Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

0
AIESEC

Genteeeee!

O escritório da AIESEC de São Paulo na USP me convidou pra fazer parte de uma campanha pra anunciar várias vagas de intercâmbio em vários países incríveis. Imagina você poder fazer estágio remunerado em outro país! Imagina você não só dar um boom na sua carreira, melhorar o seu currículo, como também poder conhecer outras culturas e ainda receber por isso!

Caraaaa! Que coisa incrível! Sério! Até eu já comecei a procurar vagas pra mim (gostaria de viver uma experiência bem fora da minha zona de conforto sabe? Imagina trabalhar com social media e marketing na Turquia, ou Egito ou até mesmo na índia…. Quantas pessoas você acha que tem esse tipo de experiência no currículo e na bagagem pessoal?! Eu acho que essa experiência vai agregar muito não só na minha experiência profissional como criadora de conteúdo, como vai trazer muitos aprendizados e crescimento pessoal.

MUITO IMPORTANTE: Essa campanha está sendo realizada pela AIESEC de SÃO PAULO da USP, então, mesmo que você esteja em outro estado no Brasil ou até mesmo em outro país, se você for brasileiro e tiver interesse em viver esse tipo de experiência profissional, responda esse questionário mencionando que o seu comitê mais próximo é SÃO PAULO – USP, porque além das conversas serem por Skype e eles já estarem com uma equipe toda preparada pra te atender o mais rápido possível, a AIESEC de SÃO PAULO da USP está dando 5% de desconto pra eu oferecer pros seguidores e leitores do Vida Mochileira. \o/

Como eu sei que vocês terão várias dúvidas em relação ao intercâmbio, assim como eu tive rsrsrs, eu fiz várias perguntas pra diretora da AIESEC de São Paulo da USP e acho que as respostas ficaram bem informativas, mas se ainda sim, você tiver alguma dúvida, deixa nos comentários que além de responder, eu posso incluir a sua dúvida no post pra ajudar mais pessoas.

Eu tô super feliz de fazer parte dessa campanha com a AIESEC de São Paulo na USP, porque em 2011 eu me inscrevi pra fazer parte do programa Cidadão Global (que é o projeto social da organização) e em 2012 eu me inscrevi pro programa Talentos Globais (que é o projeto profissional da organização). Na época acabei não fazendo nenhum dos dois, pois passei pro intercâmbio da Universal Studios em Orlando e pro Ciências Sem Fronteiras na Ilha da Madeira consecutivamente. E, agora (2019), surgiu essa oportunidade de participar mais de perto da campanha e, posso dizer que estou muito animada pra de fato tornar o meu intercâmbio pela AIESEC realidade.

VAMOS AO QUE INTERESSA?!

AIESEC O QUE É E COMO FUNCIONA

  1. O que é a AIESEC?

AIESEC é o maior movimento de liderança jovem do mundo. A organização foi fundada no pós Segunda Guerra Mundial por um grupo de jovens que acreditava que a liderança jovem era a chave para se atingir o principal objetivo da AIESEC: a paz e que cada pessoa seja a melhor versão de si mesma.

Acreditamos que o intercâmbio é a chave para desenvolver uma liderança sustentável, pois é por meio da troca cultural, de um ambiente desafiador e experiências práticas que o jovem terá oportunidades de se desenvolver.

Essa liderança que a AIESEC pretende desenvolver é baseada em 4 pilares:

– SelfAware: é quando a pessoa se conhece bem, seus pontos fortes e fracos, como reage nas situações, o que pretende fazer na vida, sonhos, ambições, limitações.

– Solution Oriented: é basicamente sobre a postura que a pessoa tem diante de um problema. Quanto mais você sai da sua zona de conforto mais desafios você tem que enfrentar. E um líder para a AIESEC é uma pessoa que é orientada a soluções frente a esses desafios.

– Empowering Others: Um líder é uma pessoa que para onde vai, leva pessoas consigo. Somos melhores quando estamos juntos. Cada pessoa tem sua luta, sua motivação, mas é em conjunto que temos mais chance de alcançá-las.

– World Citizen: Esse pilar fala sobre a diversidade. Cada cabeça é um mundo diferente, entender o background das pessoas é importante, quando você vive um intercâmbio, de alguma maneira você se torna parte desse mundo também, e esse mundo também fica com uma parte sua.

