a verdade é que super vale a pena reservar um dia pra fazer um bate e volta até Belém saindo de Lisboa. O bairro é uma gracinha e tem muitas coisas legais pra visitar. Além disso, se você pegar um dia de sol, meu conselho é você comprar uns pastéis de Belém e fazer um mini piquenique na Torre de Belém ou ali perto do Padrão dos Descobrimentos com uma vista privilegiada da Ponte 25 de Abril e do Rio Tejo.

O nome Belém se popularizou por conta da fama dos pastéis de Belém e da Torre de Belém, mas o nome do distrito é mesmo Santa Maria de Belém e ele fica a menos de 30 minutos de Lisboa indo de trem (linha Cascais) ou a 45 minutos indo de elétrico (que é como se fosse um tram – tipo um VLT que circula em trilhos de bonde ao longo da rua).

SOBRE OS PASSES DE TRANSPORTE EM LISBOA (DICA ÚTIL)

Assim que você chegar em Lisboa é recomendado você comprar o cartão Zapping – o cartão custa 0,50 e você carrega quanto quiser (€3, €5, €10, €15…) e pode ir usando nos transportes públicos (metrô, ônibus, elétrico e trem), sem tempo limite de duração – usa quantos dias quiser.
⠀ ⠀
📍 Usar o Zapping sai mais barato que comprar o bilhete direto no transporte (exemplo: Se for pagar direto no elétrico custa €3 e com Zapping sai metade do valor). Caso você precise, você pode recarregar de novo. Ahhh! Cada pessoa precisa de um cartão, não tem como compartilhar o mesmo cartão.

📍 Existem outras opções de passes: Vale dar uma olhada no site (https://www.portalviva.pt/ e https://www.metrolisboa.pt/) pra ver qual é a melhor opção pra sua viagem. Por exemplo, tem uma opção de €6 que dá acesso ilimitado nos transportes por 24 hrs.


COMO CHEGAR EM BELÉM SAINDO DE LISBOA

É super fácil chegar em Belém, mas tem uma pegadinha pra quem tá indo de elétrico. Por isso, é muito importante prestar atenção nas paradas pra descer no lugar certo e evitar andar muito mais do que você precisaria.

– IR DE ELÉTRICO: Vou colocar aqui a forma mais fácil de ir pra Belém e a que quase todo mundo faz, mas vai depender muito de onde você estará hospedado ou de onde você estará partindo pra fazer esse bate e volta. Por isso, meu conselho é jogar no aplicativo Citymapper (ou até mesmo no Google Maps) pra ver a melhor opção pra você, considerando o local de onde você estará partindo.

Pegamos o elétrico número 15 (15E) na Praça da Figueira e ele vai direto (você não precisa fazer nenhuma baldeação). Usamos o nosso cartão Zapping pra pagar – basta você encostar o cartão no leitor e pronto. Tem como você comprar a passagem com o motorista ou numa máquina dentro do próprio “vagão” do elétrico.

Valor da passagem comprada na hora: 2,85 | Valor da passagem com o Zapping: € 1,25 (lembrando que o seu Zapping precisa estar carregado com no mínimo € 5,00).

Mas, presta atenção nessa dica: Em vez de você descer na parada Belém, você desce na parada Mosteiro dos Jerónimos que é a parada que fica praticamente no centro de todas atrações a serem visitadas em Belém. Se você descer na parada Belém, vai descer muito longe e vai andar bastante sem necessidade. 

O que fazer em Belém, Lisboa além da Torre de Belém

– IR DE TREM: Você pode pegar um trem (linha Cascais) no Cais do Sodré e ir direto pra Belém, o trajeto dura menos de 20 minutos e a passagem custa € 1,35 por trajeto. A mesma dica da parada do elétrico vale pro trem também: desça na parada Mosteiro dos Jerónimos.

– IR DE ÔNIBUS: De ônibus você pode sair da Praça da Figueira (ônibus 714) ou do Cais do Sodré (ônibus 728) e a passagem custa € 2,00 por trajeto e você desce na parada Mosteiro dos Jerónimos.


