O que fazer em 1 dia em Jericoacoara | Escrito por Alan Rodrigo

1
Onde se hospedar em Arraial do Cabo
2 de outubro de 2017
2
Onde se hospedar no Rio de Janeiro
5 de outubro de 2017
 
Olá, sou Alan Rodrigo. Mais um paraense solto pelo mundo, bailarino de profissão e viajante por opção do coração.

Aqui vou contar um pouco sobre minha rápida visita ao paraíso Jericoacoara. Rápido, pois passei a trabalho por Fortaleza, e tinha apenas 1 “Day Off”. Acho que mais pessoas se identificam com o “quero conhecer tudo, mas não tenho tempo.”

A pequena vila do município de Jijoca, a 300 quilômetros de Fortaleza/CE, é o lugar perfeito para as férias sossegadas dos sonhos. É rica demais em belezas naturais, e tem um “clima” rústico e aconchegante, o que particularmente me fascina.

Mas, Alan como faço para chegar lá?

Para manter a preservação ao máximo, o local optou por não ter estradas de acesso pavimentadas, apenas estradas de terra ou areia, dessa forma a ida se torna um pouco mais longa. Hoje a opção mais usada é sair da capital Fortaleza e então, escolher uma das várias empresas de turismo que fazem o transporte de ônibus ou van até Jijoca, e em seguida seguir de jipe ou 4x4, únicos transportes que conseguem fazer a ligação entre o município e a vila de Jeri.

Passadas as 3 horas e meia de viagem, tempo aproximado de Fortaleza até o paraíso, é chegada a melhor parte que é conhecer o local.

A atração principal sem dúvidas são as águas mornas e tranquilas das lagoas da região. A mais procurada delas é a Lagoa do Paraíso que é aquela onde tem as redes de descanso montadas dentro da água. Existem também as praias, como a do Préa que com seus ventos fortes é muito procurada por praticantes de kitesurf, a Praia Malhada e a Praia de Jericoacoara, que é a de mais fácil acesso.

 
Outros atrativos são a Pedra Furada, local ótimo para bater fotos; o Mangue seco, onde é possível conhecer um viveiro de cavalos marinhos; a Árvore da Preguiça, uma árvore que cresceu deitada devido a ação do vento e também têm as dunas do pôr do sol, de onde é possível observar o sol se pondo no mar. Aliás, Jericoacoara é um dos poucos locais no mundo onde é possível ver o sol nascer e também se pôr no mar.

Este é o local que você pode visitar o ano inteiro que sempre estará lindo, mas esteja ciente que no período de férias escolares tudo tende a ficar mais caro devido ao número maior de visitantes.

Mas, Alan estou indo para passar a noite, onde dormir? Tem alguma coisa pra fazer durante a noite?

Se engana quem acha que a vida noturna é pacata. Apesar de não ter iluminação pública é possível encontrar música para todos os gostos predominando o reggae e o forró. Espera, não tem iluminação pública? Isso mesmo. Mas acredite, não faz diferença alguma. As dezenas de restaurantes e hotéis da região ajudam a iluminar as ruas. Mas, e onde eu durmo? Opção não falta e dos mais variados valores. Indico alugar um quarto pelo Airbnb que fica BEEEEM barato, podendo encontrar quartos a partir de 20 reais ao dia.

Tá tudo perfeito, mas a pergunta que não quer calar, é caro visitar o paraíso?

Acredite, nem um pouco.

Claro, fui em período de baixa temporada (junho). Partindo de Fortaleza até Jeri, meus gastos no total não chegaram a 300 reais.

Umas dicas que posso dar para economizar são:
- Procurar a empresa que irá fazer o transporte em um site de compras coletiva;

- Na hora de procurar onde ficar opte pelo Airbnb;

- Por ser afastada de áreas urbanas o que é vendido por lá naturalmente é mais caro, então comprei as coisas para comer em Fortaleza;

- No mais, leve sua melhor câmera fotográfica e aproveite o quanto puder o paraíso na terra.

Se você curtiu esse post, compartilha com os amigos e deixa um comentário aqui praq gente!

Até a próxima!


 



Sou Alan Rodrigo, de 28 anos. Natural de Belém, mas há 3 anos pertenço ao Brasil.

Sou bailarino e produtor de profissão e viajante de coração, quando não estou viajando gosto de apreciar a boa comida que tem por São Paulo e reunir os amigos pra comer em minha casa também.

Tenho um sonho particular de conhecer todos os estados brasileiros, já contabilizei 12, espero até meus 30 anos ter mais 8 estados na conta.

Meu Instagram onde compartilho várias fotos das minhas viagens é o @alanrodrigotrip.

 



Maryana Teles
Maryana Teles
Carioca, publicitária e apaixonada (digamos que, talvez, viciada) por viagens de estilo low cost. 25 países na bagagem e muitas histórias, micos, dicas e inspirações pra quem também vive (ou quer viver) uma VIDA MOCHILEIRA!