Dentre os três produtos que a AIESEC tem para esse mesmo desenvolvimento, estão o voluntário, empreendedor e talento global. O intercâmbio Talento Global é um estágio internacional que requer inglês avançado e com experiência laboral prévia (de pelo menos 6 meses) na área de interesse.

A AIESEC na USP é localizada na Cidade Universitária, em um escritório que fica na FEA (Faculdade de Economia e Administração). Temos consultorias presenciais agendadas com os consultores e também podemos fazer consultorias online, por ligação ou até WhatsApp.

 

  1. Para quem são os intercâmbios da AIESEC?

Os intercâmbios da AIESEC são para jovens de 18 a 30 anos que querem buscar experiências que contribuam para o desenvolvimento pessoal, através do autoconhecimento em situações fora da sua zona de conforto, querem viver a independência financeira e emocional de trabalhar em outra cultura. São pessoas que entendem o poder da liderança no mundo e o papel do protagonismo jovem na mudança dos incômodos que temos. Os intercambistas que viajam pela AIESEC costumam ser pessoas que tem interesse pelo diferente, por desafios e por aprender coisas novas.

É comum que seja a primeira experiência de independência financeira. São pessoas que podem ser estudantes universitários ou já formados. Essa informação determina a possibilidade de destinos que eles podem ir.

 

  1. Existe algum programa na AIESEC para maiores de 30 anos?

Infelizmente não. O motivo é porque a AIESEC é associada à ONU e ela define a juventude na faixa etária de 18 a 30 anos e como a AIESEC é uma organização fundamentalmente feita por jovens e para jovens não é possível trabalhar com pessoas fora desse intervalo de idade.

 

  1. Qual diferencial da AIESEC para outras agências de intercâmbio?

A AIESEC não vende intercâmbio, mas sim experiências de liderança. É importante destacar o programa Talentos Globais, que tem um perfil específico no público da AIESEC. Talentos Globais é um programa de estágios internacionais. A pessoa vai ter um trabalho de 40h semanais com remuneração que vai sustentar o custo de vida no destino escolhido. Ela vai trabalhar em pequenas ou grandes empresas (a depender do currículo), ela vai dar aulas de inglês em Ensino Fundamental ou Médio, escolas de idiomas ou até mesmo universidades.

Na AIESEC ela vai ter a oportunidade de se candidatar a um processo seletivo a nível internacional, ganhar conhecimento na área de trabalho dela, vai contar com o sistema de suporte que temos, e vai ser convidada mensalmente a refletir sobre a sua experiência e como os pilares SelfAware, Solution Oriented, Empowering Others e World Citizen estão sendo desenvolvidos nela.

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

  1. Quais são os programas oferecidos pela AIESEC?

Talento Global (Intercâmbio profissional)

O Talento Global é um programa com projetos de duração de 3 meses a 1 ano, onde você vai fazer um estágio internacional em empresas, escolas ou universidades. Temos projetos remunerados na área de Tecnologia da Informação, Marketing, Administração e Ensino de Inglês.

Durante o programa, você vai realizar um projeto de cerca de 40 horas semanais e terá a oportunidade de alavancar suas experiências profissionais a um nível internacional. Para isso, é necessário ter nível de inglês avançado e ter experiência de trabalho prévia na sua área de interesse.

Trabalhamos sobretudo com os seguintes países:

-México

-Turquia

– India

-Egito

-Colômbia

O que você terá ao longo da experiência profissional:

– Bolsa-auxílio que garante a manutenção de aluguel, alimentação e transporte na cidade destino.

– Entrega de mínimos de qualidade no suporte da AIESEC na USP (seminários de preparação cultural, instruções para a obtenção de visto, de acomodação, de transporte, entre outros)

O que fica por conta do intercambista?

– Passagens

– Seguro-saúde (que deve abrangir todo o período do intercâmbio)

– Taxa da AIESEC

– Custos para obtenção de visto

– Turismo no país

Voluntário Global (Intercâmbio Voluntário)

O Voluntário Global é um programa com duração de 6 a 8 semanas, onde você realizará projeto em ONGs, Escolas ou comunidades. Todos os projetos são relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (pobreza, fome, educação de qualidade, igualdade de gênero, etc).