ATENÇÃO!

O seguro viagem é obrigatório para entrar e viajar pela Europa.

Eu contratei o seguro viagem da Seguros Promo pra minha viagem de 3 meses pela Ásia e curti muito o serviço. O custo X benefício foi maravilhoso e o atendimento foi muito bom (usei o seguro na Tailândia). Use o cupom VIDAMOCHILEIRA5 e ganhe 5% de desconto!

A Seguros Promo tem atendimento e suporte em português tanto em chamadas internacionais quanto pelo Whatsapp: +55 (31) 3972-7096. Explico melhor nesse post como você pode escolher o seu seguro viagem internacional.

Seguro Viagem: Europa
O que fazer em Belém, Lisboa além da Torre de Belém TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
O que fazer em Belém, Lisboa além da Torre de Belém Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 19/dia*

No entanto, existe uma opção mais barata pra quem vai fazer viagens mais longas ou vai se tornar um nômade digital. O SafetyWing é o primeiro seguro viagem internacional do mundo desenvolvido para atender às necessidades de nômades digitais ou pessoas vivendo no exterior em todo o mundo. Você paga $37,00 dólares por 4 semanas.

SafetyWing tem cobertura mundial e cobertura (de 90 dias) no país de origem. Está disponível para compra em 180 países e pode ser comprado ou renovado quando você já estiver viajando. Qualquer pessoa pode adquirir o SafetyWing, não precisa ser nômade digital pra usar esse seguro viagem.

O ponto positivo do SafetyWing é que ele é 1/3 do valor da maioria dos seguros viagens, mas o ponto negativo é que ele ainda não tem atendimento e suporte em português. Tem um post no blog muito completo explicando sobre o seguro viagem SafetyWing.

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!


O QUE FAZER EM BELÉM, LISBOA ALÉM DA TORRE DE BELÉM

O Distrito de Belém em Lisboa tem várias outras atrações a serem visitadas do que só a Torre de Belém. Vale muito a pena reservar um dia para passear pelo bairro, comer um pastel de Belém e explorar os monumentos incríveis localizados nessa região.

  • Mosteiros dos Jerónimos (€ 10 para visitar o Mosteiro | Visitação da Igreja gratuita)
  • Pastéis de Belém (€ 1,15 cada pastel)
  • Jardim da Praça do Império (Gratuito)
  • Padrão dos Descobrimentos (€ 6 para subir até o mirante)
  • Ponte 25 de Abril (Gratuito)
  • Torre de Belém (€ 6)
  • Museu Coleção Berardo (€ 5)
  • Museu Nacional dos Coches (€ 8)

Todas essas atrações ficam bem pertinho umas das outras e super rola fazer tudo andando. Pelo menos, eu acho que vale mais a pena passear por essa região caminhando. Você andando tranquilamente por todos esses lugares (de um ponto ao outro) dá em torno de 1 hora. A caminhada é bem gostosa, vai por mim! Rsrsrsrsrs

Minha dica é chegar em Belém cedo pra aproveitar ao máximo o dia pelo bairro. Tenha em mente que a partir das 11:00 todas as atrações já ficam lotadas de turistas, principalmente o Mosteiro dos Jerónimos.


LISBOA CARD + DESCONTOS

O Lisboa Card pode ser uma ótima ideia se você está pensando em entrar em várias atrações. Com esse cartão você pode pegar qualquer transporte público de forma ilimitada (dentro do período que você escolher – 24, 48 ou 72 horas – respectivamente €20, €34, €42) e também tem acesso gratuito (ou desconto) nas atrações mais famosas de Lisboa – e de Belém também – (dentro do período escolhido também) e não enfrenta fila.