Durante o programa, você vai realizar o projeto de cerca de 25 horas semanais e poderá desenvolver o inglês ou o espanhol enquanto vive uma oportunidade que te faz conhecer outra cultura enquanto gera um impacto social.

Trabalhamos com os seguintes países:

– Argentina

– Peru

– Colômbia

– Paraguai

– México

– Romênia

– Itália

– Portugal

O que você terá ao longo da sua experiência de voluntariado:

– Acomodação durante a realização do projeto: pode ser na casa de famílias voluntárias, alojamento da ONG, casa da AIESEC onde ficam outros intercambistas ou em um Hostel alugado pela AIESEC. Independentemente de qual seja o local, o mínimo que a AIESEC garante é um local para dormir e acesso a banheiro.

– Entrega de mínimos de qualidade no suporte da AIESEC na USP (seminários de preparação cultural, instruções para a obtenção de visto, de transporte, entre outros)

– Alguns projetos podem oferecer alimentação por dia de trabalho

– Benefícios extras, como:

– Aulas de dança (Peru e Colômbia),

– Aulas de Espanhol (Peru e Colômbia),

– Chip de Celular (Paraguai)

O que fica por conta do intercambista:

– Passagens de ida e volta

– Passaporte, Visto e documentos (se necessários para entrar no país)

– Seguro Saúde Viagem (para ter assistência em caso de necessidade)

– Lazer e Turismo no país

– Transporte e alimentação (quando não oferecidos)

– Taxa da AIESEC na USP (paga após ser aceita e decidir que quer o projeto que foi aceita)

– TN Fee: Taxa paga apenas quando chegar no país – alguns países de destino cobram para cobrir alguns gastos que terão (costuma oscilar entre $0 e 70 dólares)

 

  1. Quais são os benefícios do programa Talentos Globais?

– Aprimorar sua experiência de trabalho para potencializar seu currículo;

– Viver experiências multiculturais em ambientes desafiadores;

– Independência financeira e sair da zona de conforto;

– Viver uma experiência inovadora e de grande aprendizado pessoal e profissional;

– Viver outra cultura a partir do seu sustento;

– Possibilidade de contratação na empresa do destino escolhido.

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

  1. Quais são os pré-requisitos para participar dos programas da AIESEC?

Voluntário: ter entre 18 a 30 anos e nível de inglês intermediário (suficiente para conseguir conversar e entender).

Os projetos oferecidos têm vagas bastante diversas com relação às datas. Nos países da América temos projetos abertos, praticamente, ao longo de todo ano de 2019, em alguns, até para 2020 já tem vagas abertas e sendo preenchidas.

Talentos Globais: Os pré-requisitos básicos para fazer um intercâmbio de Talentos Globais da AIESEC é ter entre 18 a 30 anos, possuir inglês avançado e ter experiência laboral prévia, de pelo menos 6 meses, na área de interesse (Business Administration, Marketing, Ensino de Inglês).

– Turquia: pode estar formado ou ser estudante, possuem projetos principalmente de educação, mas existem vagas de Marketing;

– Índia: até 2 anos formado ou ser estudante, possuem projetos de educação, marketing e administração;

– Egito: não possui restrições para visto e também possui todos os tipos de projetos;

– México: não possui restrições para visto, possui projetos principalmente de marketing e administração, tem poucas vagas de educação (é necessário possuir espanhol intermediário)

– Colômbia: não possui restrições, projetos principalmente de educação.

 

  1. Quais são as áreas oferecidas no programa Talentos Globais?

Para vocês terem ideia de como são as vagas que os intercambista do programa Talentos Globais conseguem trabalhar, disponibilizamos alguns exemplos de posições para cada área.

MARKETING:

Junior Market Analyst: analisar informações e ajudar a prever as próximas tendências. Dar suporte a organização por meio da criação de reportes sobre o público alvo, entrada no mercado e competidores.

Junior Product Developer: projeta as modificações necessárias para o produto ou serviço da organização por meio da análise de dados. Reportes sobre o valor atual necessário para atingir o mercado enquanto usa grupos foco para fazer essas modificações.

Junior Product Researcher:  analisa o mercado e explora outros mercados relevantes para novas segmentações de mercado e desenvolvimento de buyer personas.

Junior UX Analyst: design de projetos que testam a experiência do usuário. Explora e estuda o design dos processos de novos produtos para promover os promoters e diminuir os detratores.

Digital Media Strategist: detectar tendências e tecnologias que desempenham papéis na vida dos clientes e desenvolvendo soluções para atender aos objetivos da marca dos clientes com base em insight e dados do consumidor.

BUSINESS DEVELOPMENT:

Business Development Executive: ajuda a empresa por meio da aquisição de novos clientes e da venda de novos produtos. Trabalha no desenvolvimento do sucesso da empresa e na fidelização do cliente.

Sales Executive: executa planos de venda e identifica oportunidades de negócio por meio de prospecção e avaliação de sua posição na indústria. Executa pesquisas e analisa opções de vendas.

Account Manager: maneja o planejamento e a execução de projetos e negócios necessários da conta, além de levar o relacionamento entre a empresa e o cliente. Prepara e apresenta propostas de negócio se necessário.

BUSINESS ADMINISTRATION:

Customer Support: desenvolve, nutre e expande relacionamentos com clientes internos e externos à empresa. Isso vem de ligações inbound e outbound. Representa a empresa em eventos relevantes.

Human Resources Manager:  assiste o departamento de RH da empresa com o processo de recrutamento e seleção, além de participar e criar estratégias. Adquire os melhores talentos para a empresa da maneira mais eficiente possível.

Business Analyst: analisa o core das atividades de negócio e cria soluções técnicas para aumentar as vendas.

Supply Chain Executive: assiste e executa os planos de supply chain da empresa. É responsável por assistir os processos de supply chain, analisa a sua eficiência e faz recomendações para melhorá-lo.

ENSINO DE INGLÊS:

Professor Titular: participa de eventos oficiais da empresa/escola/universidade, planeja e executa as aulas, participa de reuniões com o grupo docente e elabora e corrige atividades avaliadoras.

  1. Para fazer o programa Talentos Globais precisa ter experiência na área ou formação nessa área?

Em geral, precisa ter os dois. Uma pessoa que estuda Odontologia, mas tem experiência em Marketing não pode realizar um estágio de Marketing. Mas existem exceções:

– Ensino de Inglês: Esse subproduto é o mais abrangente porque tem menos pré-requisitos. Não importa o background acadêmico desde que se tenha experiência de trabalho (para teaching a partir 3 meses como experiência já conta e é possível encontrar vagas para essa pessoa)

– Egito e Índia: Existem muitas vagas nesses dois países, desde 3 meses até 1 ano de duração, e eles focam sobretudo nas experiências laborais, ou seja, nesses dois países não precisa de formação acadêmica, mas sim experiência na área.

 

  1. Pessoas com formações diferentes ou sem formação alguma conseguem se inscrever no programa Talentos Globais?

– Formação em educação, letras, marketing, publicidade, tecnologia da informação, engenharia da computação, relações internacionais ou administração, ou formações similares: estudantes universitários ou formados podem participar do programa desde que tenham experiência na área (de pelo menos 6 meses)! A aceitação do candidato dependerá do currículo e do nível de inglês (avançado). Além disso, cada país tem um pré-requisito diferente (ler pergunta 7).

– Formações diferentes: Há vagas na Índia e no Egito de ensino de inglês que aceitam formações diferentes, desde que tenha experiência de pelo menos 3 meses de trabalho. Vale se inscrever o no programa e marcar uma consultoria e entrevista.

– Pessoas sem formação acadêmica, mas com experiência na área: Infelizmente as empresas estrangeiras dos países que a AIESEC trabalha não permitem contratação de estagiário sem formação acadêmica alguma.

 

  1. Qual nível de inglês necessário para aplicar pro programa Talentos Globais?

Importante ressaltar que não é necessário ter certificados de idioma. O nível de proficiência do candidato é medido através da compreensão dele durante todo processo seletivo em inglês, ou seja, responder perguntas complexas como “Me conte sobre o momento mais frustrante da sua vida”, “Qual atividade na sua experiência laboral foi mais relevante para o profissional que você é hoje”, ou então “Qual seria a sua contribuição na cultura organizacional da empresa? ”

Portanto, para quem quer fazer o programa Talentos Globais o nível de inglês ideal seria o avançado.