Algumas das atrações do Lisboa Card em Belém

  • Mosteiros dos Jerónimos (Usando o Lisboa Card a entrada é gratuita);
  • Torre de Belém (Usando o Lisboa Card a entrada é gratuita);
  • Padrão dos Descobrimentos (Usando o Lisboa Card a entrada custa € 4,80 euros);
  • Museu Coleção Berardo (30% de desconto)

Pra mais informações entre no site: lisboacard.org  OU visitlisboa.com

DICA: Outro jeito de economizar nos ingressos das atrações e cortar fila é usando os apps da Civitatis ou do Get Your Guide.

São dois aplicativos que eu não viajo sem no meu celular. Você basicamente consegue comprar ingressos no mesmo dia, ou até mesmo na hora, sem enfrentar fila pra comprar ou pra entrar na atração. Além disso, muitas vezes rolam promoções e os ingressos podem sair até mais barato que na bilheteria dos locais.

Além disso, esses apps oferecem vários pacotes de atrações combinadas, transfers e até walking tours (grátis em grupo e pagos quando privado).

Antes de comprar o meu ingresso pra qualquer atração eu sempre faço esse mini processo: Olho primeiro no site oficial da atração pra ver quanto é o preço oficial e depois olho nos dois aplicativos pra ver se tem alguma promoção rolando ou algum pacote de atrações que me interessa e aí faço a melhor escolha pro meu bolso e pra minha viagem!

Dê uma olhada nos sites – Civitatis e Get Your Guide – e baixe esses aplicativos pro seu celular! Uma última dica é já deixar os dados do seu cartão de crédito ou PayPal salvos nos aplicativos pra na hora da viagem poder comprar os ingressos com apenas 2 ou 3 cliques e economizar tempo.


ECONOMIZE!

Ganhe R$179,00 de desconto na sua primeira reserva no Airbnb

O Airbnb é uma ótima opção de hospedagem e dependendo do lugar e da quantidade de pessoas que vão viajar sai mais barato e cômodo reservar pelo Airbnb do que pelo Booking.com. Se você nunca usou o Airbnb experimente, você vai gostar!

Eu escrevi um post detalhado com várias dicas pra usar o Airbnb da melhor forma possível.
Clique no botão abaixo, faça sua pesquisa e na hora do pagamento o seu desconto será aplicado.

FAÇA SUA PESQUISA AGORA!


O QUE FAZER EM BELÉM, LISBOA

Eu gosto de seguir uma ordem de atrações quando visito Belém, mas você pode visitar os monumentos da forma que quiser, como eu disse, é tudo muito pertinho um do outro. Vou listar as atrações na ordem que eu faço e colocar os museus no final porque eu sou o tipo de pessoa que não gosta de museu, por isso, eu olho eles como opcionais e não como prioridade, mas se você gosta, saiba que tem essas atrações em Belém também.

MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

Na minha opinião, essa é uma das construções mais bonitas de Belém e até mesmo de Lisboa. A arquitetura dela é simplesmente maravilhosa tanto por fora quanto por dentro. O Mosteiro dos Jerónimos começou a ser construído em 1502 (século XVI) e só foi finalizado quase um século depois. Esse mosteiro foi muito importante em termos religiosos, já que era ali que os navegadores recebiam as bênçãos antes de partirem para os descobrimentos.

A visita ao Mosteiro dos Jerónimos é bem especial e você pode passear pelos corredores e quartos da construção e também admirar as estátuas e as obras de arte que tem no local. Ao lado do mosteiro tem a famosa e imponente Igreja de Santa Maria de Belém, cuja entrada é gratuita e abriga os restos mortais de Luís de Camões e Vasco da Gama.

O Mosteiro dos Jerónimos foi classificado como Monumento Nacional em 1907 e foi classificado também como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1983 juntamente com a Torre de Belém. Desde 2007, o Mosteiro dos Jerónimos ocupa a posição de uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Horário de Funcionamento:

– Outubro a Abril: 10:00 às 17:30 | Última entrada às 17:00

– Maio a Setembro: 10:00 às 18:30 | Última entrada às 18h00

Fechado: Segundas-feiras e nos dias 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 13 de Junho e 25 de Dezembro

Ingresso:

Adulto: € 10,00 euros

Crianças e idosos: € 5,00 euros (crianças até 12 anos não pagam)

Bilhete combinado: Mosteiro dos Jerónimos + Museu Nacional de Arqueologia: € 12,00 euros

Usando o Lisboa Card a entrada é gratuita

Para mais informações, acesse o site oficial.