 

  1. Precisa estar na faculdade pra se inscrever no programa Talentos Globais?

O raciocínio é ao contrário. Se você for estudante, não haverá nenhuma restrição de visto e, portanto, você poderá ir para qualquer país. Esse estudante pode ser universitário, MBA, pós graduação, etc. Só é necessário um documento comprovando o seu vínculo com a organização de estudo para que você consiga tirar o visto de estudante.

Se você não for nenhum tipo de estudante, existem maiores restrições em relação ao visto. Dentre elas, Hungria, Europa Ocidental (a menos que você seja um cidadão europeu além dos outros pré-requisitos), Índia (precisa ser estudante ou estar afastado/terminado no máximo 2 anos da universidade, da pós, do MBA).

Conclusão, não necessariamente você precisa ser estudante para fazer o programa Talentos Globais, mas ser estudante facilita a parte burocrática do processo. No entanto, existem outras oportunidades que você pode aproveitar não sendo estudante, porém essas oportunidades são menores e mais restritas.

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

  1. Qual o período mínimo que posso fazer o programa Talento Global e qual o período máximo?

Mínimo: 3 meses

Máximo: 1 ano

 

  1. Existe a possibilidade de contratação depois do intercâmbio? Como funciona? É preciso pagar novamente a taxa pra AIESEC?

Total! Tem muita gente que é contratado. Existe a possibilidade de recontratação conforme a performance e o interesse de ambas as partes. A recontratação viria em outro contrato de intercâmbio e, portanto, outro pagamento de taxa. Ele pode ser feito pelo intercambista ou, por vezes, pela própria empresa.

 

  1. É possível fazer o programa Talentos Globais nas férias da faculdade?

Não. Pessoas que estão na faculdade costumam trancar o curso para ter a experiência e retornar à faculdade quando voltarem. O programa Talentos Globais funciona como qualquer outra contratação no Brasil, só que sendo um estágio internacional. O período de contratação e de término de estágio, ainda que seja de 3 meses, não ocorre no período das férias.

 

  1. Após eu ter me inscrito no programa quanto tempo demora pra eu embarcar pro meu intercâmbio?

Entre se inscrever no programa e embarcar para o intercâmbio existe um importante passo que é ser aceito na vaga. Essa fase de processo seletivo (aplicar, passar pela triagem de currículos, fazer entrevista e passar) pode durar 3 semanas ou 3 meses. Depende da qualidade do seu currículo e da concorrência que você tem na vaga que está aplicando. Uma vez que você foi aprovado na vaga, as empresas costumam querer que você comece a trabalhar o mais rápido possível, então costuma demorar de 2 semanas a 1 mês e meio a depender dos processos de visto (que a AIESEC dará instruções de como conseguir).

Em resumo, o tempo depende do processo seletivo da pessoa. Em geral, são 2 meses e meio entre se inscrever e embarcar.

Importante de ser enfatizado: não adianta se interessar pelo o programa se não tem disponibilidade de ir quando a empresa precisa. É o mesmo raciocínio no Brasil. Se você faz um processo seletivo na empresa X é porque quer começar a trabalhar se for chamado.

 

  1. Como é o passo a passo do processo seletivo do programa Talentos Globais?

– Inscrição na plataforma da AIESEC através desse link, mencionando que o seu comitê mais próximo é SÃO PAULO – USP (não importa se você mora em outro estado ou país, é importante preencher SÃO PAULO – USP), porque além das conversas serem por Skype e eles já estarem com uma equipe toda preparada pra atender vocês o mais rápido possível, a AIESEC de SÃO PAULO da USP está dando 5% de desconto pra eu oferecer pros seguidores e leitores do Vida Mochileira. \o/

– Após a inscrição o consultor da AIESEC na USP entrará em contato com a pessoa em até 24h.

– A pessoa passará por um filtro para sabermos se ela tem os pré-requisitos básicos para participar do programa e, se sim, auxiliaremos ela com vagas do seu perfil para se aplicar. — Uma vez que a pessoa tenha um currículo pronto em inglês (a AIESEC tem um modelo caso seja necessário), ela pode aplicar pra vagas, e o currículo passará por uma triagem de currículos (que não é feita pela USP, mas sim pela vaga que ele aplicou).