 PASTÉIS DE BELÉM

Depois de visitar o Mosteiro dos Jerónimos, a parada obrigatória é na Fábrica dos Pastéis de Belém, que fica praticamente ao lado do mosteiro. Você pode ficar na fila (sempre tem fila, é normal, mas anda rápido, relaxa! Hahaha) e pedir seus pastéis de Belém pra viagem (eles colocam numa embalagem lindinha e super icônica da confeitaria) ou pode sentar no restaurante e pedir os pastéis pra comer lá. Eu particularmente acho mais legal a ideia de pedir os pastéis pra viagem (apesar de valer a pena dar uma passeada pra ver a decoração do restaurante que é bem fofinha) e fazer um mini piquenique de frente pro Rio Tejo e pra Ponte 25 de Abril ou em frente à Torre de Belém (que foi o que fizemos).

A Fábrica dos Pastéis de Belém é um dos lugares mais famosos de Belém por causa da famosa receita secreta (que era conhecida antigamente somente pelos monges) dos pastéis de nata. Essa Fábrica (que na verdade é um restaurante) é quem detém a receita original e desde 1837 produz esse famoso doce português. Ahhh! O pastel de Belém só existe em Belém, apesar de ser um pastel de nata também, ou seja, se você estiver no centro de Lisboa e quiser pedir um pastel de nata é bom que fale pastel de nata, se pedir pastel de Belém vai ganhar um belo de um “NÃO HÁ!”. rsrsrsrss

Horário de Funcionamento:

Aberto todos os dias: 08:00 às 23:00 (Nos dias 24, 25, 31 de Dezembro e 1 de Janeiro, encerra às 19:00)

Valor: € 1,15 cada pastel

Para mais informações, acesse o site oficial.

 

JARDIM DA PRAÇA DO IMPÉRIO

Depois de pegar os seus pastéis de Belém pra viagem, siga em direção ao Padrão dos Descobrimento, passando pelo Jardim da Praça do Império. É uma atração gratuita e simples, na verdade, alguns nem veem esse jardim como uma atração em si. Mas, em frente ao Mosteiro dos Jerónimos tem o Jardim da Praça do Império que é repleto de oliveiras e tem uma fonte e uns bancos que são um chamado pra descansar por uns minutinhos ali, observando as pessoas que chegam e vão embora do Mosteiro dos Jerónimos.

 

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Fique atento pra atravessar a rua aqui! Nem pense em atravessar correndo. Existe uma passagem subterrânea a poucos metros à sua direita junto ao CCB (de quem está olhando pro Padrão dos Descobrimentos). É super tranquilo e seguro passar pela passagem subterrânea, tem inclusive uns artistas de rua vendendo quadros, pinturas a dedo e outras coisas mais.

Ao atravessar a rua você já vai dar de cara com uma construção enorme que imita a ponta de uma caravela com vários navegadores olhando pro horizonte (nesse caso, estão olhando pro Rio Tejo mesmo rsrsrsrs). Essa construção foi uma homenagem à época dos descobrimentos. Ela foi inaugurada em 1960 e tem 56 metros de altura. Além da construção, que é um ponto turístico, sem dúvida, que te permite, inclusive visitar o mirante, existe também outra coisa legal de ver aqui: olhar pro chão e analisar o mapa cronológico da época dos descobrimentos e ver toda a trajetória dos navios portugueses até chegar ao Brasil.

Horário de Funcionamento:

– Março a Setembro: Todos os dias das 10:00 às 19:00 | Última entrada às 18:30

– Outubro a Fevereiro: Terça a Domingo das 10:00 às 18:00 | Última entrada às 17:30

Fechado: 1 de Janeiro, 1 de Maio, 25 de Dezembro

Ingresso:

Adulto: € 6,00 euros

Crianças e idosos: € 3,00 euros e € 5,00 euros  (crianças até 12 anos não pagam)

Usando o Lisboa Card a entrada custa € 4,80 euros

Para mais informações, acesse o site oficial.