– Se a pessoa passar nessa triagem, ela será convidada para a entrevista online com a empresa e em até 1 semana descobriremos se ela foi aceita ou não.

– Se a pessoa for aceita, ela precisa fazer o pagamento da taxa (de acordo com o subproduto/programa escolhido) e assinar o contrato.

– Depois disso é só se preparar para a viagem com a compra do seguro saúde de viagem, visto e passagens.

– Se a pessoa não for aceita, volta para a etapa de aplicação, triagem de currículos, entrevista, e assim por diante.

 

  1. Quanto custa para fazer os programas de intercâmbio da AIESEC?

Sem o desconto de 5% do Vida Mochileira, o valor cheio é de acordo com o subproduto:

TEACHING ADM / BUSINESS / MKT
VALOR CHEIO DESCONTO VALOR CHEIO DESCONTO
TOTAL R$ 2.000,00 R$ 1.900,00 R$ 2.460,00 R$ 2.337,00

 

FORMA DE PAGAMENTO PARCELAMENTO MÁXIMO
DEPÓSITO/TRANSFERÊNCIA Só a vista
CARTÃO 3 VEZES
PAGSEGURO Até 12 VEZES, a partir da3ª parcela tem juros

 

  1. O que está incluso nesse valor pro programa Talentos Globais?

A consultoria durante o processo seletivo do candidato, suporte para retirada do visto (caso necessário), recepção no aeroporto no país de destino, suporte na busca de hospedagem, acompanhamento no primeiro dia de trabalho na empresa e o atendimento e suporte durante a experiência no outro país.

– Consultoria de vagas e processo seletivo;

– Consultoria financeira para o planejamento da viagem, se necessário;

– Instruções de como retirar o visto;

-Indicações de convênio para seguro-saúde;

-Instruções de como sair do aeroporto e chegar até a acomodação;

-Indicações da acomodação na cidade destino;

– Acompanhamento de um buddy da AIESEC do país destino no primeiro dia de trabalho;

– Seminários de Preparação Cultural antes de iniciar a experiência, uma vez que ela começa e quando ela acaba;

– Acompanhamento mensal do desenvolvimento pessoal;

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

  1. Qualquer brasileiro (morando em qualquer lugar do mundo) pode se inscrever no programa Talentos Globais ou precisa estar residindo no Brasil?

Qualquer brasileiro em qualquer lugar do mundo. A consultoria pode ser feita de maneira digital. Mas, para retirar o visto para o país de destino a pessoa precisa retirar do Brasil.

Você pode fazer a inscrição na plataforma da AIESEC através desse link: bit.ly/SeJogaNoMundoMulher , mencionando que o seu comitê mais próximo é SÃO PAULO – USP (não importa se você mora em outro estado ou país, é importante preencher SÃO PAULO – USP), porque além das conversas serem por Skype e eles já estarem com uma equipe toda preparada pra atender vocês o mais rápido possível, a AIESEC de SÃO PAULO da USP está dando 5% de desconto pra eu oferecer pros seguidores e leitores do Vida Mochileira.

 

  1. O que não está incluso no valor pago pelo programa Talentos Globais?

– Passagens de ida e volta;

– Valor do visto;

– Valor do seguro saúde viagem (que deve cobrir todo o período da experiência);

OBSERVAÇÃO: Ponto de atenção para o primeiro mês de intercâmbio – a pessoa será remunerada pelo primeiro mês de trabalho no começo do mês seguinte. Por isso, é muito importante a pessoa levar um dinheiro extra pra se sustentar durante o primeiro mês (hospedagem, comida, ect) até receber o salário.

  

  1. Como é feito o visto pro país selecionado?

Como um dos diferenciais que consta no atendimento da AIESEC, as indicações são feitas caso a caso, por parte da AIESEC do país da vaga. Partimos do pressuposto que a AIESEC do país que recebe os intercambistas é responsável por entender melhor dos seus processos burocráticos e com isso auxiliará de forma mais completa e específica o intercambista. Mas, em geral, é enviada uma carta da empresa apenas.

 

  1. Como encontro acomodação do país de destino?

A AIESEC do país destino auxilia na indicação de lugares para a moradia, se o intercambista não tiver opções de lugares.