PONTE 25 DE ABRIL

Ali do Padrão dos Descobrimentos você pode seguir um pouco pra sua esquerda e sentar num local menos amontoado de turistas pra curtir a vibe do Rio Tejo com a Ponte 25 de Abril à sua esquerda. Essa ponte lembra muito a Ponte de San Francisco nos Estados Unidos, pelo menos eu acho – aquela que faz comparações sem nunca ter pisado em San Francisco hahahaha.

Curiosidade: Até 1974, a Ponte 25 de Abril se chamava Ponte Salazar. O nome 25 de Abril veio após à revolução de 25 de Abril de 1974. Esse dia (25 de Abril) é super celebrado pelos portugueses, porque a Revolução de 25 de Abril (ou Revolução dos Cravos ou Revolução de Abril) depôs o regime ditatorial do Estado Novo de Salazar (vigente desde 1933), implementando o regime democrático que deu origem a nova Constituição a 25 de abril de 1976.

TORRE DE BELÉM

Depois de curtir a vista do Rio Tejo e da Ponte 25 de Abril, faça uma caminhada gostosa às margens do rio em direção à Torre de Belém. O trajeto dura em torno de 15 minutos e é bem agradável. A Torre de Belém é parada obrigatória de quem visita Belém. Confesso que nunca entrei na Torre, mas me disseram que é a coisa mais linda que se super vale a pena (quem sabe numa próxima visita eu inclua isso no meu roteiro, né?).

A Torre de Belém foi construída entre os anos de 1514 e 1520 e a sua função era servir de torre de vigia para avisos de eventuais invasões. Ela tem uma arquitetura bem bonita e icônica e é um dos cartões postais de Belém. Dezenas de turistas visitam a Torre de Belém por dia, então prepare-se pra pegar esse local sempre lotado.

Além de ter servido de forte com intuito de proteger a área, a Torre de Belém também já serviu de controle aduaneiro, central de telégrafos, de masmorra e também de prisão política, durante a ocupação espanhola. Hoje em dia a Torre de Belém é classificada como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Horário de Funcionamento:

– Outubro a Abril: 10:00 às 17:30 | Última entrada às 17:00

– Maio a Setembro: 10:00 às 18h30 | Última entrada às 17:00

Fechado: Segundas-feiras e nos dias 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 13 de Junho e 25 de Dezembro

Ingresso:

Adulto: € 6,00 euros

Crianças e idosos: € 3,00 euros (crianças até 12 anos não pagam)

Bilhete combinado: Mosteiro dos Jerónimos + Museu Nacional de Arqueologia: € 12,00 euros

Usando o Lisboa Card a entrada é gratuita

Para mais informações, acesse o site oficial.

MUSEU COLEÇÃO BERARDO

Esse é o museu mais visitado em Portugal e é o principal museu de arte moderna e contemporânea do país. O Museu Coleção Berardo expõe mais de 900 obras no seu acervo permanente, atualmente conta com seis exposição – duas permanentes e quatro temporárias. São vários os artistas famosos expostos nesse museu, dentre eles: Joan Miró, Pablo Picasso e Andy Warhol.

Horário de Funcionamento:

Aberto todos os dias, das 10:00 às 19:00 | Última entrada às 18:30

Ingresso:

Adulto: € 5,00 euros

Crianças e idosos: € 2,50 euros (crianças até 6 anos não pagam)

Entrada gratuita aos sábados, durante todo o dia.

30% de desconto usando o Lisboa Card

Para mais informações, acesse o site oficial.

 

MUSEU NACIONAL DOS COCHES

Esse museu é focado em apresentar, ou melhor, relembrar como eram os meios de transportes utilizados pelos reis e rainhas há séculos atrás (a começar pelo século XVII, por exemplo). O Museu Nacional dos Coches expõe carruagens, carros antigos, acessórios de cavalaria e muito mais. É literalmente uma volta no tempo.