 

  1. Como e quando sei quanto vou receber pelo meu trabalho durante o intercâmbio?

No site aiesec.org estão expostas todas as oportunidades de trabalho, onde o candidato vai aplicar, e em cada vaga aparece a descrição do trabalho, o lugar, a remuneração e a duração do intercâmbio.

 

  1. O salário que recebo será suficiente para me manter no país de destino?

O salário cobre moradia, alimentação e transporte, e, geralmente, é suficiente para se sustentar no país, mas tudo depende do seu estilo de vida e dos seus gastos pessoais.

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

  1. Preciso levar dinheiro comigo durante a viagem? Quanto seria recomendado levar?

O dinheiro que deve ser levado é para a manutenção do primeiro mês, já que a remuneração vem só no início do segundo mês. É aconselhável levar cerca de R$ 2.000,00 reais.

 

  1. Eu tenho direito a férias remunerada quando faço 1 ano de intercâmbio pelo programa Talentos Globais?

Sim.

 

  1. Se eu não me adaptar no país escolhido ou na empresa escolhida, o que eu faço? Como a AIESEC pode me ajudar?

A AIESEC possui órgãos de suporte jurídico e de auditoria a nível local, nacional e internacional. Se a falta de adaptação ocorrer por algum incidente grave como assédio, desastres naturais, o descumprimento do contrato, a AIESEC pode te encontrar outra oportunidade de trabalho e/ou ressarcir o investimento inicial feito pelo intercambista. Para isso, evidências formais são necessárias, como depoimentos por e-mails, fotos, comprovantes fiscais, etc.

 

  1. Existe algum acompanhamento da AIESEC em relação à minha adaptação ou desenvolvimento?

Sim. Existem seminários de preparação cultural da AIESEC antes de sair do país de origem e chegando no país destino. Além disso, a AIESEC na USP acompanha uma vez por mês, no mínimo, o intercambista para garantir que tudo esteja ocorrendo bem.

 

  1. Eu posso viajar enquanto faço o programa Talentos Globais?

Sim, desde que não comprometa os dias de trabalho. É comum que os intercambistas viagem nos fins de semana, feriados, ou férias da empresa.

 

  1. Quais são os países que mais tem chances de contratar pessoas com inglês intermediário sem muita experiência na área?

Se o inglês intermediário não for capaz de fazer uma boa entrevista não há chance em nenhum país. É um pré-requisito. Com pouca experiência, é possível encontrar principalmente na Turquia, Índia e Egito.

– Turquia: pode estar formado ou ser estudante, possuem projetos principalmente de educação, mas existem vagas de marketing.

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

  1. Quais são os tipos de suporte que eu tenho da AIESEC na USP no momento que decido fazer meu intercâmbio?

– Consultoria de vagas e processo seletivo;

– Consultoria financeira para o planejamento da viagem;

– Instruções de como retirar o visto;

-Indicações de convênio para seguro-saúde;

-Instruções de como sair do aeroporto e chegar até a acomodação;

-Indicações da acomodação na cidade destino;

– Acompanhamento de um buddy da AIESEC do país destino no primeiro dia de trabalho;

– Seminários de Preparação Cultural;

– Acompanhamento mensal do desenvolvimento pessoal;

 

  1. O que preciso fazer e ter pra poder fazer o intercâmbio do programa Talentos Globais?

É preciso fazer:

– Currículo em inglês: cada experiência de trabalho deve estar destrinchada quanto às atividades desempenhadas e resultados alcançados;

– Se aplicar a vagas apresentadas pelo consultor;

– Responder o consultor dentro de 24h;

– Fazer a entrevista;

– Pagar o valor do programa;

– Assinar o contrato;

– Retirar o visto;

– Pagar o seguro-saúde;

– Comprar as passagens;

É preciso ter:

– Inglês avançado;

– Experiência de trabalho na área de interesse (de mínimo 6 meses);

– Disponibilidade pra viajar em até 3 meses após a data de inscrição no programa;

– Passaporte com validade de até 6 meses da data de retorno ao Brasil;

– Seguro viagem;

– Passagem de ida e volta;

 

  1. Como posso me inscrever no programa Talentos Globais?

Você pode responder esse questionário, mencionando que o seu comitê mais próximo é SÃO PAULO – USP (não importa se você mora em outro estado ou país, é importante preencher SÃO PAULO – USP), porque além das conversas serem por Skype e eles já estarem com uma equipe toda preparada pra atender vocês o mais rápido possível, a AIESEC de SÃO PAULO da USP está dando 5% de desconto pra eu oferecer pros seguidores e leitores do Vida Mochileira.

Em até 24h um dos nossos consultores vai entrar em contato com você para agendar uma consultoria ou para passar o feedback que você não possui os pré-requisitos para participar do programa. Lembre-se que você precisa ter de 18 a 30 anos, inglês avançado o suficiente para realizar um processo seletivo em inglês e experiência de trabalho prévia na área que você está se aplicando.

O processo, de maneira resumida, consiste em você se aplicar à vaga passada pelo consultor, realizar a entrevista com a empresa e aguardar para saber se vai ser aceito no programa, se não passar nessa entrevista, iniciaremos o processo novamente até encontrarmos a vaga para você. O pagamento só é realizado quando você é aceito em uma oportunidade de estágio internacional.

Talentos Globais da AIESEC: o que é e como funciona?

Sério! Essas oportunidades de intercâmbio podem ser um divisor de águas na sua vida e eu tenho certeza absoluta que o seu crescimento profissional e pessoal será enorme e que você voltará uma pessoa completamente diferente e com uma visão de mundo muito mais abrangente. Se você preenche os pré-requisitos necessários pra viver essa experiência, não deixe que a sua zona de conforto ou o medo do desconhecido te impeçam de fazer isso acontecer, porque se você deixar essa oportunidade passar, quando você olhar pra trás vai se arrepender das coisas que não fez quando podia. Lembre-se que a faixa etária pra fazer os programas da AIESEC é só dos 18 aos 30 anos. Eu mesma vou fazer 28 anos esse ano (2019) e já tô correndo pra ver o meu intercâmbio pela AIESEC antes que seja tarde demais.

SE VOCÊ QUISER SE INSCREVER, SAIBA QUE: Essa campanha está sendo realizada pela AIESEC de SÃO PAULO da USP, então, mesmo que você esteja em outro estado no Brasil ou até mesmo em outro país, se você for brasileiro e tiver interesse em viver esse tipo de experiência profissional, responda esse questionário mencionando que o seu comitê mais próximo é SÃO PAULO – USP, porque além das conversas serem por Skype e eles já estarem com uma equipe toda preparada pra te atender o mais rápido possível, a AIESEC de SÃO PAULO da USP está dando 5% de desconto pra eu oferecer pros seguidores e leitores do Vida Mochileira. \o/

Bom, eu acho que as respostas ficaram bem informativas, mas se ainda sim, você tiver alguma dúvida, deixa nos comentários que além de responder, eu posso incluir a sua dúvida no post pra ajudar mais pessoas.

Espero que esse post tenha sido útil e se você conhece alguma pessoa que precisa ler isso, compartilha o link com ela!

Ahh! Não esquece de me seguir no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar as minhas aventuras!

Até a próxima!

Beijos,

Mary Teles

 

Gostou das dicas do blog?

Toda vez que você usa um link do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (nadinha)! Você simplesmente me ajuda a continuar produzindo conteúdos que, com certeza, vão te ajudar nas suas próximas viagens!

Os links do Vida Mochileira são de serviços que eu mesma uso e recomendo:

– Worldpackers ($10 dólares OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRAWP): Worldpackers
– Hospedagem: Booking.com, Airbnb
– Passeios no Atacama, Salar de Uyuni e Santiago (10% OFF VIDAMOCHILEIRA10): @fuigosteitrips
– Seguro Viagem (5% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA5): Seguros Promo
– Seguro Viagem para viagens longas e nômades digitais ($37 dólares por 4 semanas): SafetyWing
– Chip de Internet (10% OFF usando o cupom VIDAMOCHILEIRA10): Chip de Internet Yes Brasil
– Consultoria de viagens comigo: vidamochileira@gmail.com
– Aluguel de carro: Rentcars

Muito Obrigada! Me segue também no Instagram (@vidamochileira) pra acompanhar minhas aventuras!