Horário de Funcionamento:

– Terça a Domingo: 10:00 às 18:00 | Última entrada às 17:30

Fechado: Segundas-feiras, 1 de janeiro, 1 de maio, domingo de Páscoa, 13 de junho, 24 e 25 de dezembro.

Ingresso:

Adulto: € 8,00 euros

Crianças e idosos: Crianças até 12 anos não pagam e idosos pagam meia

Para mais informações, acesse o site oficial.


DICA!

Pra ficar conectado durante toda sua viagem, eu recomendo a Yes Brasil um dos chips de internet que eu usei recentemente numa viagem de Worldpackers no meio do mato na França (era uma fazenda afastada da cidade). A internet pegava perfeitamente e voava. Fora que eles têm atendimento pelo Whatsapp pra qualquer tipo de problema no chip.

Yes Brasil está presente em mais de 100 países em parceria com as melhores operadoras de internet do mundo. Você seleciona os destinos e as datas da sua viagem, encomenda o chip online e ele é entregue na sua casa antes da sua viagem. Existem lojas presenciais também, caso você queira retirá-lo pessoalmente. Use o cupom VIDAMOCHILEIRA10 e ganhe 10% de desconto! Eu escrevi um post completo sobre esse chip de internet.


ONDE SE HOSPEDAR EM LISBOA

Quando eu visitei Lisboa pela terceira vez, eu estava fazendo um mochilão em família e ficamos hospedados num hostel super bem localizado, com café da manhã bem gostoso, área comum super relaxante e cheio de atividades de lazer como mesa de sinuca, totó e até piscina de bolinhas. Eu super recomendo esse hostel porque serve pra todas as idades – e eu tô falando isso por experiência própria de quem viajou com o pai de 60 anos e a irmã de 10 anos e ficou hospedada nesse hostel com eles num quarto de 4 pessoas com banheiro compartilhado: Hub New Lisbon Hostel.

Outras opções de hostels também bem localizados com preços acessíveis seriam esses abaixo, mas eu não me hospedei neles, apenas li as avaliações de outros viajantes no Booking.com:

– Castilho 63

– Ambiente Hostel

– Selina Secret Garden Lisbon

– Host Bell Rooms&Suites 

– Urban Garden Hostel

– Corujinha Hostel 

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!


DICA!

GANHE $10,00 DÓLARES DE DESCONTO NA WORLDPACKERS

A Worldpackers é uma plataforma brasileira que permite você viajar e trabalhar durante a viagem trocando sua força de trabalho (habilidade, vontade de aprender e ajudar) e seu tempo – durante algumas horas do seu dia – por acomodação e comida em vários países do mundo.

Usando meu código VIDAMOCHILEIRAWP você ganha 10,00 dólares de desconto e só paga 39,00 dólares por ano (uma única vez) pra viajar pela plataforma quantas vezes você quiser pra vários países do mundo sem pagar por acomodação e comida.

CUPOM: VIDAMOCHILEIRAWP

TORNE-SE UM MEMBRO VERIFICADO


APLICATIVOS ÚTEIS

📍 Wiki Triip: Além de ser um guia completo das principais atrações da cidade, ele também te apresenta a história do lugar e as curiosidades sobre a cultura. Tem também indicações de empresas de passeios e restaurantes. Fala do clima, como chegar, como usar o transporte público e lugares pra fazer compras; ⠀
⠀ ⠀
📍 Get Your Guide: Maravilhoso pra quem gosta de promoções de combos (2 ou mais atrações juntas no mesmo pacote) e odeia enfrentar fila. A compra é online, super rápida e pode ser cancelada em até 24 horas caso você se arrependa. Ahhh! Nesse app eles também são as coordenadas de como chegar nos lugares (então, mesmo que você não vá comprar nada nele, dá pra usar de guia!

📍 Civitatis: Mesma ideia do app Get Your Guide, mas tem outras opções de passeios e também alguns Free Walking Tours (tours gratuitos com guias locais – você paga apenas uma gorjeta). Vale a pena dar uma olhada em ambos os apps!
⠀ ⠀
📍 Citymapper: Esse é o melhor aplicativo de localização/mapa pra você transitar pelos transportes públicos sem se perder – esquece o Google Maps). ⠀

📍 Rome2Rio: Muito bom para dar um comparativo de preços e tempo de deslocamento entre os transportes públicos.

📍 Omio: Faz comparação simultânea de preço entre os transportes (trem, ônibus e avião) pro mesmo destino.

📍 Kayak: Aplicativo que faz busca de passagens aéreas baratas com margem de até 3 dias antes ou depois, te dando uma vasta gama de opções comparativas de preço. Além disso, é possível ativar o alerta no email para receber mensagem toda vez que tiver mudança de preço (para mais ou menos).

📍 Booking.com: Aplicativo de busca de hospedagem, muito bom para fazer comparativos de preço, ver promoções e usar filtros inteligentes de busca.

📍 Airbnb: Ótima opção de hospedagem e dependendo do lugar e da quantidade de pessoas que vão viajar sai mais barato e cômodo reservar pelo Airbnb do que pelo Booking.com. Se você nunca usou o Airbnb experimente, você vai gostar!


DICA!

Outro jeito de economizar nos ingressos das atrações e cortar fila é usando os apps da Civitatis ou do Get Your Guide.

São dois aplicativos que eu não viajo sem no meu celular. Você basicamente consegue comprar ingressos no mesmo dia, ou até mesmo na hora, sem enfrentar fila pra comprar ou pra entrar na atração. Além disso, muitas vezes rolam promoções e os ingressos podem sair até mais barato que na bilheteria dos locais.

Além disso, esses apps oferecem vários pacotes de atrações combinadas, transfers e até walking tours (grátis em grupo e pagos quando privado).

Antes de comprar o meu ingresso pra qualquer atração eu sempre faço esse mini processo: Olho primeiro no site oficial da atração pra ver quanto é o preço oficial e depois olho nos dois aplicativos pra ver se tem alguma promoção rolando ou algum pacote de atrações que me interessa e aí faço a melhor escolha pro meu bolso e pra minha viagem!

Dê uma olhada nos sites –  Civitatis e Get Your Guidee baixe esses aplicativos pro seu celular! Uma última dica é já deixar os dados do seu cartão de crédito ou PayPal salvos nos aplicativos pra na hora da viagem poder comprar os ingressos com apenas 2 ou 3 cliques e economizar tempo.

 

DICA DE OURO: Existe uma aba no blog chamada “ROTEIROS GRATUITOS” e lá você pode baixar todas as planilhas que eu tenho de roteiros de viagem. É tudo gratuito e você encontra na planilha não só dica de lugares pra visitar, como também dicas de transportes, hostels e gastos.

Espero que esse post tenha sido útil e se você conhece alguma pessoa que precisa ler isso, compartilha o link com ela!

Ahh! Não esquece de me seguir no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras!

Até a próxima!

Beijos,

Mary

 

Gostou das dicas do blog?

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você NÃO paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso e recomendo:

– Worldpackers ($10 dólares OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRAWP): Worldpackers
– Hospedagem: Booking.com, Airbnb
– Passeios no Atacama, Salar de Uyuni e Santiago (5% OFF VIDAMOCHILEIRA5): @fuigosteitrips
– Seguro Viagem (5% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA5): Seguros Promo
– Seguro Viagem para viagens longas e nômades digitais ($37 dólares por 4 semanas): SafetyWing
– Passagens aéreas baratas: Kayak, Passagens Promo
– Chip de Internet (10% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA10): Chip de Internet Yes Brasil
– Cartão de débito sem anuidade e transferências internacionais: Transferwise
– Passeios e ingressos de atrações: Get Your Guide, Civitatis
– Aluguel de carro: Rentcars

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar minhas aventuras!